EditoriaisMiscelânea

Editorial: alguns esclarecimentos…

Por que, de repente, tudo ficou meio abandonado por aqui?

Já faz alguns dias que não rola um novo post aqui no blog. E curioso como alguns dias de ausência já dão aquele ar de abandono e relaxo. Mas não é esse o caso. Não abandonei e muito menos estou com descaso para com o blog. As desculpas são as mesmas dos percalços anteriores. Aquelas mesmas e já batidas de sempre: falta de tempo, falta de estrutura dentro do formato do blog, falta de um bom momento para pausar a vida e sentar no pc. Além da falta de mudanças internas do blog, que já se fazem necessárias, porém que ainda não devem ocorrer nesse momento.

Bem, feito essa rápida introdução, agora podemos bater um papo com mais calma. O caso é que o formato atual do Portallos já desandou novamente. Não é fácil manter um blog e apesar de não parecer, muitas consequências externas atrapalham o bom rendimento do mesmo. Não é segredo para ninguém que me tornei papai há um pouco mais de um ano. E é claro que isso apertou ainda mais o pouco tempo que tinha para fazer qualquer outra coisa, seja jogar videogame, ver uma série, ler uma HQ ou ficar de bobeira no blog.

Hoje em dia preciso sambar entre meus hobbies. Se o tempo é apertado, o que fazer? Jogar ou ler? Assistir ou blogar? Certamente há coisas que são mais simples de fazer enquanto cuido do meu filhinho. Por exemplo, dá para brincar com ele na sala, enquanto assisto uma série. Até mesmo jogar um pouco enquanto ele está distraído com algum brinquedo. Já sair para sentar no PC, me concentrar, e escrever um post no blog é um dos itens mais difíceis no momento. Até porque curto muito mais passar o tempo com meu filhinho do que ficar sentado no PC fazendo qualquer outra coisa.

Não significa que é hora de abandonar esse barco chamado Portallos. Mas é preciso repensar várias coisas e até mesmo na maneira de gerenciamento dele e do formato usado atualmente. Quanto o modelo atual do blog foi pensado lá no finzinho de 2011 havia certos parâmetros desconhecidos e que se soubesse deles na época, talvez a reforma tivesse sofrido algumas alterações. Mudanças alias que já estou planejando fazer, se tudo der certo, no próximo ano.

Também não é segredo para ninguém que sempre tive muita vontade de aprender a mexer com layouts e programação de sites para internet, porém sempre fui um zero a esquerda nesse departamento. Tanto que todas as mudanças de layout e formato no blog sempre foi realizado por colaboradores e amigos (Dadah e Alex). Mas a verdade é que ambas são muito mais ocupados hoje e não há tempo para ficar pedindo para eles me ajudarem nisso. Sempre tive vontade de aprender e um dia fazer por mim mesmo essas tarefas mais técnicas que um blog exige. E felizmente comecei um curso de Webdesign esse semestre justamente pensando no que isso pode me ajudar com o blog. Mas os resultados disso ainda vão levar um tempo para se concretizarem por aqui. Até porque é um curso que só irei concluir na metade de 2015. Ou seja, é um plano de longo prazo e que exige certa paciência. Então a mudança virá, mas não agora.

Outro fator que precisa ser comentado por aqui é o modelo de equipe voluntária. O blog sempre teve um histórico de inúmeros colaboradores. Acho que desde o começo sempre tivemos equipe com um número superior a dez pessoas. Mas o leitor deve ter percebido é cada vez mais difícil um colaborador pró-ativo, que escreva todo dia e com uma frequência ideal para a rotatividade de conteúdo que um projeto como o Portallos exige. Os fatores que levam os colaboradores a não colaborarem tanto são inúmeros. Eles, assim como eu, sofrem com falta de tempo, seja porque trabalham ou porque estudam. Alguns nem sempre possuem condições ideais de internet para ficarem constantemente na internet. Alguns com o tempo acabam defasados com os assuntos mais atuais do mundo do entretenimento (justamente pela falta de tempo) e isso limita as pautas que eles poderiam ou gostariam de escrever. Fora o modelo “voluntário não remunerado” que está cada dia mais em desuso na internet, afinal convenhamos que é muito fácil criar um blog e conseguir algumas moedinhas com adsenses ou até mesmo escrever em blogs maiores que remunerem de certa forma o colaborador. Até mesmo investir em outras áreas da internet, como vídeos ou podcasts, parece ser uma boa maneira de ganhar uma graninha com internet. Enfim, há muitos caminhos a serem trilhados pela web e ser colaborador de um blog pequeno com textos não é exatamente o mais divertido. Faz sentido que o modelo então de colaborador na qual o blog usa precisa ser repensado e remodelado.

E não que esteja chateado com a latência da equipe atual do blog. Pelo contrário, eu entendo porque é desestimulante o formato atual do Portallos. Sempre fui e sempre serei muito grato a todos que já colaboraram e ainda colaboram com o mesmo. Seja na criação do conteúdo ou nos bastidores, na parte técnica ou trocando ideias e debatendo projetos nos bastidores. O modelo é que se desgastou mesmo e precisa ser revisto.

Enfim, acho que consegui esclarecer pequenos pontos que gostaria. O Portallos não irá acabar. Mas ele vai continuar sofrendo destes pequenos problemas de latência de tempos em tempos. Haverá meses que vai chover conteúdo (fiquei orgulhoso do movimento que criamos em outubro por aqui), meses em que o conteúdo virá de forma mais contida, mas com bons textos (novembro foi assim) e meses em que o blog vai parecer abandonado (dezembro parece que começou assim, mas talvez não seja até o fim).

Enquanto uma reforma colossal na estrutura do blog e na sua ideologia não acontece, o Portallos EXP vai continuar no ar, ganhando conteúdo sempre que possível e experimentando novas coisas (muitas vezes imperceptíveis aos leitores). E para encerrar só posso agradecer de coração a todo mundo que acompanha o blog e curte esse espaço. Sei que pedir por paciência no mundinho da internet não é fácil nos dias de hoje, mas espero que alguns consigam entender a situação atual do blog e tenham fé e esperança que dando tempo ao tempo, irei conseguir contornar todos os problemas atuais e colocar esse projeto num ritmo que ele realmente merece.

E é isso!

Agora de volta a programação normal…. assim que possível! 😉

Fanart via DevianArt

Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.