Lendo

Review DC: Contagem Regressiva – Nº 04

39 – Proibido Ultrapassar: A quarta edição de Contagem ficou melhor que a terceira, mas ainda está bem longe de ser uma HQ ideal. Os roteiros são arrastados, as múltiplas tramas não empolgam e alguns acontecimentos são malucos. A semana 39 começa com Karatê Kid e Una tentando invadir o esconderijo da Oráculo. Pinguim continua abrigando Flautista e Trapaceiro em seu clube, mas tudo é uma artimanha enquanto o Esquadrão Suicida não os prenda novamente, o pior é que os dois vilões ainda consegue fugir novamente. Donna Troy e Jason continuam sua viagem pelo Palmerverso, que diga-se de passagem é a trama mais bacana de Contagem justamente pelo enredo surreal que é tal microverso. Enquanto isso o Sr. Ação, Jimmy Olsen, continua sua carreira de super herói, mas acha melhor receber um treinamente apropriado e por isso vai atrás dos Novos Titãs. A a história termina com a nova Questão – direto das páginas de 52 – e a Batwoman trombam com Flautista e Trapaceiro (Fala sério!!).

38 – Inferno na Terra!: A semana 38 é pior, cheia de tramas sem importancia, como por exemplo um vírus nos servidores da Oráculo, gastando preciosas páginas da história. Um embuste para segurar a trama do Karate Kid que tem que esperar essa crise passar para conversar com a Oráculo. Enquanto isso, Mary Marvel finalmente encontra Zatanna. Aqui também tem um momento sem sentido, quando Questão e Batwoman resolvem que Trapaceiros e Flautista são tão perdedores, que nem merecem serem capturados. Putz, imagine só, os dois estavam lá quando Bart Allen foi morto… aff. Mais um dos novos Deuses de Apokalips foi morto diante de Zatanna e Mary, alias numa briga Mary prova a Zatanna que precisa de auxílio, quando resolve tudo com violência exagerada. Enquanto isso, Robin e Jimmy em algumas páginas sem sentido. Aquele mistério que envolve os poderes de Jimmy nem mais deixam o leitor curioso. Os monitores continuam seu eterno debate do que faram com o Multiverso e Darkseid continua tramando algo sem mostrar ao leitor, apenas a intenção de ser o novo soberano do Multiverso, – Há como se isso pudesse mesmo ocorrer. (ou pode?)

37 – Fruto Proibido: Oráculo descobre que Karate Kid tem um vírus não identificado, sendo ou alienígena ou do futuro. Então sem ter o que fazer, manda o jovem leionário atrás de alguem que pode ajudá-lo. Enquanto isso, Zatanna leva Mary Marvel a uma de suas mansões mágicas. Mais cenas surreais e bizarras no multiverso com Donna e Jason, porém sem maiores detalhes a trama. Enquanto isso os “trapalhões” Flautista e Trapaceiro invadem sem querer uma das estufas de Hera Venenosa, e são capturados novamente. Jimmy sem saber como, descobre que Clark Quente é o Superman, mas essa aventura é jogada pra revista do Super e eu já fiz o review dele aqui.

36 – Viagem Mágica Misteriosa: Porrada no Multiverso, e os heróis são capturados por insetos gigantes e um vulto misterioso. Hera continua aprisionando Flautista e Trapaceiro, que tenta engana-la. Porém o Exterminador chega para estragar a artimanha deles. Mary enlouquesse dentro da mansão de Zatanna com tantos artefatos mágicos. Sr. Ação diante da Liga da Justiça, se ele entrar na Liga merece um soco no nariz dos autores de Cotagem. Karate Kid e Una topam com um inimigo poderoso (essa história se desenrola na revista da Supergirl). Fim, mais uma edição imbecil de contagem, onde as sub-tramas migram para todos os lados das revistas DC e nenhuma só história tem um evento importante nesta revista. Lamentável.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.