Conversa de Mangá: Katekyo Hitman Reborn! 330 e 331 – A Nova Cambio Forma

Katekyo Hitman Reborn!: Capítulo 330 e 331 foram disponibilizados nos dias 24 e 31 de março, respectivamente: “Reunião e A Nova Cambio Forma”.

Se você não sabe o que é o projeto Conversa de Mangá, clique aqui. Depois do “continue”, a gente conversa mais:

Aviso: Continue apenas se você já leu os capítulos 330 e 331 de KHR!. Atualmente acompanho o mangá pelo site Mangá Stream, e a qualidade da scan é absurdamente fantástica! Basta não ter medo de inglês. Mas, em todo caso, o site Anima Regia tem a tradução em Português. 😉

Katekyo Hitman Reborn! 330 e 331

Reunião / A Nova Cambio Forma

Se não estou enganado, já disse por aqui que estava achando essa forma lobotizada do Enma muito chata. Meio zumbizão, lerdão e sem a dramaticidade para um combate de velocidade com o Tsuna. Bem os dois capítulos, 330 e 331 confirmaram meu medo a respeito desta decisão da autora em deixar o personagem neste estado. Coisas boas aconteceram, mas também rolou péssimas formas de fluxo de batalha. Deixe-me começar com 330.

Gostei do capítulo em si, por alguns milésimos de segundo temi pela vida (seria vida o termo correto?) do Nuts, quando ele saiu em direção ao castelo e por fim ao Enma. Fiquei aliviado quando vi que nada aconteceu, porque curto o animalzinho. Cheguei a pensar rapidamente que o Enma o machucaria, ou coisa pior, e que isso faria o Tsuna explodir de raiva. Não seria ruim, mas como disse, gosto do Nuts.

Quando o confronto começa, achei o máximo a habilidade do Enma, de manipular a gravidade, dificultando o Tsuna se movimentar no ar. Quem está acostumado com videogames, já deve ter jogando algum game onde a lei da gravidade é alterada, dificultando controlar com precisão sobre a fase.  Senti a sensação que o Tsuna deve ter sentido e achei uma boa ideia. Mas quando as esferas estouraram dentro da sala e viraram buracos negros, achei forçado demais e meio que apelação ao máximo.

Não sou um gênio da física, mas é algo meio que completmante irreal criar uma sala repleta de buracos negros, mais a força de sucção deles, não? OK, é mangá, é fantasia, é de faz de conta, mas por mais fictício que uma história é, sempre tem aquela questão do bom senso, do que dá para fazer, sem parecer irreal dentro da própria fantasia do mangá, sabem? O Enma tem o anel da terra, pode controlar grandes massas, até faz sendo isso mexer com campo gravitacional e tal, mas a partir daí, criar mini-buracos negros? Não faz sentido pra mim. É algo que achei forçadíssimo.

Dito isso, hora de mencionar a sequência da batalha no 331. Foi exatamente o que temia, o Enma nem se levantou de onde estava sentado, aquela espécie de trono. Ah, fala sério! Depois daquele embate show lá na área externa da ilha, na cidadezinha abandonada, a autora fez uma baita sacanagem aqui. O Enma nem vai se levantar e rolar uma batalha de velocidade? Vai ficar esse clichêzão de que ele é tão forte que nem precisa se levantar? Ainda mais lobotizado do jeito que está.

Quanto ao drama, Tsuna/Enma, com o Enma gritando dentro da cabeça do Tsuna e dizendo que não conseguia nem ao menos se controlar, não achei ruim. Alias já estava esperando algo meio assim no mangá, um elemento bem previsível mesmo até então. Só que achei, novamente super forçado a forma que a autora fez para descontrolar o Enma que acabara de sair do estado zumbizão. Abriu um buraco negro no meio do peito do cara? Pow, aí não Amano! Não força mais ainda a barra. Pra completar, o Tsuna vai atirar no tal buracão com um X-Burner Duplo? Sério mesmo? Qual a relevância de se atirar dentro de um buraco negro? Essa ideia da Amano realmente me incomoda bastante.

Claro que adorei o final “AHHHH ele vai atirar com as duas mãos!!”. A autora soube terminar o capítulo com aquela coisa de torcida na pláteia em pé gritando “VAAAAAI!”. E gostei da ideia do X-Burner Duplo, que vai de encontro com a nova Cambio Forma do personagem, bem mais prática com as tais saidas de chamas pelo cotovelo. E não seria um shonen se não rolasse essa coisa de um golpe super forte, ser adaptado pelo mocinho e ficar ainda mais forte, certo? Sem mencionar a pose de tiro com as duas mãos! Kamehamera no Enma, Tsuna! O novo equipamento do Tsuna não chega a ser um espetáculo de originalidade, mas é versátil ao modo de combate do mesmo. Mas ele tinha duas Cambio Forma, certo? A outra era a capa do modo defesa. Será que ela também sofreu uma evolução?

Bem acho que além da batalha destes dois capítulo, não há muito que eu queira dizer. Não rolou nada, só a narrativa comum neste tipo de situação em mangá, com a “torcida” do Tsuna. Acho que a grande questão aqui é: O Enma morre ou não morre no final da batalha? Vai tomar um X-Burner Duplo, vai fechar o buraco, voltará ao normal, e não vai mais virar zumbizão? A batalha realmente vai acabar com o golpe final do Tsuna? Só na próxima semana… o que vocês especulam?

modelo-squareCurtiu esse texto? Gostou do site?

Então dê aquela força seguindo e curtindo a nossa página no Facebook! — Quer mais interação? Temos um grupo (ainda pequeno) para leitores por lá, o Clube Secreto. Fica aí o convite! Quer ver o site crescer? Talvez você possa contribuir com isso se tornando um apoiador do site lá no Apoie.se.

Tags from the story
, , ,
More from Thiago Machuca

Vinheta: Overman (By Laerte)

Quarta vinheta publicada aqui no Blog do Overman, num projeto feito pelo...
Read More