TRIBUTO GAMER: O mundo está salvo!!

Que AMV foda da por#$!!

O leitor Scorpion compartilhou esse vídeo nos comments do post de Zelda mais abaixo, dizendo que chorou até ficar com dor de cabeça, e QUE COISA AHHHHH, muito, muito bem feito e… foda, e inteligente, e… nossa. Simplesmente vejam. Quem joga a tempos vai entender o vídeo… Não tem como não se identificar. E acrescento que parte disso também se aplica a quando a gente vira noites vendo animê, e eles terminam. Lembram da sensação ao terminar Code Geass? Bah. Vejam!! (Nota: o vídeo acima é com legendas em inglês para acompanhar a música, mas se você não entende nada mesmo é melhor pegar a versão legendada em port, por mais que aí a música não conte muito.)

Créditos ao incrível pessoal da IGN.

Isso também pode lhe interessar

25 Comentários

  1. Não chorei mas quase.
    Dá uma sensação de nostalgia, com solidão e no final vontade de jogar tudo quanto é jogo bom de novo.
    Bom vídeo.

  2. "Sensação de quando termina Code Geass" i feel you man. I really do.

    Esse vídeo é muito verdade. Pra mim me faz lembrar daquela depressão de quando se acaba um jogo muito bom (principalmente RPGs), e você pensa por um tempo "wow, nunca mais vou vivenciar algo como isso". Aí depois você percebe que ainda tem vários jogos pra jogar com bastante potencial pra te dar a mesma sensação.
    As vezes costumo rejogar alguns jogos marcantes para relembrar da sensação de acabar eles, e pela história magnífica. Até hoje, de tempos em tempos, pego meu Legend of Dragoon pra acabar de novo.

  3. @_@ me arrepiei e quase chorei, muito bom, esse vídeo fez me tocar que games que tem um fim são bom por isso, a sensação no final é que deixa ele marcado par sempre =´)

  4. Essa sensação ao terminar bons RPGs é sem igual. Valkyria Chronicles eu TIVE QUE começar de novo na mesma hora que terminei. Jogo FODA DEMAIS. Zerei duas vezes diretão e "platinei" (não tem troféus). Uma pena a série ter se perdido tanto no 2 e no 3.

    Mas todo RPG do qual gostamos e principalmente se ele for longo, as in, se tivermos passado horas e horas nele, ficando meses com o jogo, terminar é… um misto de triunfo e tristeza, como bem mostra o vídeo. Coisa boa. Okami é assim.

    Ah, e "man" é só por força de expressão ou tu não sabe que sou mulher mesmo? XD

    1. Valkyria Chronicles não joguei o 1, só vi o anime. Gostei bastante, e quando saiu pra PSP, peguei o 2 pra jogar, mas não gostei muito. Achei fraco, tanto story-wise quanto em personagens. Agora que comprei o PS3, tá mais que na hora de tomar vergonha na cara e pegar o 1 pra acabar.

      Pois é. Esse é um fator que considero de certa forma importante em RPGs, o tempo de jogo. Não é um fator decisivo na qualidade dele, obviamente, mas um RPG longo faz você se apegar muito mais nos personagens, na trama e no lore do jogo do que algo curto. Senti isso quando joguei Infinite Undiscovery, um RPG excelente pra Xbox 360, com um lore, personagens e história bons, mas como é um RPG bem curto, não deu pra se aprofundar tanto em nenhum dos três fatores, então apesar de ser um RPG muito bom, não chegou a ser algo "memorável". É o que (tangenciando BEEEEEEEEEM o tema) sinto que peca Cowboy Bebop, tentar nos deixar tristes pela morte de personagens que mal apareceram, apesar de serem importantes para a trama.

      E o "man" foi só pra não perder o sentido da expressão mesmo.

      1. Chegou a assistir Madoka Magica? O animê é intenso e tem de tudo pra marcar, mas é tão curto (12 epis) que… bah, faltou algo nesse sentido. Ao menos 25 epis mais ou menos eu acho que é necessário. Wolf's Rain tem isso e nosso apego aos personagens é inacreditável no (fatídico) final.

        Valkyria Chronicles o animê eu achei bom, mas somente bom. Mudou bastante coisa do jogo, principalmente a relação Welkin x Alicia x Faldio. O Faldio é BEM diferente no jogo… tanto que o que ele faz vem como surpresa de fato, e não como algo esperado como foi no animê. Enfim. Foi bom, mas o jogo é muito, muito superior, e muito mais impactante. A fase em que a (spoiler) Isara morre por exemplo, cara, ela é bem difícil e longa, e tu tá com a relação dela com a Rose engasgada desde o início, aí no final tu tá ali cansado mas triunfante por ter conseguido, e elas tão finalmente se entendendo e… "bam". (fim do spoiler) Bah, o jogo foi muito bem feito em termos de pacing. Genial mesmo.

        E RPG longo que me lembro com carinho, além de Okami, é Baten Kaitos. Bem comprido e com side-quests grandes e bacanas, fora aquele sistema de batalha FODA. Preciso muito jogar o Origins!

        1. Não assisti Madoka ainda, ele tá junto com Mushishi na pasta "quebre em caso de emergência". São animes que tenho certeza que são ótimos, mas vou deixar pra alguma ocasião em que eu nao esteja vendo nada muito bom. Embora eu ache que não vou aguentar muito e ver logo que acabar minhas férias. Wolf's Rain é tenso mesmo. Faz você (spoiler) se apegar a cada um dos lobos pra matar metodicamente um por um no final. Algo que seria difícil fazer em 13 episódios. (/spoiler) Mas sempre tem excessões, como Baccano, que da bastante profundidade pra imensidão de personagens que tem, em menos de 20 episódios.

          Eu gostei bastante do anime de Valkyria, mas ainda quero jogar ele. (spoiler) a morte da Isara foi realmente muito triste e impactante, e eu não sabia que o Faldio era diferente no jogo. Uma das partes mais legais do anime foi quando a Alicia se transforma em Valkyria, e tenho muita curiosidade de ver isso no jogo (/spoiler). Por via de regra, tenho certo medo de ver adaptações de jogos em animes (ainda não vi o anime de Abyss nem os OAVs de Phantasia e Symphonia, nem o de World Destruction), mas tava com muita curiosidade sobre o anime de Valkyria e não tinha PS3 nem amigo com PS3 na época.

          Nunca joguei o Baten Kaitos, porque nunca tive um Gamecube. Talvez eu jogue ele no Wii, assim que comprar os controles e memory card de Game Cube. Mas Okami realmente é um bom jogo.

        2. O animê de Tales of the Abyss é EXCELENTE, muito bom e fiel mesmo!! Já os OVAs de Symphonia são… Ok. Animação foda e tal, mas cortaram bastante³ coisa. O de Phantasia nem veja porque é detestável. XDD

          (spoiler de valkyria) A transformação da Alicia no jogo é muitooo foda cara, a luta dela com a Selvaria. E a morte da Selvaria também é bem melhor. Bem mais impactante também quando ela aparece no deserto, porque TU tem que lutar contra aquele monstro. Sentimos NA PELE o poder de uma valkyria. Muito foda. (fim do spoiler)

  5. Eu realmente não via por essa lado.

    talvez por jogar poucos Rpgs, mas sempre tive essa sensação, de "Foda, mas acabou…" e la vou eu ficar a procura de algo tão bão quanto aquele jogo.

    Darksiders mesmo terminei esse inicio de ano, e cara, a sensação de "droga, acabou" ainda pega, e é isso que marca o jogo mesmo, aquele jogo que termina e tu fica Ressendito, ou puto, ou triste por ele ter acabado, isso sim é um jogo.

    e a letra da musica diz tudo o.

  6. Vídeo perfeito,simplesmente perfeito.Me faz lembrar da época que eu jogava(estou meio sem grana para comprar os consoles atuais) e realmente me faz lembrar de quando eu termino um anime/mangá muito bom.Isso me faz imaginar a sensação que eu vou ter quando berserk e one piece acabarem.

    1. Quando One Piece acabar eu vou ficar "olhando para o infinito" por muitos minutos tentando absorver que realmente acabou. HAHAHAHAHAHA
      Sempre faço isso com todas as coisas que eu me apego e terminam, incluindo jogos, livros e animes… xD

      1. Então não sou o único que faz isso. XDD

        Gosto de ficar refletindo, olhando pro nada quando algo que me marca acaba. Chego a ficar assim por uns 2 ou 3 dias(com exceção de Code Geass que a ressaca durou uma semana) sem querer ler ou ver nada por causa disso.

      2. "Olhar para o infinito"…Cara, ótima expressão, define direitinho a situação mesmo…Geralmente eu faço mais ou menos isso enquanto penso "Eu fico feliz porque o fim foi legal…ou triste porque foi o fim?". Mas infelizmente, não tenho ânimo suficiente pra ler OP desde o comecinho de novo quando chegar no fim (o que provavelmente será por volta do capítulo 800, 900 e poucos, pelo menos)

        1. Caramba, sério? Eu tenho SEMPRE vontade de recomeçar One Piece, sério mesmo! Só não faço agora por ter outras coisas pra ler e querer esperar o mangá acabar pra poder ler tudo. 😀

    2. Será uma honra, pra mim, dizer que acompanhei um dos melhores anime/mangá da Shonen Jump. Se Deus quiser estarei vivo para isso! ^_^

      One Piece é uma das poucas coisas na vida que conseguem fazer meus olhos se encherem de lágrimas. Espero não chorar de verdade, quando o fim chegar! 😛

  7. É a realidade de quem encontra um jogo bom e envolvente ou quem leva jogar videogame como um estilo de vida. Você começa, gosta, e quando menos se espera está mergulhado em seu jogo a ponto de querer detoná-lo a qualquer custo. Entretanto, a medida em que o fim se aproxima, o tempo que você passou com esse jogo começa a deixar saudades e você até diminui o seu ritmo, o que não impede de que um dia tudo aquilo acabe. No fim, apenas resta o vazio. Claro que existem outros jogos para preencher esse vazio, mas não é fácil, encontra um game a altura. De qualquer forma, estou feliz de poder viver essas emoções, mesmo que sejam proporcionadas por uma máquina de entretenimento.

    Espero um dia também contribuir para salvar o mundo real onde vivo.

  8. Percebo isso com séries, e com alguns jogos. Pena que meu empenho não é tão grande em terminar RPGs, a fila tá grande, e to pensando em pegar mais alguns haha.

    Lunar Legend eu terminei mas, ficou um vazio mesmo, lembrei das lutas e fiquei com vontade de dar uma volta pelas cidades, mas ficou tudo fechado no final. FFI nem tanto, já que não deu pra me apegar nos personagens, mas é um ótimo jogo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.