JapãoJogandoMiscelânea

Kinect lhe ensinará o Kamehameha!

Não espere pelo game de luta do ano, mas talvez saia algo divertido…



Já não é de hoje que rolam esses comentários na internet de que o Kinect ganharia um game de luta da série Dragon Ball Z. Acima estão as primeiras telas, ainda que não haja um anúncio oficial ou qualquer previsão real de quando esse jogo será lançado. Enfim, as imagens acabaram me deixando curioso pelo gameplay. Torço para que um vídeo saia para que possamos ver na prática como está ficando.

O caso é que eu larguei mão dos games de luta da série de Dragon Ball Z. São sempre a mesma coisa. Quando você joga pela primeira vez é divertido, mas aí dentro de uma mesma geração de consoles saem aquela porrada de versões, sempre iguais, adicionando personagens ou poderes. Não acho o sistema de luta de Dragon Ball perfeito, pelo contrário, acho confuso, meio travado, mais focado no efeito visual do que na agilidade do uso de um joystick. Uso como exemplo os games de luta do Naruto, que possuem uma dinâmica melhor integrada ao combate.

Mas aí está esse Dragon Ball Z para o Kinect e pela telas dá para perceber que é diferente dos games convencionais da série. Perspectiva em primeira pessoa? Comandos na tela igual Dance Central? Opa, pode ser que saia algo interessante daí! Será que teremos que respeitar o que aparece na tela? Ainda é cedo para tirar conclusões, mas acho o sistema de comandos de Dance Central um dos que mais deram certo no Kinect, possibilitando dezenas de movimentos diferentes, bem mais reais com a proposta do Kinect. A perspectiva em primeira pessoa também me agradou, dá uma impressão diferente. Quem nunca se imaginou no papel de Goku?

Não espero o game hardcore de luta do ano, mas depois dessas telas, acho que vale a pena continuar acompanhando e ver como ficará no Kinect, que apesar de ter uma biblioteca de games bem rala, ainda tem algumas ideias experimentais que continuam dispertando a minha curiosidade gamer.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.