Apresentações

p-logo-250O blog Portallos é um poucos de várias pequenas coisas. Ele atualmente lembra bastante aquela direção de blog lifestyling, ou seja, é um blog pessoal que se pauta no estilo de vida de seu autor. Entretanto o blog vai um pouco além desta simples definição, porque também possui aquela pegada de sites de entretenimento, com um layout mais semelhante a uma revista virtual, com o foco no entretenimento pop, gamer e nerd.

Não é um blog que cobre hardnews – notícias diárias – e sim um espaço de opiniões, reflexões e quase nenhuma neutralidade. Não é um blog de um jornalista ou escritor. Aqui os textos são simples, feito por um cara normal, com uma vida normal, porém que curte muito videogames, seriados, quadrinhos etc. Claro que, para o alívio de muitos e o pesadelo de poucos, os textos aqui sempre são feitos usando construção de argumentos lógicos e dentro de parâmetros sensatos e racionais, só que de acordo ao gosto de seu autor. Um cara que não necessariamente precisa ser neutro. Bem vindo ao mundo da parcialidade. Assuma sua posição também!

O Portallos está no ar desde fevereiro de 2008 e já passou por muitas fases e experiências. A atual pode não ser tão agitada e ampla como foi em seu maravilhoso passado, porém há muito carinho e dedicação para manter esse espaço no ar, trazendo sempre assuntos pertinentes, dicas marotas e recomendações legais sobre esse pequeno mundinho que cada um tem dentro de si. Espero que você se divirta e encontre algo que curta por aqui e, assim como eu, compartilhe um pouco de si mesmo no espaço disponibilizado para justamente tornar as coisas um pouco mais democráticas: os comentários!

Quem sou?

fotinho-tmSou um cara comum. Vivendo uma vida comum. Talvez não seja igual a você, mas garanto que não há nada realmente especial sobre mim que precise de algum grandes destaque, ou mesmo que houvesse, não saberia dizer.

Só que um feedback é necessário para que você entenda quem é essa pessoa que está escrevendo neste minúsculo espaço que compõem a infinidade da internet. Nasci em 1984. O que significa que a minha infância se deu lá por volta do final da década de 80 e começo dos anos 90. Se você é de 5 anos mais cedo do que isso ou 5 anos mais tarde, tua experiência de infância talvez seja totalmente diferente. E isso só o mostra o quão bizarro o tempo pode ser, embora na internet todos pareçam iguais.

Sou casado e em 2012 me tornei papai de um maravilhoso meninão. Essa parte também é importante, porque é parte da vida adulta que molda sua personalidade e caráter. Trabalho na área de Recursos Humanos desde a adolescência, tenho minha própria casa – que não é de aluguel, é minha mesmo, comprada com muito sangue e suor – e sou formado em Direito, porém ser exercer a advocacia. Você que é jovem, que ainda não chegou nesse andar da vida de um ser humano, não se preocupe: nada disso faz com que você perca a sua criança interior.

E aqui estou – um marmanjo barbado, trabalhador e cheio de responsabilidades – escrevendo sobre videogames, seriados, quadrinhos e outras miscelâneas do mundinho do entretenimento. Isso é gostar de algo, e envelhecer sem perder a sua essencial juvenil. Ou ao menos é o que quero acreditar.

Quem vê idade, não vê coração… ou quase isso.