Assistindo

Saudades de Lost?

Um tributo à uma série que deixou legado

Já fazem alguns anos desde que foi exibido o último capítulo de Lost fazendo com que uma grande parte de fãs ficasse emocionados (e a outra, revoltados) e deixando saudades no coração de todos os “Lost Maníacos”. Foram seis temporadas acompanhando as aventuras daquele pessoal que estava perdido numa ilha misteriosa. Observando os seus comportamentos, os seus amores, os seus medos, as suas aventuras… Aprendendo sobre o passado de cada um, vibrando por cada vitória, ficando apreensivo por cada mistério. Era isso que a série fazia com seus telespectadores, despertando cada sentimento diferente e convidando a sempre acompanhar qual seria a próxima página daquele instigante “livro”.

Lost foi e sempre será uma série sobre seus personagens. Embora, exista a ilha com todo o seu mistério, e talvez com alguns desapontamentos que tenha causado à alguns dos fãs, os personagens são o que movem o enredo, a história. São como as engrenagens, e os seus dramas vividos que tornaram tão interessante acompanhar a jornada épica que eles desempenharam, tanto na ilha, quanto fora dela.

Tá, a Ilha tem sim sua parcela de importância na história, e não é pequena. Mas se não fossem personagens memoráveis como Jack Shephard, Hurley, John Locke, ou Sawyer, você sentiria metade do apreço que sentiria por ela? Imagine, se colocássemos a fraca Charlie de Revolution como protagonista de Lost, e seus “dramas”… Seria a mesma coisa? Creio que não!

Momentos fabulosos e frases épicas marcaram cada personagem. Quem não se lembra do Desmond? De Charlie e do Driveshaft (you all everybody!)? Não vai dizer que não lembra dos apelidos que Sawyer dava pro pessoal da ilha? É tanta coisa, mas tanta coisa que se eu fosse falar tudo aqui, as lembranças de Lost, aquilo que se tornou inesquecível na memória de um fã de Lost, certamente tomaria parágrafos e parágrafos…

Descobertas, paixões, emoções… Se você ainda não entendeu ou não se lembrou do que eu estou falando, talvez o entendimento venha ao assistir o vídeo a seguir, uma homenagem e tanto à uma série que deixou um legado na TV, e para nós que assistimos e amamos cada momento… Uma experiência…

Isso também pode lhe interessar

Raphael Meltoh

Bio: Gamer desde a infância, mas precisamente desde os 5 anos. Amo séries (comecei pela influência de Lost), e animes. Jogador de RPG e apaixonado por cinema. Descobri recentemente também o gosto por HQ's. Ah! E é claro, fã confesso de Phoenix Wright!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios