Avaliando Hunter X Hunter (Mangá) – Vol. 1 à 5!

Recentemente decidi acompanhar um novo manga: Hunter X Hunter. E estas são as minhas impressões deste agradável anime. Ressalvando que antes de ler, nunca tinha sequer visto o anime.

Antes de começar a escrever e avaliar, fui pesquisar um pouco sobre HXH na internet. O autor é Yoshihiro Togashi, autor do famoso anime/manga Yu Yu Hakusho. Hunter começou a ser publicado no Japão pela revista Shonen Jump em 1999 e até hoje não tem fim. Ele chegou várias vezes a ser capa da revista junto com One Piece, que era outro sucesso da época (OP ainda é). Em 2006, o anime sofreu uma pausa repentina e somente no fim de 2007 continuou. O motivo alegado pela revista era problemas de saúde com o autor. Muita gente já acredita que Hunter vai acabar mais cedo ou mais tarde sem final. Não consegui achar informações se o manga continua no Japão normalmente em 2008 toda semana ou se ainda vem sofrendo de atrasos, achei muitas reclamações de fãs devido aos atrasos. Até onde consegui pesquisar, existem 24 volumes do manga lançado por lá.

Enfim, enquanto isso aqui no Brasil, a JBC lançou até o momento cinco volumes e o sexto deve chegar nas próximas semanas.

Admito que fiquei surpreso com a simpatia da história de Hunter X Hunter. É um manga de fantasia, sem as aspirações de grandeza que Naruto ou One Piece tem. Personagens com carismas e diversificados. Enredo cheio de fantasias, situações fora do normal, onde a intenção é impressionar o leitor a cada etapa dela. Muita aventura, muito humor e muitos lugares diferentes, o que permite a mudança de ares e situações evitando assim a mesmice de sempre. Não é a toa que é um manga fácil de cair nas graças do leitor.

Hunters são aqueles que detém um dos títulos mais importantes do mundo. São pessoas extremamentes fortes. Eles tem uma permissão especial, onde permitem usar estabelecimentos públicos de graça, um banco de dados sobre diversos assuntos extremamente detalhados, obter empréstimos bancários altíssimos, ter acesso a praticamente viagens pelo mundo inteiro. Uma pessoa que tem a licença de Hunter pode praticamente viver 3 vidas sem nenhuma dificuldade financeira.

Existem diversos tipos de Hunters, desde aqueles que caçam tesouros, os que caçam ladrões, os que exploram os mistérios do mundo a até os que pesquisam culinária. O título de Hunter facilita muito para uma pessoa almejar seus sonhos. Dos milhares que prestam o exame todo ano, menos de 10 passam. Este é mais ou menos o universo do manga.

Mas o que mais prende a atenção do leitor são os personagens. Gon é o protagonista da história. Ele é um garoto que almeja se tornar Hunter porque sei pai é um Hunter. Pouco se sabe sobre o pai de Gon, apenas que ele é muito famoso e até mesmo o banco de dados Hunter classifica estas informações como sigilosas. Gon se dá bem com praticamente toda a espécie de animal, uma habilidade e tanto. Ele também é bem fortinho. Se fosse para comparar eu diria que é um protagonista muito parecido com Goku menino lá no comecinho de Dragon Ball. O manga começa com Gon saindo de sua cidade para prestar o exame Hunter. E aqui ele conhece o elenco do mangá.

Kurapaika, um pouco mais velho do que Gon, deseja ser Hunter para capturar o vilão que exterminou seu povo, já que com o título, sua pesquisa e acesso a países que não permitem a visitação de pessoas comuns se torna muito mais fácil. Ele é bem forte e fica meio psicótico ao ver aranhas, mudando completamente sua personalidade, já que elas também estão relacionados com o vilão. Leorio é outro personagem bacana. Ele não é tão forte, mas é bem engraçado. É um personagem sem travas na língua. Se ele tem que xingar e reclamar ele o faz sem pestejar. Aparentemente ele surge com uma personalidade mesquinha, querendo apenas ser Hunter para ter ser rico, mas logo ele se torna amigo de Gon e fica muito mais simpático. Ele deseja ser médico. Killua é outro personagem intrigante do manga, ele aparece no comecinho do exame Hunter dizendo que irá prestar ele simplesmente porque quer ver se é tão difícil como dizem. Killua tem uma história mais interessante, ele vem de um clã de assassinos e por isso não deve ter amigos, isso é mostrado no volume 5 então nem vou dar muitos detalhes, mas Killua aparentemente é o mais forte de todos.

Mas fora a trupe principal, existem muitos outros coadjuvantes bons que servem de aspiração para os 4 principais, tem os traidores, os cômicos, os adversários, os assassinos entre outras figurinhas bem bacanas. Tem o vilão sanguinário que não os mata porque diz que eles ainda estão amadurecendo, o que se finge de amigo, mas é um traidor, os amigos de exame, os Hunters instrutores que com alguns bem cômicos e fortes. São muitos personagens de funda da história para deixar ela o mais completa possível, essa riqueza vem a calhar num mangá como Hunter.

Os primeiros 5 volumes trazem apenas o Exame Hunter. As várias etapas. E aqui mais uma vez a criatividade reina. Não se trata de um torneio como vemos em todo tipo de anime/manga. Mas são provas de raciocínio e destreza. Um navio em tempestade do mar, passagens com charadas e pegadinhas, testes de culinária, corrida em pântano, labirintos em prédios, caçada em ilha e um torneio de luta com desistência. As situações geradas pelas provas são algumas vezes hilárias, outras desesperadoras, outras com suspense etc.

Fica (1) a minha recomendação pelo mangá, leia sem compromisso. Acho que o fato dele ainda não estar terminado e suas turbulências com o autor no Japão, ainda vale a pena ler esse sucesso.

Fica (2) apenas um ressalva, depois de ler os quatro primeiros volumes, eu fui atrás do anime para ver se ele também cumpria as expectativas. Infelizmente não achei o anime tão bacana assim. O anime parece que foi bem infantibilizado, com bastante enrolação que não estão no mangá original, que é bem mais ágil com enredo. Até mesmo o humor das situações geradas parece diferente no anime.

Fica (3) a dica então, Hunter X Hunter é publicado mensalmente pela JBC aqui no Brasil e custa R$ 10,90.

 

Nota: Número 06 chegando nas bancas ainda em Junho. 🙂

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
More from Thiago Machuca

Oh My God! Burnout Paradise City (X360)!

É isso mesmo, “CACETADA, QUE JOGAÇO” é Burnout Paradise do 360. Acabei...
Read More