Jogando

Versus XIII, O Aguardado: trailer de sete minutos e diversos detalhes! [PS3] [1 de 3]

Janeiro 27, dia do anúncio do PSP2. Opa, post errado. Janeiro 27, dia dos trailers de Versus e Type-0. Rá, agora sim! Era o que eu mais tava esperando mesmo, tanto que acordei mais cedo só pra vir aqui postar, já que à tarde não estarei em casa. Versus XIII é “O Aguardado”, afinal, oito anos em desenvolvimento só perdem para Duke Nukem Forever (14), e parece que finalmente o jogo começa a ficar palpável agora. Famitsu e Dengeki revelaram, essa semana, detalhes a rodo sobre a aventura de Noctis em formato de entrevista com Tetsuya Nomura, diretor e designer do jogo.

Depois do continue vocês conferem o trailer de quase sete minutos, que talvez já tenham visto quando brevemente vazou semana passada, mas que agora está em full-HD, e todas as novidades a respeito do game. Vou tentar manter o post o mais objetivo possível, com mais informações e menos opinião, já que mesmo assim ficará grandão, e aí mantenho meus comentários para a conclusão ou para falar do trailer. Boa leitura!

1º – Noctis tem alto rendimento físico, mas, além disso, possui um poder secreto portado apenas pela família real. Ao usá-lo, seus olhos mudam de azuis para vermelhos e inúmeras espadas aparecem em seu redor, as quais ele controla livremente. Também ganha a habilidade de se teletransportar de um ponto a outro instantaneamente (pensem em Dragon Ball). Sua frase é “Tolos ditaram as regras neste mundo. Apenas dê uma olhada em volta. É inegável.”, e há uma para a Lightning de XIII-2 e para o principal de Type-0 também.

2º – O sistema de batalha é baseado em partys, que consistem de até três personagens (apesar do número pequeno, os outros também participarão das conversas nas batalhas, mesmo estando fora da party). Similar a XIII, no início do jogo ela será montada automaticamente à medida que eles entram e saem, e mais pra frente o jogador assumirá controle sobre isso. Há outros personagens principais além dos quatro mostrados no trailer, mas Nomura diz que o elenco do jogo não será particularmente grande.

Cada um possui diferentes tipos de ataque. Todos podem usar magia, por exemplo, mas seus efeitos diferem de um pro outro. A magia de Noctis emerge de suas armas, enquanto que a do personagem de óculos aparece como fogo a seu redor. Noctis é o único capaz de equipar todos os tipos de arma do jogo; os outros têm especialidades. O loiro do trailer chama atenção por se focar em armas de fogo, e enquanto o jogador o controlar, poderá mudar para uma visão em terceria pessoa específica para mirar nos pontos fracos dos inimigos, prédios e outros objetos. Todos os outros podem usar armas de fogo também, mas só ele possui essa habilidade.

O de óculos é bom para ataques de assistência, e atira facas nos inimigos. O com a cicatriz no rosto tem estilo lutador e empunha pile bunkers ou espadas largas. Algumas armas presentes no jogo são espadas, machados, lanças, pistolas, metralhadoras, rifles, bazukas e espingardas.

Há diferentes atributos de dano dependendo do posicionamento dos personagens e não há ataques em grupo, e sim combos entre eles. Ou seja, seu combo continuará ativo quando mudar o personagem controlado, podendo fazer uso disso estrategicamente. É possível reviver personagens, menos Noctis que, se morrer, é Game Over. A dificuldade está mais para o lado “difícil”.

A tela de batalha ainda não é final, ou seja, sofrerá ajustes de interface, mas por enquanto mostra os comandos Magic, Item, Summon e EX-ARTS, e Nomura atenta para os pequenos retratos dos personagens mostrados no canto inferior direito da tela no trailer. Estes têm a ver com seus sentimentos e com o que estão fazendo no momento.

Além de armas e magia, o jogador poderá controlar veículos estilo mecha. Estes são roubados ao matarmos o piloto, e também é possível roubar tanques, além de dirigir carros, airships e chocobos. Quanto aos roubos, aparentemente por questão de princípios de Noctis e dos outros, eles só o fazem contra veículos do exército, não roubando carros de pessoas comuns.

3º – Fora de batalha, o jogador deverá ficar atento aos eventos em tempo real. Ao caminhar por aí, nos veremos sob ataque surpresa ou alguma coisa pode acontecer, como quando Noctis chega a uma ponte de pedestres e um behemoth aparece para atacar. Outro exemplo é um avião colidindo com o chão. De acordo com Nomura, implementar esse tipo de evento em tempo real, cuja transição para o gameplay é quase imperceptível, leva muito tempo em termos de desenvolvimento. No trailer há várias situações como essa.

As áreas fora de cidades mostradas no trailer são do mapa do jogo. Nelas, há passagem de tempo de manhã, tarde, noite e transições.

4º – Nomura revelou, além dos aspectos de gameplay, mais alguns detalhes sobre história e personagens. Evitou, porém, se referir a eles pelo nome, à exceção de Noctis e Stella, obviamente (mas eu tenho certeza que o Noctis chama o de óculos de “Ignis” no trailer). O loiro é um amigo recente do príncipe, enquanto que os outros três são seus amigos de infância. Noctis é da realeza, e seus amigos o seguem. Apesar disso, há uma relação de amizade além da obediência, então não são reservados em sua presença. No trailer isso é visível pelo tom das vozes, e, num momento, é dito a ele “Você não é tão forte quanto pensa.”, sendo que mais de uma vez o príncipe tinha dito algo como “Vejam a minha força!” ou “Não tem problema, derrotarei a todos!”.

Desmistificando rumores e mal entendidos, Nomura disse que a mulher de armadura que aparece no final do trailer não é Stella, e brincou que “nunca a mostraria dessa forma. É, pelo contrário, uma dragoon inimiga. E falando nisso, é dito que apesar do cenário realista, existem dragoons (cavaleiros de dragões) e summoners no jogo, e os personagens não terão profissões.

Outro ponto esclarecido foi a respeito da fala do homem sentado num trono no trailer, que é o atual rei e pai de Noctis, “Infelizmente, você não pode se tornar rei. Não darei o trono a ninguém. Meu nome ficará na história como o do último rei.”, que se imaginou ser direcionada ao príncipe, mas que Nomura disse ter sido dita a outra pessoa. Ele também revelou que a cena inicial do trailer, com alguém chamando “Prince Noctis, prince Noctis, prince Noctis!” é do começo do jogo.

5º – Fechando a entrevista e perguntado sobre uma janela de lançamento, Nomura respondeu que como o foco é na qualidade, não tem certeza de quando vai ser lançado. Considerando que Dissidia [duodecim] 012 Final Fantasy, Final Fantasy Type-0 e Final Fantasy XIII-2 sairão todos esse ano, ele brinca que “devíamos esquecer de Versus por enquanto”. O jogo ainda vai levar um tempo, explicou, já que estão tentando fazer algumas coisas incríveis. Isso ele disse esperar que os jogadores tenham entendido pelo trailer, o qual vocês conferem logo abaixo.

Bom, comentários by Dakini seriam: Noctis cada vez mais Sasuke, antes era só o cabelo, mas agora tem até sharingam (Kishimoto, direitos autorais!!); eu queria que a mulher de armadura fosse a Stella, já cansei de heroínas sendo healers ou alguma outra classe que use cajados quando não têm o papel principal (e a dragoon causou uma baita impressão também); até entendo o que o Nomura disse sobre esse ano já tar cheio de Final Fantasys, mas caramba, se não lançar nem no ano que vem, chegará a 10 anos de desenvolvimento! Tá na hora da gente poder comprá-lo, sim.

Sobre o trailer, bom, as CGs são “gráficos, nessa geração, não serão melhores que isso”, mas o que chama atenção mesmo é o gameplay extremamente voltado pra ação. Não reconheci nenhuma espécie de menu com ataques, então imagino que seja tudo ligado aos botões, como um action RPG mesmo. É uma pena boa parte do trailer não estar dublada, mas deu pra aproveitar mesmo assim. E espero DE CORAÇÃO que o inimigo principal não seja aquele velhinho de cabelo branco que tá “rendendo” o pai do Noctis perto do final ali. Barthandelus foi o ó como vilão de XIII.

[Via andriasang 1, 2 e 3]

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Dakini

Viciada em RPGs, sejam eles Final Fantasy e Tales of ou Mass Effect e The Elder Scrolls! Fã incondicional de animês e mangás, e ousem criticar meus favoritos sem bons argumentos! Fora isso, podem me chamar de “a dama dos wallpapers”, hahaha.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios