AssistindoPapo Pipoca

Cinema: Pagando Bem Que Mal Tem? – Eu Fui!

Warning! Warning!
Risco de spoiler! Se você é alérgico, não continue!

Até consegue arrancar umas risadas…

O primeiro filme que assisti do Kevin Smith foi “Dogma”, uma comédia ácida que faz uma dura crítica a doutrina da Igreja Católica. Nem preciso dizer que fiquei fã do cara. Nerd assumido, ele ainda dirigiu vários outros filmes, sempre fazendo referências ao mundo pop. Nenhum outro diretor conseguiu captar a “essência vazia” que era a juventude dos anos 90. Infelizmente, seus últimos trabalhos apenas possuem um fraco brilho dessa época. “Pagando Bem…” é exatamente isso: uma comédia sem brilho, mas que ainda nos deixa ver o quão talentoso é Kevin Smith. Mesmo que seja por alguns momentos…

Zack e Miri são amigos de longa data que moram juntos e estão afundados em dívidas. Após terem a água e a luz cortadas do apartamento onde moram, eles precisam arranjar um jeito de ganhar dinheiro rápido ou não conseguirão pagar o aluguel. A solução? Fazer um filme pornô. E lá partem os dois para botar a idéia em funcionamento.

Essa primeira parte, que mostra o processo de escolha dos “atores” e a discussão sobre o nome do filme é ótima. Várias piadas de caráter duvidoso pipocam na tela. Em qualquer outro filme elas seriam ofensivas, mas não aqui. Grande parte disso se deve ao excelente elenco do filme: Seth Rogen e Elizabeth Banks estão a vontade em seus papéis. Aliás, Rogen parece que interpreta ele mesmo em cada um de seus filmes.

Durante a gravação do filme, Zack e Miri percebem o que realmente irão fazer e começam a pensar sobre as conseqüências disso. Conseguirão manter a amizade? O que realmente sentem um pelo outro? Após surgir essas perguntas na tela, o filme perde o fôlego. Deixa de ser uma comédia para se tornar um romance água-com-açúcar.

Apesar do tema e das várias cenas de nudez (algumas bem gratuitas, diga-se de passagem), este é o filme mais comercial de Kevin Smith. Sem ousadia alguma e com apenas alguns bons momentos de diversão, “Pagando Bem…” deixa a desejar.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Theo Medeiros

Cinéfilo, gamer, adorador de música e entusiasta tecnológico. Acha que Nescau é melhor que Toddy e que bacon é a oitava maravilha do mundo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.