Assistindo

As Viagens de Gulliver – adaptação com Jack Black: para se divertir, esqueça o orginal!

gulliver

Tá aí uma gigaaante (desculpe o trocadilho horrível!) história que sempre mereceu um filme de primeira. O fato é que saiu o filme, mas, da história mesmo, aproveitaram apenas os nomes dos personagens e os tamanhos!

O livro de Jonathan Swift, As Viagens de Gulliver, é um clássico da literatura mundial, questionando o jeito tórrido e mesquinho do ser humano, colocando o náufrago Gulliver em diversas situações: uma, ele é um gigante (como no filme); em outra ele é pequeno em uma terra de gigantes. Em seguida, ele embarca numa ilha voadora com sistema de governo bastante esquisito e, por fim, a situação mais notável e louca – a vida com os Yahoos!

Quando Gulliver passa a viver com os Yahoos, que são na verdade cavalos e desconhecem a mentira, inveja e todos os sentimentos bastante humanos.Gulliver sente que a presença dele, somente a presença dele, já está sendo capaz de corromper toda aquela sociedade! E se expulsa para sua própria terra natal, Inglaterra. Ao voltar, sente nojo de qualquer ser humano, incluindo a própria família: filhos, esposa etc. Não conseguindo nem mesmo comer com os mesmos talheres, no mesmo lugar…

Pronto. Só aí já deu pra ter uma ideia de que o filme não tem nada que ver com a história orignal do livro. É na verdade bem ao estilo “para toda a família”, direto para ser lançado no Natal (que é quando será lançado, de fato). O Gulliver é o doido Jack Black, interpretando a ele mesmo (pra variar) e se passa nos Estados Unidos. E conta apenas a estadia de Gulliver em Liliput, com os pequeninos Liliputianos…

A proposta é diferente, totalmente diferente e acho que nem deveria ter o mesmo nome da obra original, cujo conteúdo é aventureiro, fantástico, mas também bastante política e crítico em relação à sociedade. No entanto, bom… acredito que, isoladamente, será um filme divertido de assistir.

E pra variar, será lançado na véspera de natal e em 3-D, a mina de ouro do cinema atual! Confiram o trailer e opinem!

Isso também pode lhe interessar

Pedro Duarte

Jornalista apaixonado por todas as coisas que existem. Deve ser isso! Não há nada de novo que não demonstre interesse imediato em conhecer: ler, assistir, escutar, experimentar. Tentando viver um pouquinho de tudo por dia e passar a experiência aos nossos leitores!
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.