Comunicados de ImprensaJogando

Sobreviva, Throw-down Town tem arena procedural com design sistêmico

Em desenvolvimento nos Estados Unidos por Matthew King, Throw-down Town une um complexo design sistêmico com controles de movimento simples para uma experiência única de diversão

Imagine que em uma arena, um bandido da cidade é forçado a batalhar com guerreiros em troca de sua liberdade. Esse é o cenário de Throw-down Town, jogo de sobrevivência que está sendo desenvolvido nos Estados Unidos por Matthew King.

Um dos pontos altos de Throw-down Town é a aplicação de um design dinâmico em um universo de geração procedural. Ou seja, a cada fase, novas armas e elementos interativos do cenário serão aleatoriamente oferecidos ao jogador e dispostos em locais diferentes, exigindo um alto nível de concentração e rapidez de raciocínio para sobreviver e progredir no jogo.

“Você pode pegar uma vela e jogá-la em um inimigo. A vela se romperia em pedaços e o pavio em chamas poderia cair sobre uma mesa. A mesa pegaria fogo e, com isso, granadas e garrafas de vinho que estão em cima dela explodiriam e espalhariam o fogo. Cada ação traz consequências e quando você precisa agir rápido, nem sempre faz as melhores escolhas. Mas o resultado geralmente é divertido”, brincou Matthew King, desenvolvedor de Throw-down Town.

https://www.youtube.com/watch?v=RGFoFOaCJxM

Este conceito de design sistemático foi inspirado pelo modo como muitas ferramentas interconectadas trabalham juntos e são incríveis em Spelunky. No entanto, enquanto em Spelunky o jogador precisa tomar seu tempo e fazer escolhas seguras, em Throw-Down Town é necessário tomar decisões em frações de segundo enquanto você corre freneticamente em busca de qualquer coisa para jogar nos inimigos e sobreviver, torcendo para que o tiro não saia pela culatra.

“O jogo começou como um clone de Pacman, acredite ou não. Mas eu rapidamente percebi que ninguém quer jogar um Pacman sofisticado e mudei de ideia. Troquei os pellets por machados e o resto é história”, contou o desenvolvedor.

Inspirado em Smash TV do SNES e no modo arena de Ryse: Son of Rome, Throw-down Town busca trazer a emoção do jogo em um mundo desenhado à mão.

https://twitter.com/MattKingGameDev/status/1053864283711397888

“Estou desenvolvendo o jogo há apenas um mês e sei que tenho muito pela frente mas poder testar o que já foi feito e me surpreender com um jogo muito divertido é um ótimo sinal”, afirmou Matthew. “Minha regra de ouro para Throw-down Town é mantê-lo o mais simples possível. Eu estou voltando ao básico no que diz respeito aos controles – você tem quatro botões direcionais para o movimento e um outro para interação -, mas ao mesmo tempo criando aspectos complexos de design sistêmico para o mundo, transformando um conceito de jogo bastante simples em um universo dinâmico onde suas escolhas têm permanência e peso real”, completou.

Acompanhe o desenvolvimento do projeto clicando aqui

// Comunicado enviado via assessoria de imprensa //

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios