Lendo

Clássicos da Literatura Disney Vol. 12 já nas bancas! [20.000 Léguas Submarinas]

Este é, na minha opinião, o volume mais polêmico da coleção Clássicos da Literatura Disney. O motivo é a decisão da Editora Abril de publicar neste volume uma história que nada tem a ver com os padrões da coleção ou até mesmo do mercado de quadrinhos Disney no Brasil atual. Neste volume está a quadrinização oficial do filme, de 1954, 20.000 Léguas Submarinas.

HQ produzida em 1955. Não há qualquer personagem, pato ou rato, nesta HQ. É o que podemos chamar de histórias com humanos. Totalmente fora do que ocorre com os quadrinhos da Disney da atualidade e até mesmo totalmente diferente de tudo que já havia sido publicado na coleção até agora. (Veja aqui duas páginas da HQ)

Sendo sincero, se em pleno ano de 2010 provavelmente me recusaria a assistir um filme de 1954 sobre o tema (puro preconceito meu, não estou dizendo que o filme é ruim), imagine ler a quadrinização oficial do mesmo. Horrível decisão editorial da Abril. O traço é terrívelmente feio, parece quadrinhos de traço sujo, sabem? Mal feito e mal finalizado. A colorização digital então é uma tremenda vergonha, com barcos “laranjas”, fundo de cenário amarelos e vermelhos, típica colorização mal trabalhada, que combina com histórias do Donald e Mickey, mas uma quadrinização oficial de um filme, precisa ter cores mais “reais”, sombrias e levar mais a sério cores texturizadas e sombras. Vide qualquer quadrinho da Marvel ou da DC de hoje em dia.

Dá vontade de pegar as 30 páginas que essa história ocupa o volume, rasgar e jogar no lixo. Fiquei realmente desapontado com isso. Há tanta coisa melhor que poderia ser publicado no lugar. Até entendo o apelo nostálgico para a publicação de uma história assim, mas não dá, eu não surporto as tais histórias com humanos e até mesmo esse péssimo colorido que deram para ela. Na década de 80 era muito comum estas histórias com humanos aparecerem de vez em quando na Almanaque Disney. Nunca as lia, pois as achava chatas e mal desenhadas. Passado tantos anos, continuo com a mesma opinião.

Enfim, para não dizer que o volume é uma completa perda de tempo, pois não é, felizmente a Editora Abril publicou outras histórias e aí sim, com os personagens que estamos acostumados. Mickey e Pateta desvandam o mistério do Náutilus muma aventura de 55 páginas (excelente por sinal, tenho ela na versão que saiu na década de 90), depois tem uma aventura com 37 páginas com o Donald e Tio Patinhas. Ambas com a temática da literária do volume.

Para tapar o buraco de páginas da edição há ainda duas histórias curtinhas, uma de 7 páginas e outra de 9 páginas, com o Superpateta e com o Peninha em sua faceta de “Pena Submarino”. Nada contra estas histórias, que são republicações, assim como todas as outras que compõem o volume, mas elas não tem nenhum apelo literário na minha opinião. Seriam ótimas em revistas como as edições extras e de férias ou Disney Big, mas dentro da coleção de luxo, me parecem um pouco desfocada da proposta da mesma.

Enfim, depois que eu terminar de ler o volume, retorno aqui para comentar em detalhes sobre cada história.

Próxima Semana: A Divina Comédia!

[nggallery id=205]

Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.