[Lá fora] One Piece: Strong World em blu-ray!

    Cadê isso aqui no Brasil?! (+dica para consegui-lo na AmazonUS)

    Quem acompanha o blog há algum tempo sabe que acho One Piece: Strong World uma obra-prima. Se você não acompanha a tanto tempo assim, veja neste link uma matéria enorme que fiz sobre o que achei da animação. Textinho de julho de 2010… já se passou tanto tempo assim? Uau.

    Continue Lendo      

    [O que dizer de] 20th Century Boys?

    O passado de um grupo de garotos que mudou o mundo!

    Recomendação camarada, sem spoilers para que sua diversão ao ler seja maximizada!

    Não me recordo o que me levou a colecionar 20th Century Boys, porém fico extremamente feliz de ter adquirido os primeiros volumes no escuro, sem saber muito sobre a trama ou do que realmente se tratava a história do mangá. Só comecei a ler os primeiros volumes faz aproximadamente um mês e, depois de sete volumes devorados, posso dizer que é um dos melhores mangás que já tiver o prazer de ler até o momento!

    Continue Lendo      

    Charizard & Greninja entram em Smash Bros!

    O game que todos esperam uma vez a cada geração de consoles!

    Rolou um Nintendo Direct agora a noite, lá pelas 19h (horário de Brasília) e algumas novidades interessantes foram divulgadas em torno do próximo Super Smash Bros para 3DS e Wii U que vão ser lançados esse ano. Dentre as novas informações, talvez a mais empolgante seja o vídeo acima que apresenta numa belíssima CG a presença de Charizard & Greninja como adições ao elenco de lutadores do game.

    As outras novidades dizem a respeito dos modos online, que estarão presentes em ambas as versões do jogo, com um modo mais casual com itens, cenários e toda aquela baderna que é Smash Bros e um modo mais profissional, por assim dizer, com um cenário plano e sem itens, onde as habilidades de movimentos e golpes são muito mais importantes que a sorte das disputas mais caóticas. Não vi informações a respeito de chat durante as partidas porém. Será que ainda não teremos isso? Posso ter perdido alguma informação (já que peguei a conferencia com 7 minutos de atraso), então se foi mencionado isso, por favor mencionem aí nos comentários.

    Quanto aos personagens jogáveis rolou um destaque a novos movimentos, novos golpes entre outros pequenos detalhes. Por exemplo, Zero Suit Samus e Sheik estão de volta com movimentos próprios em relação a Samus e Zelda. Yoshi também está confirmado como mais um dos personagens clássicos que retornam para a pancadaria nessa nova versão. Também foram exibidos vários pokémons que irão sair das pokébolas que são itens do game, assim como vários itens novos que estreiam no novo título.

    Uma das boas novas foi um modo exclusivo para a versão do 3DS que se parece uma dungeon onde o jogador passa por pequenas fases combatendo inimigos, coletando pontos de experiências que depois são levados para uma batalha entre jogadores. Um modo que não terá no Wii U (estranho, não? Me faz questionar o que o Wii U terá de exclusivo em relação a versão do 3DS).

    Além disso rolou muitos vídeos de gameplay, vários cenários exibidos, personagens que já haviam sido anunciados aparecendo novamente. Enfim, foi bem empolgante, independente de você ter um 3DS ou Wii U. No meu caso, é a primeira opção e posso dizer que estou animado para ver como será a primeira adaptação de Smash Bros para o universo portátil.

    Por sinal o 3DS sai na frente, recebendo o game no verão americano (entre julho a setembro) enquanto no Wii U ele chega apenas no inverno americano (que vai de outubro a dezembro). E eu duvido que a Nintendo adie o lançamento do game para 2015. Os bons games precisam chegar ao console esse ano! E que jogo melhor para disputar com os blockbusters de final de ano da concorrência do que Super Smash Bros?

    Pra terminar, se tiver tempo, o vídeo do Nintendo Direct completo (39 minutos) está após o continue lendo! E aí, muita expectativa?

    Continue Lendo      

    Pilotos: The After & Helix

    O fim do mundo que você perdeu e uma doença mortal que irá te perseguir!

    Seguindo a linha que iniciei nessa postagem há alguns dias atrás, abro espaço para comentar sobre mais dois novos pilotos que andei vendo nestas últimas semanas. Lembrando que a sugestão desse texto não é avaliar a série como um todo, mas apenas dizer se o piloto (primeiro episódio) consegue ser interessante o suficiente para que você compra a história, os personagens e o formato, até porque esse é exatamente o objetivo de um piloto. E os escolhidos da rodada são The After, que é uma das primeiras produções da Amazon para o mercado de seriados e Helix, do canal americano Syfy, onde suas produções sempre possuem essa pegada de ficção científica (daí o nome do próprio canal).

    E assim como o post anterior o texto a seguir não contém spoilers!

    Continue Lendo      

    HIMYM: o final que ninguém queria ver?

    How I Met Your Mother chegou ao fim de sua jornada!

    ATENÇÃO: este post contém a grande virada final da série. Se você ainda não assistiu, não continue!

    Continue Lendo      

    Crunchyroll BR agora tem Jojo’s & Fairy Tail!

    Novas adições ao catálogo e transmissão simultânea com Japão!


    Depois de Naruto, Bleach, Gintama, Hajime no Ippo, Uchū Kyōdai, Hunter x Hunter, Cavaleiros do Zodíaco Ômega, Magi, One Piece, Toriko e tantos outros bons animês a Crunchyroll anunciou essa semana que mais dois grandes sucessos entram para o catálogo do serviço: Jojo’s Bizarre Adventure e Fairy Tail (que volta a ser exibido no Japão a partir deste mês). E cabe uma pergunta muito apropriada: você já se tornou assinante do serviço? Tá esperando o quê?

    Para quem está chegando ao planeta agora, a Crunchyroll é um serviço bem similar ao Netflix, ou seja, é dedicada a transmissão por streaming de conteúdo. Para tal é claro que você precisa de uma internet banda larga e um aparelho que seja compatível ao serviço. O preço para se tornar assinante parece mentira: apenas 5 dólares (eles passaram a cobrar em dólares depois daquela baderna de várias bancos nacionais não estarem mais recebendo valores em reais vindas do exterior). Quanto aos aparelhos que aceitam o aplicativo do serviço, tem para todos os lados, como o Xbox 360, PlayStation 3 e 4 e o Vita, qualquer PC com Mac ou Windows, smatphones e tablets e algumas marcas de TV.

    Vale lembrar que obviamente o serviço contém animês apenas legendados. Essa alias é uma das propostas da Crunchyroll, o áudio original com legendas e o lançamento do episódio da semana apenas algumas horas depois da transmissão do mesmo no Japão. Quanto a qualidade do streaming isso vai depender de alguns fatores, como a velocidade da sua internet e o aparelho e resolução que você vai colocar para assistir. A verdade é que a Crunchyroll está longe de ter um porte semelhante a uma Netflix, mas nem por isso seu conteúdo é falho. A minha experiência com o serviço é excepcional, rodando pelo meu Speedy de 4MB e através do Xbox 360 (enquanto não lançar suporte ao Xbox One). Não à toa que sempre que venho aqui no blog falar do serviço (veja os links) são apenas com boas novidades e grande satisfação de apoiar essa iniciativa desde a sua estreia oficial aqui no Brasil.

    Hoje posso dizer com uma felicidade de causa que não preciso mais baixar animês pela internet (último foi Attack on Titan – Shingeki no Kyojin). Pago esse pequeno valor mensal e tenho mais do que suficiente pela Crunchyroll. E tenho tudo que curto acompanhar no catálogo atualmente. Fairy Tail era o único que ainda estava fora dessa lista, mas agora não é mais um problema. E admito que Jojo’s é uma série que estava bastante tentado a começar a ver assim que possível. Até que tentei começar o mangá, mas ele é bem velho e o traço não me animou muito. Talvez a versão animada seja mais agradável.

    Enfim, fica então mais uma vez a minha recomendação para que você teste e se torne um assinante da Crunchyroll. Afinal quanto mais brasileiros, maior e melhor o serviço pode crescer no Brasil e querendo ou não é aquilo que todo fã de animê sempre quis: a vinda deles oficialmente ao Brasil numa velocidade inacreditável em relação ao Japão. Chega de fansubs com legendas estranhas, com links de downloads que não funcionam ou baixar arquivos como se fosse internet discada, atrasos ou a insegurança de que a qualquer momento o fansub possa deixar de existir (já vi muito isso). Corre lá e confere tudo que há no catálogo: http://www.crunchyroll.com.br/

    Quer ver outros links aqui do Portallos sobre o assunto?

    Deixe aí nos comentários qualquer dúvida que tiver sobre o serviço que se souber a resposta ficarei feliz em ajudar. Diga também se você já é assinante ou se não for, porque diabos ainda não é! ;)

    Trailer teaser de Into the Storm!

    Mais um filme catástrofe para colocar na lista de filmes para ver!

    Twister, Volcano, Impacto Profundo, 2012 fazem parte de um gênero de filme catástrofe que sou muito fã. Tipo, eles são ruins em vários níveis e aspectos, mas é aquele “ruim bom”, saca? Acho sempre interessante quando o cinema consegue retratar grandes desastres das natureza que podem afetar o planeta e que em situações assim a humanidade só pode sair correndo pra onde puder. São produções que a gente acaba mais indo ver por causa dos efeitos e das cenas de destruição em si do que pelo roteiro.

    E olha aí mais um filme catástrofe que deve estrear lá pra agosto nos Estados Unidos. Interessante que parece que o foco do filme é uma tempestade gigantesca somada a grandes furacões, sendo que dentro desse tema eu curto muito o Twister, sendo que esse já tinha cenas maneiras em 1996 quando foi lançado, então imagino que um filme com furacões feito nos dias de hoje deve conseguir cenas e feitos ainda mais insanas, e o teaser dá um pedacinho disso. Não dá para saber com maiores detalhes no rápido teaser de Into the Storm se é isso mesmo ou até mesmo se a história vai chamar alguma atenção, mas como sou fã do estilo, já me convenceu a ver.

    Claro que esse tipo de filme tem grandes chances de não valer um ingresso no cinema nos dias mais caros. Talvez na sessão mais baratinha. Mas pra mim é um gênero hollywoodiano que nunca vou me cansar. :)

    Capas: Quadrinhos Disney – Abril/2014

    As edições que serão lançadas ao longo desse mês!


    Opa, olha aí. Faz um bom tempo que não faço um checklist de lançamentos das HQs Disney aqui no blog. Falta de tempo e falta do momento esperando a editora liberar as capas para divulgação contribuem para que essas coisas aconteçam. Mas não esse mês!  Até porque Abril tem muita coisa excelente sendo lançado e vale a menção nessa rodada.

    As quatro capas que abrem a postagem são dos especiais que estão chegando ao longo desse mês. Tirando BIG, que mesmo sendo algo periódico bimestralmente, ainda assim considero uma publicação especial porque ela segue um formato fora do eixo tradicionalista arcaico das publicações nacionais, além de já ter publicado muita coisa bacana como a primeira fase de Darkwing Duck da Boom Studios, várias HQs clássicas do Indiana Pateta e do Superpato, a saga completa da Rainha Regina e a edição com a capa de abril completa a última parte da saga A Espada de Gelo, além de uma HQ raríssima do Superpato (sua segunda aparição no universo Disney – HQ de 1970!). BIG é uma das melhores publicações Disney no Brasil atualmente para quem quer entrar de cara no que há de melhor da linha.

    Além disso o mês de abril registra mais dois especiais de 300 páginas cada, sendo um dedicado ao mundo do Cinema com direito a uma outra HQ raríssima e ainda inédita no Brasil com o Mickey numa paródia de Casablanca, um dos maiores clássicos do cinema, pelo traço de Giorgio Cavazzano. História imperdível! E também o segundo volume do especial de Futebol, em comemoração ao ano de Copa no Brasil. Edição dedicada ao Mickey & Pateta, sendo que a edição do mês passado foi com a Família Pato (veja a capa depois do continue lendo).

    E o mês fecha com chave de ouro com a segunda edição de Kingdom Hearts II, um mangá que muitos brasileiros pediram por anos e anos a sua publicação no Brasil. Sendo que a primeira fase, Kingdom Hearts, e também o spin-off, KH: Chain of Memories, já estão completos no Brasil e quem perdeu consegue adquiri pela loja Abril (nesse link), assim como qualquer outra publicação atual da linha disney. Alias, esse é um excelente momento para rever toda a saga de Kingdom Heart já que a Square já está produzindo Kingdom Hearts III para a geração X1 e PS4!

    Mais capas após o “continue lendo”!

    Continue Lendo      

    Page optimized by WP Minify WordPress Plugin