Conversa de Mangá: Katekyo Hitman Reborn 382 – The Power of the Vindice

Hoje com uma leitora convidada escrevendo! Spoilers à frente.

Por adreanekacs

Muito feliz por escrever um CDM de Reborn. Não só é meu mangá favorito como também foi um mangá que me foi apresentado pelos CDMs do Portallos. Logo, darei meu melhor! Espero que vocês gostem do texto.

Não recebemos respostas no capítulo sobre a real identidade dos protetores das leis mafiosas, a razão de terem pacifiers petrificados ou de serem zumbis, contudo Amano nos dá duas informações importantes: Bermuda e Checker Face são inimigos – a menos que o bebê esteja enganando seus seguidores, e espero que não seja o caso, já que ter dois inimigos não aliados é interessante- e Bermuda é o protótipo de um arcobaleno (Mangastream, é por isso que eu te amo! E viva à Bulgária).

Seria a teoria de o “transparente” do pacifier dele se referir à “água” que forma o arco-íris, metaforicamente falando, verdadeira? E a oitava chama poderia ser na verdade a primeira chama? Essas respostas acabam levando a outras perguntas (Lost feelings?) sobre o passado de Bermuda e suas intenções, sem falar da própria mitologia da série.

E então começa a luta e a Vindice se mostra muito superior, vencendo os adversários sem dificuldade. Que pena do Yamamoto e do Gokudera, que não tiveram realmente chance de brilhar nessa saga. Fran (pensando que os Vindices eram shinigamis, LOL) está fora de combate e não pode ajudar seu mestre. Temos então um pensamento interessante de Mukuro: sem perceber, ele havia começado a depender demais do garoto e isso não o tornaria diferente de um adulto subserviente. Ora, Mukuro foi o primeiro vilão do mangá, vê-lo ter seu orgulho ferido por precisar da ajuda de uma criança é mais do que compreensível, e dá margem a uma possível insegurança na mente do personagem. Os corvos ilusórios são destruídos pela Vindice, para surpresa de Mukuro.

Em meio ao desespero, quem aparece para ajudar a todos é Chrome (para tristeza dos fãs do Basil que pensavam que ele seria o representante de Reborn XD). Obviamente fazendo um grande esforço, a garota fala com determinação que irá ajudar. Como a base das chamas é justamente a força da determinação de alguém, não seria absurdo se a guardiã da névoa revelasse um grande poder na batalha.

Que cenário Amano montou! Mukuro, de orgulho ferido e sem ter sido capaz de fazer coisa alguma por conta própria, tendo que ser ajudado por Chrome, a quem ele próprio considerava uma criança ingênua! Se a determinação dele fraquejar, talvez a gear acabe “escolhendo” a Chrome durante a batalha (confesso que gostaria de ver isso acontecer). No mínimo, espero que Mukuro a reconheça como uma pessoa forte e que Amano esclareça de uma vez por todas se ele se importa ou não com a jovem. Se essa for a saga final, esse é o momento perfeito para a autora trabalhar a personagem e fazê-la evoluir psicologicamente e quebrar o ciclo de dependência do Mukuro. Se Reborn a escolheu, é porque Chrome tem potencial, e eu posso quebrar a cara depois, mas torço pela garota.

Com a Golden Week vamos ter que esperar mais do que o normal para ver o desenrolar dos eventos. Ansiedade máxima para o capítulo 383 de Reborn. 8D

Written By
More from Rackor

#PdR – Eu Fui! – A Era do Gelo 4

Melhor congelar aonde está pra não piorar? (por Rafael Gaara) Scratch salva...
Read More