Indicações e Resenhas de LivrosLendo

Especial Literário: O Vampiro Lestat – Anne Rice (por Araphawake)

Dia 23 de Abril está chegando e o Portallos quer comemorar esse dia, o Dia Internacional do Livro. Vamos comemorar?

O Especial pretende partilhar alguns livros que deixaram as suas marcas em nós da equipe de edição do Portallos e provavelmente em vocês.

Durante esta semana (até sexta-feira) cada um da equipe irá postar sobre um livro que tenha gostado ou que tenha se destacado. Então, se preparem para receber uma lista de sugestões de leitura que poderá ou não agradar, depende do gosto de cada um. Seja como for, ler é sempre bom!

Folhear as páginas de um bom livro, sentir as palavras, conhecer as personagens e mergulhar em outro universo, em outras realidades. O melhor do livro não é apenas conhecê-lo mas é também permitir que ele te conheça. O livro é uma obra de arte que carrega vidas, ensinamentos, piadas, imaginação, conflitos, dramas, enfim, carrega palavras vivas. Temos que comemorar isso! Tenho uma longa lista de livros sobre os quais poderia comentar, mas o objetivo é escolher apenas um, aquele que deixou a sua marca presente até hoje. Então vamos ao livro e ao comentário.

Livro escolhido: O Vampiro Lestat escrito por Anne Rice (Crônicas Vampirescas) – data de publicação 1985.

Leiam o comentário após o “continue lendo”.

A imagem de abertura é do primeiro livro das crônicas vampirescas porque recomendo, claro, a leitura do primeiro volume antes da leitura do segundo (O Vampiro Lestat). A minha seleção não está de forma alguma ligada a moda dos vampiros que anda muito ativa recentemente. Eu sempre fui fascinado por histórias e lendas de vampiros e Anne Rice soube criar a sua própria versão com maestria. Li o livro após assistir o filme Entrevista com o Vampiro, adaptação homóloga do primeiro livro da série com Tom Cruise como Lestat e Brad Pitt como Louis – ótimo filme!

O vampiro do romantismo já é bem conhecido: é aquele que sente dor por causa da sua natureza, nunca pára de lamentar. Chatice, pelo menos para mim. Esse tipo de vampiro pode ser representado por Louis em Entrevista com o Vampiro, o primeiro livro da série vampiresca. Louis, o vampiro transformado por Lestat em New Orleans e que se adaptou a uma vida de solidão.

Mas vamos esquecer o Louis! Vamos nos focar na personagem mais carismática: Lestat. Trata-se de um vampiro louco, de mente aberta, filósofo. Essa personagem se destaca não apenas por ser um vampiro, mas pelo fato do Dom das Trevas lhe ter trazido mais lucidez para observar o mundo e principalmente por adotar uma posição de bem-estar, de alegria perante a vida. As suaves e agradáveis reflexões, as ideias diferentes (loucas), a espontaneidade, a genialidade de Lestat são os constituintes da sua hipnose – e os leitores podem mesmo ser “hipnotizados” por ele.

O livro O Vampiro Lestat é o segundo da série e possui também um contexto histórico, mencionando filósofos, artistas, avanços tecnológicos e as alterações do mundo ao longo do tempo – tudo observado pela perspectiva do louco Lestat de Lioncourt. A ação ocorre em Auvergne, em Paris, no Egito e na América (não deve faltar nenhum lugar de destaque). Lestat nasce em Auvergne em 1760 e toda a sua vida é narrada a partir daí. Neste livro, a autora conta a história de Lestat, desde a sua infância até a atualidade e mostra aos leitores a busca dele pela origem da raça vampírica (no Egito).

A ideia não é fazer uma análise completa do livro, por isso irei terminar por aqui o comentário. Caso contrário poderia escrever muito mais. Mas assim não permitiria a quem ainda não leu o livro experimentar o mesmo. Mas tente assistir o filme ou ler o livro Entrevista com o Vampiro antes de ler O Vampiro Lestat. Assim a história faz mais sentido.

Livro recomendado!

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Araphawake

Gamer de nascença, entusiasta do YouTube, cinéfilo e sobrevivente de The Walking Dead. Adoro livros e penso demais nas coisas. Na vida pessoal sou extremamente nostálgico e exagerado. Quem não me compreende ou conhece pode achar que sou antipático.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios