Lendo

X-Men nº100 | Os sentimentos podem ser armas perigosas!

Ufa, sei que estou um pouco atrasado com essa edição, mas não é á toa, X-Men 100 possui 148 páginas! É a primeira edição que segue o novo padrão criado pela tal Revolução Panini. Curioso notar que a maioria das histórias dessa revista trazem em primeiro plano sentimentos como amor e vingança, e estes quando não são bem utilizados podem machucar mais do que garras de Adamantium. Quem estiver curioso pode acessar esse link e dar uma espiada nessa edição., que assim como as demais revistas centenárias X-Men Extra e Homem-Aranha, ganhou detalhes prateados no logo e numeração do título, além de um belo pôster grandão como brinde (reproduzido ao fim desse post) pintado pelo magistral Alex Ross!!!

Então convido vocês a apertarem os cintos de segurança pois o Pássaro Negro vai decolar rumo a incríveis aventuras!

RESGATE
A revista começa com a quarta parte do arco Resgate, continuando a busca de Xavier para se redimir de seus erros que cometeu no passado. Dessa vez, Xavier procura Vampira, e é claro que o careca procura a ajuda de Gambit para realizar sua missão. Eu como fã do casal, já gostei dessa edição por isso mesmo. A história ganha pontos por abordar diversos períodos da vida de Vampira, garças ás projeções holográficas de Perigo. Xavier, Gambit e os sucateiros espaciais shiars também entram em contato com a projeção, mas Xavier logo descobre que Perigo é a responsável por eles vivenciarem esses cenários retirados da memória da Vampira. Tenho que confessar que me surpreendi quando Xavier finalmente decifrou o que Perigo realmente. Mais do uma máquina shiar que projeta cenários holográficos sólidos, é uma mutante, a primeira máquina mutante! Admitam, isso é algo bizarro…

Na quinta e última parte do arco, Xavier descobre tudo sobre Perigo, percebendo suas motivações e frustrações. É meio bizarro pensar que Perigo é uma máquina mutante, mas não deixa de ser original, o fato me lembrou a surpresa que tive quando descobri que Warlock era um ser tecnorgânico. Xavier aciona os protocolos de segurança de Perigo e neutraliza a sua ameaça. Agora, a máquina mutante não representa perigo (tá, eu sei que o trocadilho foi infame!)para os X-Men, e de quebra descobre como funciona o poder de Vampira de absorver mentes e personalidades. Xavier agora acredita que pode finalmente ajudar Vampira a evoluir e controlar seus poderes, o que é uma coisa que eu sempre quis ver. Já pensou,  Vampira lutando de maneira similar ao Mímico? E no final, Vampira e Gambit se reconciliam, com direito a um beijo apaixonado ao entardecer do dia.

UMA SALADA MISTA
Continuando a leitura da edição, temos 4 histórias curtíssimas estreladas respectivamente por Faísca & Miragem, Fusão, Karma, e Graymalkin. Tirando esta última, as demais histórias são bem dispensáveis, mas essa valeu, fiquei espantado com a ousada origem de Graymalkin, revelando que ele foi enterrado vivo por seu pai quando descobriu que ele era gay, e tudo indica que o fato de ficar soterrado dele despertou os poderes mutantes de Graymalkin, que ficou duzentos anos enterrado na terra, até um combate entre os X-Men e os Sentinelas revirasse o solo e trouxesse Graymalkin de volta a superfície. Essa origem explodiu cabeças mesmo, e combina perfeitamente os os rumos que os x-Men tomaram nos últimos anos, abraçando os mutantes como um povo que guarda muitas semelhanças com os humanos normais, percebendo que a discriminação por ser mutante é só a ponta do iceberg.

QUEM DIABOS É CIFRA?
Só lendo para saber. Cifra era o codinome de Doug Ramsey desde a época dos Novos Mutantes, mas para minha surpresa esse codinome em questão se refere a uma mutante desconhecida, embora muito ativa. Ninguém a via ou mesmo sentia sua presença. Somente Ciclope sabia dela, que participava de missões e tudo o mais, e justamente em uma missão ela é descoberta. Galerinha dos Jovens X-Men ficam furiosos com isso, Ciclope oficializa Cifra como membro do grupo, mas ela não vai ser aceita assim tão fácil. Essa idéia de alguém estar acompanhando os mutantes sem que eles soubessem foi genial, é algo bem explorado nessa história, e parece que os segredos de Cifra não vão parar por aí. No decorrer da trama voltamos ao drama da Pó, que está vivendo seus últimos dias de vida. Ela parecia estar resignada com seu destino, mas Donald Pierce e sua lábia mexeram com ela, ele a incita a libertá-lo, o que seria uma traição para com os X-Men. Pó é uma intrigante figura, quem imaginaria até alguns anos atrás ver uma mutante muçulmana trajando uma burca adaptada? Por isso os X-Men e os demais grupos similares são tão interessantes, seus personagens conseguem ser tão diferentes quanto seus poderes.Fico imaginando, que tipo de mutantes os criadores irão conceber daqui a 10, 30 anos?

FINAL DOS TEMPOS
Fechando X-Men 100, temos uma história que apresenta um tema que arrepia os fãs dos mutantes: FUTURO. Esse tema nos deu histórias marcantes como Dias de um Futuro Esquecido e Dias do Futuro do Presente. FINAL DOS TEMPOS é uma história futurista que apresenta a última equipe de X-Men formada por Wolverine, Graymalkin, Anole e Coração de Diamante. Heih? Não sabe quem é esse último personagem? Simplesmente é Emma Frost, a adorável e sexy Rainha Branca. Bem, a trama é meio confusa de se ler na primeira lida, pois é intercalada com DAS CINZAS ÀS CINZAS, que se passa nos tempos atuais. Mas basicamente, FINAL DOS TEMPOS acontece em virtude dos fatos que ocorrem em DAS CINZAS ÀS CINZAS, onde Pó liberta Pierce, mas se arrepende. Os X-Men chegam enquanto Pó tenta conter o vilão, mas ela acaba morrendo em meio a luta. Tatuado tenta salvá-la, usando a atatuagem da Força Fênix para reviver Pó. Ele consegue, mas o efeito nela é devastador, pois no futuro ela é consumida e corrompida pela Força, e termina matando todos os mutantes do mundo. Será que os eventos trágicos que vimos vão mesmo acontecer? Provavelmente não, é só uma maneira de instigar os leitores de Jovens X-Men. Acho que a Marvel tem que policiar mais seus autores, essa história é um divertido passatempo de futurologia alternativa, mas eu não gostaria de ver esse tema novamente sofrer abusos com frequência no futuro…

Créditos das imagens das páginas desta edição à Panini que gentilmente a cede em seu forum oficial.

Isso também pode lhe interessar

Mauri Link

Um gamer inveterado desde a primeira geração de consoles, aficcionado por histórias em quadrinhos, nerd de carteirinha, e super-herói nas horas vagas!
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.