AssistindoCinemaPapo Pipoca

Cinema [Opinião]: X-Men Origens: Wolverine – Eu fui!

As críticas que andei lendo pela internet foram duras com relação ao filme do Wolverine. Fui assistir hoje esperando algo medíocre como X-Men III. Cai da cadeira, pois o filme não é tudo de ruim que falaram, pelo contrário, ele tem qualidade respeitável e totalmente obrigatório dentro da franquia nos cinemas. No início, quando o projeto foi anunciado, não me empolguei porque um filme de origem, descaradamente um spin-offi, não me parecia uma idéia tão funcional assim. Afinal, os X-Mens anteriores trabalharam já na origem do personagem. O que seria repetido no novo filme? Praticamente nada!

Opinião, trailer legendado e um pequeno vídeo de Ryan Reynolds falando de Deadpool [A agradável surpresa do filme], após o continuar:

Atenção: Spoilers totalmente insignificantes. Leia sem medo.

A origem 100% completa

Uma das supresas que tive ao assistir Wolverine é que o filme trata por completo a origem de um dos personagens mais curioso e famoso das HQs da Marvel. O foco, origem, é mantido do início ao fim e cada momento é essêncial para a construção do filme. Claro que todo esse misto é recheado com cenas de ação e efeitos especiais, mas desde quando isso é algo negativo?

Praticamente tudo é revelado no filme. Você sai da sessão sem dúvida alguma sobre o personagem principal. Temos a infância, os tempos de guerras, tempos de Arma X, tempos felizes, a desgraça que todos conhecemos. A origem pode não ser exatamente igual a HQ, mas é incrivelmente semelhante e bem montada num filme de 109 minutos.

Ouve muita falação em torno dos coadjuvantes do filme. O que você precisa saber é que os mutantes coadjuvantes trabalham de forma muito melhor em Wolverine do que X-Men 3. Nada de historinha paralela ou draminhas fora do foco da trama principal. Até mesmo a inclusão de Ciclope faz sentido para o fim. Eles surgem, fazem seu papel, e saem de cena. Nada de ficar contando a origem de cada um ou explicando como os poderes funcionam. Não é um filme para isso afinal.

Destaque para Gambit e Deadpool. Gostei bastante do personagem de Gambit, que surge na metade do filme e mais ao fim, tendo um bom ritmo com Wolverine. Deadpool, entretanto, é a segunda estrelinha do filme. Tanto que a Fox já deu liberdade para que começassem a planejar um filme solo de Wade Wilson. O personagem inclusive teve sua presença inchada antes mesmo do filme estrear, pois os testes feitos antes do filme ser concluido mostraram uma aceitação acima do normal pelo público com o personagem de Ryan Reynolds. E eles tem razão. Gostei bastante da transposição do personagem para a tela.

O filme funciona, tem ritmo, não cansa e a história do Wolverine convence. Sai do cinema totalmente satisfeito de que este foi um belo filme da franquia X-Men.

Trailer do filme – Legendado:

Especial da IGN com Ryan Reynolds [Deadpool]

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.