Jogando

Bioshock Infinite | Irracional Games revela o seu game secreto com detalhes e trailer!

Que bela surpresa! A Irrational Games manteve durante algum tempo em segredo o próximo jogo que estava desenvolvendo, mas agora revelaram não só o surpreendente jogo, como também detalhes (e um primeiro trailer). Há alguns meses tivemos Bioshock 2 em nossos consoles, repetindo quase tudo, a mesma cidade subaquática – a falhada utopia de Rapture. Agora teremos um Bioshock melhorado e situado em uma cidade aérea americana de 1912 conhecida como Columbia. Não teremos mais Rapture – hora de mudar de cenário, de experimentar novos ares, literalmente. Uma cidade flutuante é simplesmente perfeito!

No primeiro Bioshock, a Irrational Games trabalhou no jogo ao lado da 2K Australia, mas se ausentou no desenvolvimento do segundo jogo. O afastamento em Bioshock 2 faz bastante sentido agora: a Irrational estava muito ocupada com o seu Bioshock que agora foi revelado como Bioshock Infinite. O significado do termo “Infinite” não foi esclarecido, mas Ken Levine, mestre em manter os seus projetos em segredo, garantiu que o termo não foi escolhido ao acaso – ele tem um significado particular que os jogadores entenderão na hora certa. Será que “Infinite” traduz os segredos de Columbia? Não sei, mas Columbia é uma “Death Star”, uma cidade que se envolveu inesperadamente em um incidente a nível internacional, entrando em colapso e desaparecendo entre as nuvens. A cidade aérea estará dividida em distritos conectados por vias que são conhecidas como Skyline – as “estradas” que ligam distritos aéreos. Essas vias não serão fáceis de serem utilizadas, tendo uma estrutura complexa e alguns perigos. O jogo trará muitos elementos novos e muitas melhorias, segundo Levine.

História e Personagem Substancial

Toda a história ocorrerá em Columbia, uma cidade aérea que se mantém nos céus sustentada por balões e que foi construída durante uma época de ascendência dos Estados Unidos da América, retratando as conquistas e a expressão de ideias de excelência de um povo americano que vivia em um período pós guerra civil (1912, aproximadamente). Interessante, embora seja claramente patriota, dando destaque aos EUA. Mas a ideia é exatamente essa: mostrar uma cidade com patriotas desequilibrados e muito imprevisíveis. Nem todos habitantes de Columbia serão agressivos – alguns irão apenas ignorar o jogador e sentar em um banco ou ligar o rádio. Mas o jogador nunca saberá como cada um reagirá. Uma cidade patriota de prosperidade se tornou em uma cidade violente de patriotas desequilibrados.

A personagem jogável será um agente, Booker DeWitt, que mora em cima de um bar. Ele será contactado por um misterioso homem que sabe a localização de Columbia, a cidade perdida nas nuvens. DeWitt é contratado, após aceitar a missão do misterioso homem, para resgatar Elizabeth, uma mulher que foi criada em Columbia. Uma história simples, mas cheia de mistérios que poderão talvez surpreender. Não sabemos nem quem é o homem misterioso, nem quem é Elizabeth. Só sabemos que temos essa missão e que seremos recompensados por ela. A personagem possui mais impacto, está mais completa com um fundo humano.

DeWitt não será uma personagem sem personalidade, como ocorreu de certa forma nos outros Bioshocks. O agente terá sentimentos, se manifestará mais como uma pessoa e pode ser facilmente apresentado como alguém que quando tem um trabalho, o faz até o fim, desde que tenha uma recompensa. Acho que um Bioshock assim, com uma história mais interessante e personagens mais complexos até podia dar uma boa adaptação ao cinema.

Poderes e Gameplay

Alguns repórteres da Kotaku tiveram a oportunidade de jogar uma demo de Bioshock Infinite e já conhecem alguns poderes. Serão ainda poderes concentrados nas mãos do jogador, mas terão algumas particularidade distintas. Um dos poderes que mais gostei foi o da nuvem de corvos – completamente contextualizado com o ambiente de jogo. Inicialmente, temos que matar um patriota que controla corvos. Assim, obtemos uma garrafa escrita “Crows” (algo assim) e adquirimos o poder após beber o conteúdo no interior da garrafa. Não foi mencionado nada sobre Little Sisters, ou pelo menos não encontrei nenhuma informação sobre isso. Aliás, Levine deixou claro que esse Bioshock não terá ligação com os outros dois já lançados. Definitivamente, não! O jogo parece ser bem mais interessante.

Outro poder adquirido é algo parecido com a telekinesis. Na demo, há uma parte que mostra o jogador retirando a arma de um patriota sem lhe tocar, fazendo ela flutuar e mirar na cabeça do patriota e por fim disparar. Em alguns momentos, teremos também a ajuda de Elizabeth que possui poderes formidáveis, como por exemplo a capacidade de formar orbes e Storm Clouds.

O gameplay do jogo promete ser mais intenso, tendo mais perigo, patriotas com comportamentos muito imprevisíveis e novidades que só acrescentam qualidades. Mas ainda é cedo para termos certeza que terá tanta perfeição. Mas o jogo me deixou empolgado.

Bioshock Infinite

A informação divulgada está resumida, então só falta o trailer. Logo no início, há um truque que todos irão perceber se já leram tudo aquilo que escrevi acima. Parece estarmos dentro do mar, nos arredores de Rapture, mas não é bem isso. Columbia, uma cidade do século XIX, está visualmente tão bem trabalhada, tão interessante que a vontade de explorar é ainda maior. Imaginei se poderemos voar no jogo – seria uma boa experiência. E o “robô” que nos atira lembra muito um Big Daddy, só que possui um órgão (coração, à princípio).

Esse primeiro trailer é apenas uma pequena demonstração de um jogo que esteve lacrado e mantido em segredo durante três anos, mas que agora já está previsto para ser lançado em 2012 para PC, PS3 e X360. Teremos outro Bioshock com uma passado, uma ideologia e uma história completamente novos. Quanto ao multiplayer, Levine não deixou claro se terá, mas disse que o jogo teria se a Irrational encontrasse um modo multiplayer especial. Espero que tenham encontrado ou que encontrem até finalizarem o desenvolvimento de Infinite. Quero ser surpreendido.

Resta apenas esperarmos por 2012 para jogar mais um Bioshock com uma história muito mais profunda e complexa, personagens mais substanciais e patriotas enfurecidos derivados da ascendência e do patriotismo da sociedade americana do século XIX após uma guerra civil. Os mistérios de Columbia devem ser revelados no jogo, talvez por Elizabeth, não há como saber, só imaginar. Arrisco dizer que o termo “Infinite” deve ser uma das maiores pista por enquanto, afinal ele tem significado.

[Via Kotaku]

Isso também pode lhe interessar

Araphawake

Gamer de nascença, entusiasta do YouTube, cinéfilo e sobrevivente de The Walking Dead. Adoro livros e penso demais nas coisas. Na vida pessoal sou extremamente nostálgico e exagerado. Quem não me compreende ou conhece pode achar que sou antipático.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.