EditoriaisJogando

Top 10 Portallos: Edição 1 – Games

top 10 portallos4

Olá a todos! É com muito prazer que estou aqui para apresentar o primeiro Top 10 Portallos! Um projeto que de acordo com o Thiago, nosso editor boss, vinha sendo planejado, mas jamais saiu do papel devido aos mais diversos motivos, como falta de tempo e planejamento.

O projeto Top 10 consiste em apresentar a opinião de toda a equipe dos 10 mais de um tema. Ainda haverão edições com muitos outros temas, dos mais inusitados a surpreendentes, aos estranhos e divertidos. O que mais impressiona nessas votação são os resultados que geralmente causam polêmica,  mas essa é a democracia, meus caros.

A primeira edição do Top 10 apresenta um tema que todos no Portallos adoramos: Top 10 Games! Essa primeira edição deu trabalho, tivemos dúvidas no formato que deviamos usar para as votações, foi um tanto confuso mas no fim o resultado surpreendeu e satisfez muitas pessoas. Após o continue, os ganhadores em ordem decrescente:

#10 – Gears of Wars (Xbox 360)

gears

Não conheço muito desse jogo, por isso dou a palavra ao big boss, Thiago:

Para muitos o grande marco para a entrada da Microsoft no mundo dos games foi graças a Halo, possivelmente é verdade. Mas acredito que o Xbox 360 só conseguiu o destaque que tem hoje e abocanhou incontáveis sonystas e nintendistas graças a Gears of War. O primeiro jogo utiliza um sistema de multiplayer on-line incrivelmente imersivo, cheira originalidade e criatividade. Em tempos como os de hoje, é extremamente difícil criar uma nova franquia original do zero e que depois permita que muitos outros estúdios e games copiassem alguns conceitos, como o sistema de Cover. Gears of War foi para a Microsoft hoje o que Goldeneye foi para a Nintendo quando a Rare o lançou no Nintendo 64. Se não fosse por Gears, é bem possível que eu não tivesse comprado um X360 e gostado tanto do console, como gosto hoje em dia.

#9 Chrono Trigger (Super NES)

chrono-trigger

Um comentário do grande Theo:

Clássico absoluto do Snes. É constantemente lembrado como um dos melhores RPGs existentes. Tudo nele é absolutamente bem feito: são múltiplos finais, vários personagens memoráveis e uma das mais belas trilhas sonoras existente para um jogo do Snes.

Este jogo teve um remake para o Nintendo DS e uma versão para Playstation, com apenas algumas alterações. Não foram feitas melhorias pois melhorar algo que é perfeito é difícil. Para os amantes de RPG que não o jogaram ainda – se é que existe algum – corra pra jogar! Chrono Trigger merecia entrar nos títulos do Virtual Console do Wii. Acho que o que mais caracteriza o jogo são os traços de Akira Toriyama, o criador de Dragon Ball, e claro as batalhas saudosíssimas.

# 8 The Legend of Zelda: Ocarina of Time (N64)

ocarina

Este jogo eu torcia para que figurasse no Top 10, esperava uma posição melhor, mas tudo bem. Ocarina of Time, acredito dividir a era dos videogames, o primeiro a receber o tão sonhado 40 da Famitsu. É a obra máxima de Shigeru Miyamoto, que ainda não foi desbancado por nenhum outro no gamerankings. Me lembro de quando vi o comercial na TV, fiquei chocado e louco para pôr minhas mãos nele. Minha pobre mãe sofreu tanto para comprar para mim e assim quase chorei de alegria com ele nas minhas mãos. Minha empolgação foi tamanha que zerei o jogo muito rápido (duas semanas). Ninguém melhor do que o Mauri, para falar porque Zelda está no nosso Top 10:

“Não Temerás.

Não Falharás.

Tu tens a Coragem.

Tu tens a Sabedoria.

Tu tens o que é preciso”.

Eleger o melhor filme ou a melhor música é algo bem complicado, mas nos videogames, não há dúvidas, o melhor é The Legend of Zelda: Ocarina of Time.

Nascido do mesmo berço esplêndido de Super Mario 64, Ocarina of Time não só marcou toda uma geração, mas sim seu posto de melhor jogo de todos os tempos, e ver isso não é raridade, é uma unanimidade. Pegue qualquer lista de melhores jogos de todos os tempos, e lá estará ele.

Uma jornada que atravessa a inocência infantil de um garoto em um alegre mundo e se extende até ele se tornar um adulto em meio a um mundo desolado. Uma jornada de descobrimento, de amadurecimento, de fortalecimento, e sobretudo, de amizade e confiança. No jogo, Link não diz nada, mas sentimos tudo por meio de suas ações. Imersos em combates épicos e revolucionários, a nossa voz se torna a voz de Link. Como uma verdadeira Triforce, Ocarina of Time é uma experiência que liga você ao seu videogame e ao seu herói.

Comentário fenomenal do Mauri. Big boss dá sua palavra para justificar a presença de Zelda Ocarina of Time

Sinceramente, houve apenas 2 Legends of Zelda que joguei até o fim. Wind Waker do Gamecube e Ocarina of Time do N64. A imersão que Ocarina tem para a época que foi lançado é surpreendente.

A franquia conseguiu elevar o conceito 3D que Super Mario 64 trouxe à um novo patamar. E o game continuou influênciando os futuros games da série até hoje.

Enfim, Zelda é fenomenal, merecia estar em primeiro, mas… Vamos ao próximo que estou me empolgando.

#7 – Pokémon R/G/B/Y (Game Boy)

pokemon-red-and-blue

As primeiras versões de Pokémon para Game Boy fizeram muito barulho e são memoráveis. Colecionar monstrinhos de bolso é a sensação criada por Satoshi Tajiri, e é uma das franquias mais rentáveis da Nintendo. Cada jogo da série Pokémon é garantia de boas vendas. Fica aqui o comentário do nosso amigo Ovelha:

Passar tardes e mais tardes capturando Pokémons? Lutar contra o Ash com o super Pikachu? Ah fala sério! Nada melhor do que isso para uma criança no final da década de 90.

Paulo, é a sua vez!

Primeiro jogo Nintendo que joguei e foi ele que me estimulou a comprar um GBC [..]. Assim como muitos, passei dias e dias capturando milhares de Pokémon e pegando todas as insignias disponiveis. Vencer o jogo era só o começo da brincadeira.

Para completar, Dakini dá o ar da graça e diz porque Pokémon tem um lugar aqui no Top 10.

Bom, está na lista simplesmente por ter tornado possível o sonho de uma criancinha de ter seus próprios Pokémon, assim como no “desenho animado”. Nem sonhava que o animê é que era baseado no jogo, então pra mim foi incrível ter a possibilidade de ter meu próprio Charizard! Pikachu, choque do trovão agora! Hehe, tá legal, não era em português, mas a imaginação falava mais alto.

# 6 – Final Fantasy VII (PSX)

final_fantasy_7_art

Final Fantasy merece estar no Top 10, com certeza a série é fenomenal, mas a sétima versão possui a melhor história. Podem falar o que quiser, mas este ficará marcado nos corações de todos como o mais belo FF. Lançado para Playstation em 1997 e em 1998 para PC, foi o primeiro jogo da Square da série a ter gráficos 3D. Cloud, o personagem principal da trama, é e sempre será o mais lembrado personagem de FF. Diz aí o que você acha Chief?!

Tã tã tã tã… Que vilão, consegue ser tão louco, tão maquiavélico e ao mesmo tempo tão legal quanto o inesquecivel Sephiroth? Que trama consegue colocar amor, alegria, ódio, desprezo, e toda a sorte de sentimentos sem perder o ritmo e criar uma salada de frutas? Como o peso de cada personagem, o sentimento de orgulho ao vencer uma batalha, o ódio de ver Sephiroth matar Aerith na sua frente e você nada poder fazer, pôde ser posto em 3 CDs? E eu nem falei que foi o primeiro Final Fantasy em 3D….

Master Thiago, diz ai o que acha de Final Fantasy VII?

Não me marcou tanto quanto FFVIII, porque este eu acabei jogando primeiro do que o VII, mas é inegável que o enredo, os personagens e toda a inovação que a série ganhou, começou no sétimo game da franquia.

O mais notável é que este é um dos games que todos os gamers do mundo imploram por um remake com gráficos da geração atual e a Square não faz!! Medo de sujar a reputação de um clássico? Tem um certo sentido. O curioso é que mesmo depois de tantos anos, o universo desse game ganhou alguns spin-offs, assim como um longa animado.

Eu duvido muito que algum dia a Square Consiga fazer um Final Fantasy que supere o carisma que FF7 possui.

#5 – Super Mario World (Super NES)

Super Mario World

Mario! O bigodudo mais famoso do mundo tinha que estar presente em nosso Top 10, e sua primeira aventura no Super NES, figurou em quinto lugar. A aventura de Mario é sem sombra de dúvidas uma grande obra de arte. Chief dá seu depoimento do que este jogo sinifica para ele:

Mais de 100 estágios, gráficos, que apesar de não serem High Definition, são bonitos até hoje, jogabilidade precisa, trilha sonora marcante. Isso já classifica um jogo em um Must-Have. Mas Super Mario World vai além. Foi o meu primeiro jogo do meu primeiro Video Game, tinha 3 anos na época. Como eu me divertia! Como minha família se divertia! E como eu ainda me divirto hoje em dia! É um jogo sem palavras, totalmente atemporal. É uma das poucas obras de arte que podem ser apreciadas tanto pelos menores, quanto os veteranos no mundo dos jogos. Resultado = Meu priminho hoje em dia pula gritando “Yahoo”, e acha que sou um Yoshi!

Hunter, nos conte agora o que você pensa sobre Super Mario World.

Pode vir um mundo em 3D, um pôr-do-sol, uma galáxia, tudo novo, outra galáxia, um multi-Mario, mas nada se iguala ao que fez Super Mario World no Super Nintendo. Seu estilo gráfico inconfundível, os saltos frenéticos, as chaves secretas, Yoshi… eterno.

Thiago fecha os comentários de Super Mario World:

Cacilda!! Eu não sei dizer quantas vezes eu fechei esse jogo. E de tudo quanto é forma. Abrindo 100% das fases, indo pelo caminho das estrelas, usando rotas alternativas.

O curioso é que se for pensar bem, o game nem é tão grande, apenas tem muitas fases extras e segredos. Levei anos para descobrir tudo, isso porque não tinha detonado do game ou internet na época. E mesmo que tivesse, não usaria.

O que mais marcou pra mim em Mario World foram as mansões dos Boos e Yoshi. Adorava jogar com o Yoshi por todas as fases, até mesma naquelas que jogar com ele só dificultava tudo. Mais legal ainda era aquele truque de abrir o caminho da estrela e pegar o Yoshi Azul entrando na fase aquática, fazendo ele comer a estrela e depois dando o comando de sair da fase. Quem nunca fez isso?

#4 – The Legend of Zelda: A Link to the Past (Super NES)

A_Link_to_the_Past

Zelda de novo!? Sim, a primeira aventura de Link nos Super NES figurando em melhor posição que sua versão 3D. Dakini está com a bola da vez e diz porque o jogo merece estar aqui:

Joguei Ocarina of Time antes de A Link to the past, mas este último tem um charme simplesmente inexplicável. Música e gráficos lindíssimos, ótimo nível de dificuldade e muita coisa pra fazer, apesar de ser tão linear quanto os outros Zeldas. Acho que sempre terei um lugar reservado no coração para jogos 2D, e Zelda 3 com certeza habita esse espaço.

#3 – Metal Gear Solid (PSX)

metal-gear-solid

Fantástico jogo! Matar sem pensar não vale nesse jogo, cada passo deve ser muito bem avaliado, ou as consequências serão drásticas! Espionagem é muito bacana, James Bond que nada, Solid Snake é o cara. Diz ai o que você acha disso Paulo:

Comprando o box no impulso pelo preço, acabei entrando de cabeça numa das series mais cultuadas, depois de jogar os jogos em sequência descobri que o que facina tanto nestes titulos, é todo o emaranhado de informações e tudo o que você fica sem saber. O que justifica até jogar o MGS4 para entender como e o porquê de cada um dos fatos anteriores.

#2 – Super Mario Bros 3 (NES)

SuperMarioBros3

Olha o Mario aqui de novo! Desta vez em sua aventura para NES, este é o melhor jogo do Mario. Na minha opinião o melhor momento do jogo é voar com o Mario em sua forma esquilo. Mestre Thiago, a palavra é toda sua:

Uma lista de top 10 não é uma lista sem Super Mario. Eu acredito que de todos que a Nintendo fez até hoje, SMB3 é realmente o divisor de águas. Foi neste ponto da carreira do encanador que a franquia passou a ser 5 estrelas. O jogo tem tudo que é necessário para um bom game. Mapas com caminhos alternativos, toneladas de extras, um nível de desafio totalmente equilibrado entre momentos fáceis e outros de arrancar o cabelo, power-ups sensacionais e que nunca mais a Nintendo utilizou, o que torna a versão mais especial ainda, mini-games e ótimos mundos e cenários. Adoro Super Mario World e as novidades inéditas acrescidas depois, mas SMW só foi possível ser feito graças à genialidade que foi Super Mario Bros 3.

#1 – Tetris

tetris

Este jogo surpreendeu a todos, ninguém esperava por ele nessa posição, e talvez nem imaginava que ele figuraria no Top 10. Meus caros, este é “O jogo”. Quem não jogou Tetris? Este foi realmente o primeiro jogo a conquistar adultos, um puzzle russo que até hoje desafia muitas pessoas, já teve versões para quase todos os videogames da era 2D. Para explicar o porque dele merecer essa posição, ninguém melhor que o Theo:

O que dizer de um jogo que continua imbatível como o melhor puzzle já feito, 25 anos depois do sei lançamento?

Boa Theo, realmente… sem palavras. Dakini complete por favor:

Jogo até hoje um jogo de mais de 20 anos… isso já é motivo suficiente, mas além de ainda ser jogado por muitos, Tetris é querido por quase todos, é viciante e não tem fim, quer coisa melhor? Não, MMOGs não contam, porque destes eu enjoo, né.

Para finalizar Thiago nos diz o que esta surpresa no Top 10 representa.

Rá! Fala sério! Muito bizarro Tetris no Top 1, mas fazer o que se ele foi o mais votado pela equipe. Mas vamos ser sincero, quem não passou pela febre Tetris?

Não precisa ser o game original, mas alguma das milhares versões que esse game tem em praticamene toda a plataforma já criada. Me lembro quando era criança, existia um mini-game (nem era estes portáteis famosos) brazuca que trazia mais de 1.000 modos do Tetris. Tinha de tudo quanto é jeito. Perdi muitas horas (e porque não dizer dias/meses) da minha infância com esse mini-game.

Hoje em dia talvez esteja mais esquecido no tempo. Mas é inegável que muita gente da velha guarda dos games, passaram por Tetris alguma vez na vida.

Tetris não é o melhor game do mundo, mas sua simplicidade somado à um dos melhores puzzles já criados para o cérebro humano é supreendente.

Surpreso ainda? Eu não, Tertris domina!

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Pikachu

Gamer e nerd, meus gêneros favoritos são RPGs e Adventures, e claro que adoro Pokémon. Aprecio uma boa música também, em especial o bom e velho Rock N' Roll e o Metal e suas vertentes.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.