Lendo

O Símbolo Perdido: Autor mantém a fórmula de sucesso! [Livro]

simbolo perdido

Se você já leu algum outro livro de Dan Brown que tem o famoso simbologista Robert Langdon como protagonista, sabe que a fórmula é a mesma: um prólogo que te dá vontade de entender mais, uma história cheia de dados chocantes e legais de saber (dá até pra tirar onda com a galera) e um fim também legal (e um epílogo também, para estender, estender e estender…).

E já que não se mexe no que está dando certo (afinal, Dan Brown já vendeu mais de 80 milhões de livros em 50 países), em O Símbolo Perdido, o autor continuou no comodismo da fórmula… Mas, dessa vez, não deu tão certo como nas outras.

Os fatos históricos, as curiosidades e as teorias de conspiração mais cabulosas são as maiores atrações do livro. Uma ótima pesquisa sempre se revela e, mesmo nos momentos mais “chatos” das explicações cientificas, o leitor fica preso ao outro capítulo e não consegue parar de ler, até que… até que vem o desfecho!

O fim da história é que você foi enganado. Pronto, é isso! Uma coisa é quando o leitor é levado a acreditar nessa coisa e, no fim vem aquela surpresa legal: “poxa, então era isso!”. Outra coisa é quando o autor te conta uma coisa e depois, desmente. Assim, sem mais nem menos: “olha só gente, lembra aquilo que o narrador, imparcial, da história contou da página tal até a página tal? Então, aquilo era mentira… Bazinga pra vocês!”.

E depois da revelação “surpreendente” número um, vem a resposta ao grande enigma do livro. E aí, Pow! Mais um soco de decepção!

A forma com que o enigma é revelado é bem legal, com as curiosidades obscuras de sempre, mas, a resposta àquilo tudo… Para se ter uma ideia, eu fechei o livro e quase desisti. Só li mesmo, porque tinha que escrever aqui… E bem, não me acrescentou lá muita coisa.

Mas, tenho que admitir, ainda assim, vale a leitura. Vale pelas curiosidades, pelo carismático professor Robert Langdon de sempre, que está sempre com uma mulher bonita ao lado e enfretando os desafios loucos e perigosos que só Chuck Norris daria conta sem se ferir. Mas, vá se preparando para o fim. Pena que não posso falar aqui!

O Símbolo Perdido:
Autor: Dan Brown
Editora: Sextante
N. Páginas: 512
Custo On-line: R$27,90

Isso também pode lhe interessar

Pedro Duarte

Jornalista apaixonado por todas as coisas que existem. Deve ser isso! Não há nada de novo que não demonstre interesse imediato em conhecer: ler, assistir, escutar, experimentar. Tentando viver um pouquinho de tudo por dia e passar a experiência aos nossos leitores!
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.