Beelzebub: Um de seus melhores momentos?

 Um papo rápido sobre as história recente do mangá…

O texto abaixo contém spoilers, siga por sua conta e risco!

Li há pouco o capítulo 145 de Beelzebub. Digo com total certeza que foi um dos melhores capítulos do mangá até agora na minha opinião, e não teve nenhuma transformação, poder, ou personagem novo (até teve um relativamente novo que foi a sobrinha do Kanzaki faz uns capítulos), o mais interessante é que foi sobre algo bem bobo.

O mangá tem seus momentos nas lutas da vida, mas o ponto que quero chegar é: pra mim Belzebub brilha muito mais fácil quando se aventura em comédia, do que na sua porção de batalha. O autor tem tiradas muito boas, e simplóriamente non-sense, como o peixe do 145 que fizeram rir alto.

O mangá precisa das lutas até porque elas fazem parte da obra como um todo desde o seu início, mas até pelas ToCs dá pra ver que o pessoal também dá um up nas votações quando a coisa descamba para esse lado, apesar de que o fim da saga anterior teve um ótima repercussão, e Jabberwock foi um personagem bem legal na minha opinião.

É interessante como o autor consegue levar esses capítulos despretensiosos bem, nas entre sagas mais porradeiras da coisa. Eu não li Gintama (principalmente por ser um wall of text às vezes), mas tenho a impressão que há um desenvolvimento semelhante neste ponto, apesar de achar que Beel se mostrou sempre mais “porradeiro” que Gintama.

De início eu torci o nariz pro arco Slice-of-Life, do mangá com a perda de memória da Hilda, mas este se provou um bom lugar para inserir umas piadas aqui e ali, que me fizeram rir bastante, e apesar da certa enrolação, eu gosto como o autor disfarça isso com suas pitadas de loucura e humor.

Em termos de expansão da história, agora que a briguinha com o irmão do Beel acabou, eu a vejo (e aguardo) muito mais pro lado do mundo dos demônios (que foi mostrado naquele pequenino arco, mas que em mim deu um gostinho de quero mais grande). O Oga já deixou bem claro que não vai treinar o Beel pra acabar com a terra, então porque não ir lá no mundo dos demônios peitar os figurões que querem acabar com a Terra? O pessoal “comum” até já chegou a treinan as Black Techs não é verdade?

Mas sinceramente, não reclamaria se o mangá ficasse mais um tempo desenvolvendo relações dos personagens, e brincando com situações engraçadas geradas por Beel, e pelo Oga, o Furuichi apanhando e tudo mais XD

Beelzebub pra mim está em um bom momento, fiquei com vontade de escrever esse texto para abordarmos a série de novo no blog. O série está longe de ser um OMG, mas me diverte semanalmente em doses muito bem calculadas. E vocês aí, o que estão achando do mangá? Preferem seus momentos de comédia ou da pancadaria?