Assistindo

O mundo do balé fica BEM mais interessante em Black Swan! [Cinema]

Black Swan

Darren Aronofsky é um desses diretores excelentes, que faz filmes ótimos mas que ainda não conseguiu cair na graça do grande público. Não que isso seja ruim, mas é uma pena que seus trabalhos não tenham o público que merecem ter. Ele geralmente faz filmes bem complexos, com tramas elaboradas e discutindo temas polêmicos. O seu filme de estréia, π (Pi), foi filmado todo em preto e branco e trata de temas como a depressão, o mundo corporativo e a religião. Depois ele fez um dos meus filmes favoritos, Réquiem Para Um Sonho e retratou, de maneira brutal, o vício das drogas. Em seguida veio o incompreendido Fonte da Vida, com Hugh “Wolverine” Jackman em um jornada fantástica de perda e redenção. E quase caiu na graça do público com O Lutador, um dos seus filmes mais comerciais. E agora ele ressurge com mais um filme que promete ser fantástico: Black Swan.

A história gira em torno de uma compania de balé em Nova Iorque que está preparando uma apresentação do clássico O Lago Dos Cisnes. O diretor da peça Thomas Leroy (interpretado por Vincent Cassel) decide substituir sua bailarina principal (vivida por Winona Ryder) e escala Nina (Natalie Portman) para o papel principal da peça. Mas eis que surge uma nova bailarina, Lily (Mila Kunis), que atrai a atenção do diretor. O papel principal da peça exige uma dançarina que tenha a elegância e a inocência do Cisne Branco, característica de Nina, mas ao mesmo tempo que tenha a sensualidade e a malícia do Cisne Negro, característica de Lily. O único problema é que Nina não sabe se Lily é real ou apenas um produto da sua mente perturbada.

Black Swan possui a mesma fotografia granulada dos filmes anteriores do diretor, mas ainda assim tem um potencial fantástico! O filme irá abrir o Festival de Veneza e faz parte dos filmes que serão exibidos durante o Festival de Toronto. A previsão de estréia dele lá fora é em Dezembro, por aqui eu ficarei muito feliz se der as caras nos cinemas mas tenho quase certeza que terei que me contentar com um lançamento apenas em dvd/blu-ray.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Theo Medeiros

Cinéfilo, gamer, adorador de música e entusiasta tecnológico. Acha que Nescau é melhor que Toddy e que bacon é a oitava maravilha do mundo.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios