Link vs Ghirahim | Skyward Sword tem um vilão perturbador!

Dentre os vídeos de gameplay que andam pipocando pela internet, um chama atenção por mostrar a personalidade e poder do vilão (ao menos até que o Ganondorf apareça, heh) de Skyward Sword, Ghirahim. O design a gente já conhecia pelos outros trailers, mas vê-lo interagindo com Link me deixou com uma sensação ótima de personagem bem construído! Expressões (as do Link também) muito bem feitas, trazendo um pouco desse lado Wind Waker da série, e o jeito como se move, aquela língua maluca… fora a roupa/cabelo excêntricos, bem estilo Kefka de Final Fantasy VI ou Hisoka de Hunter x Hunter. Gostei mesmo. Depois do continue, análise do vídeo abaixo, mais detalhes e mais gameplay!

A luta se passa depois dos eventos que vemos no trailer (dã), e pelo que Ghirahim fala, foi a mando dele que aquela coisa engoliu a princesa. Na verdade, ele fala sempre em “nós” e não em “eu”, hum. Se descreve como “o demônio que preside essa terra que vocês desprezam… a superfície”, e segue dizendo que a Zelda já deveria ser deles, não fosse “aquele(a) asqueroso(a) servo(a) da deusa ter sumido com ela” (Sheikah?!). Se descontrola ao lembrar e começa a luta, mas não sem antes chegar por trás do Link numa cena muito esquisita, sacudindo a língua daquele jeito. BIZARRO, me lembrou o Orochimaru de Naruto. Link se afasta prontamente, ofegante. Vejam como está mil vezes mais expressivo que em Twilight Princess!!! Isso sim é uma vitória!

A luta em si me deixou babando pra jogar, esse esquema de ter que prestar atenção em como e quando cortar com o Wiimote tá muito bacana, o tipo de coisa que, como o TMT diz, o Wii deveria ter feito desde o início, mas que só agora, com o Motion Plus, foi possível. Mas isso não importa muito agora, só sei que gostei!! Bom, ao se despedir, Ghirahim menciona a espada de Link, dizendo que só se salvou por causa dela, e isso me lembra das comparações que fazem entre o design do vilão e a Gilded Sword de Majora’s Mask, semelhante a quando comparam Phi (aquela personagem azul, e também o espírito que vive dentro da espada de Link) com a Master Sword, embora já saibamos que ela não a é, já que o enredo de Skyward Sword em si é sobre a criação da Master. Interessante.

Bom, e é isso nesse vídeo. Parece que teremos mais um ótima história na série Zelda, e espero que Skyward Sword se destaque! Pra aproveitar o post, deixo aqui também outro vídeo de gameplay, este mais do início do jogo, mas o bacana mesmo é o que o representante da Nintendo fica explicando enquanto o cara joga. Esse gameplay no céu, por exemplo, estará disponível durante todo o jogo, pois mesmo depois de irmos para a superfície, haverá estátuas de pássaros espalhadas pelo mundo, e com elas poderemos voltar a essa vila no céu, que é, segundo o representante, a principal cidade, onde iremos para comprar potions e esse tipo de coisa. Novidade pra mim! Ele fala também sobre como esse “mar de nuvens” o lembra de Wind Waker, no sentido de que há várias ilhas flutuantes que podemos explorar à vontade, bastando descer do pássaro, semelhante ao gameplay com o King of Red Lions. Voltar pro mundo abaixo é ainda mais fácil, já que podemos simplesmente pular pra lá.

Foi falado também sobre o clássico sistema de dungeons, mas dizendo que, nesse jogo, até os segmentos entre dungeons vão parecer dungeons. Como se o mundo fosse mais integrado, mais perto de uma coisa só, o que muita gente pediu depois da extrema separação de coisas vista em Twilight Princess (eu amo esse jogo, gente, não me incluo no grupo de quem fica reclamando). Isso me lembra também uma coisa mostrada na mesa redonda da Nintendo ontem à noite, em que Miyamoto demonstrou o jogo e, em um dos momentos, Link estava no “Siren World”, uma realidade alternativa dos ambientes do jogo (A Link to the Past, hein?). Para sair desse mundo, Link precisa pegar uma série de itens, tarefa meio difícil já que estará sempre desarmado, pois precisa usar a espada para ganhar acesso a essa dimensão.

Bom, acho que era isso. Skyward Sword já era compra obrigatória desde a demonstração bugada na E3 do ano passado, então imaginem o nível de hype pra colocar minhas mãos nele agora que falta tão pouco! Ok, meio ano não é tão pouco assim, mas com tanta coisa saindo em 2012, ter um jogo de peso da Nintendo no Natal vai ser ótimo. Até lá, será que já terei comprado e terminado El Shaddai (julho), ICO (setembro), Shadow of the Colossus (setembro) e Uncharted 3 (novembro)? Duvido muito, mas Zelda SS vai ser prioridade absoluta. Até porque Final Fantasy XIII-2 só deve sair lá por fevereiro/março, né, então tá tudo bem. E vocês, empolgados?

Isso também pode lhe interessar

14 Comentários

  1. Eu não gostei muito desse visual da Zelda, mas dá pra passar… Na artwork está legal, in-game não gostei tanto… Pena que eu não tenho um Wii, mas quem sabe até lá… huuum, veremos…

    Obs: Já perceberam como quero todos videogames né… é porque cada um tem seus méritos, dá vontade de jogar tudo e todos… rsrsrsrsrs…

  2. Não preciso nem dizer que vou comprar né? Vou terminar no Wii e depois terminá-lo muitas vezes no Wii U!!!

    Visual soberbo, trama misteriosa, trilha sonora orquestrada e o gameplay único e refinado de Zelda. IMBATÍVEL.

  3. Não preciso nem dizer que vou comprar né? Vou terminar no Wii e depois terminá-lo muitas vezes no Wii U!!!

    Visual soberbo, trama misteriosa, trilha sonora orquestrada e o gameplay único e refinado de Zelda. IMBATÍVEL.

  4. Não preciso nem dizer que vou comprar né? Vou terminar no Wii e depois terminá-lo muitas vezes no Wii U!!!

    Visual soberbo, trama misteriosa, trilha sonora orquestrada e o gameplay único e refinado de Zelda. IMBATÍVEL.

  5. A linguinha foi muito foda hahaha!!
    E ele segurando a espada!! Uoo! Finalmente vai ter luta de verdade em Zelda!
    E do jeito que ele fala deve ter uma ordem de demônios ou sei lá. Ganondorf não pode faltar!!
    E pra mim foi óbvio que o tal servo dos deuses é a menina espada.

  6. Zelda é compra certa, tenho certeza que, assim como todos os outros da franquia, será É P I C O!!!

    achei massa esses passaros importados do Mário Galaxy e apesar de não ter gostado muito no começo to me acostumando já com esse novo visual da Zelda
    E sim, achei bem bacana esse vilão, cheio de personalidade, chega a ser uma coisa meio teatral, bem legal mesmo =)
    Pena que ainda tem um bom tempo pra esperar, mas como disse a Dakini, terá muita coisa pra ocupar meu tempo até lá :p

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.