Pelas correntes de andrômeda e as cinzas da ave fênix! São Ikki e Shun em Saint Seiya Senki! [PS3]

Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão e Hyoga de Cisne, da última vez que conversamos sobre o melhor ou talvez o pior game de Saint Seiya já feito, a Namco Bandai resolveu mostrar do que a primeira leva de cavaleiros de bronze era capaz. Agora temos mais gameplay, desta vez com Shun e Ikki derrubando mais uma dúzia de capachos do santuário. Gostei do cenário apresentado na luta do Ikki, chegou a me dar vontade de que essas paisagens também fossem destrutivas ou que ao menos houvesse uma maior interação com o personagem, como poder subir em cima de um rochedo e tal. Provavelmente esse local deve retratar o momento em que Ikki sai do seu sono profundo naquelas montanhas e parte em direção ao santuário. A movimentação do personagem também ficou de bom tamanho pra mim e representou bem a força e a imponência da cavaleiro de Fênix na minha opinião.

Já o Shun eu não curti tanto, talvez por já ter me maravilhado com os golpes multi saltitantes do Seiya, o cavaleiro de andrômeda vai cair no gosto mesmo é daqueles que curtirem massacrar o inimigo a distância, embora algumas confusões possam ocorrer no meio da porradaria como você bem confere nos vídeos abaixo. Saint Seiya Senki ou Sanctuary Battle segue ainda sem uma data definida para seu lançamento aqui no ocidente. No Japão ele chega até o final do ano, e no próximo vídeo espero ver cenas mais animadoras das lutas contra os cavaleiros de ouro, sétimo sentido e todos esses bichos que a gente já conhece.

Isso também pode lhe interessar

9 Comentários

  1. Eu sinceramente gostei da jogabilidade com Shun… tem uns golpes bacanas…   me fez lembrar uns sonzinhos do Sega… e o jeito que inimigo some piscando! haahahah  bate no inimigo… ele cai e pisca e some! kakaka  Será que vai ser tão bom assim esse jogo? Poderia ser algo mais real… lutas que as armaduras poderiam se quebrar e talz…  

  2. Achei tudo genérico demais: cenários, gameplay, inimigos… Se saisse pro XBox 360, piratão, eu até pegaria, mais por gostar da série, mas jamais pagaria um jogo original desses… Acho que a pior saga pra fazer um hack n slash de CDZ é essa do Santuário que é foda no anime, mas não varia cenários, nem inimigos…

    Acho que o interessante seria se pegasse do inicio do mangá/anime e fosse até o fim do Santuário, para assim poder ter variedade de cenários e inimigos… Se esse jogo for algo acima de nota 7 já pode comemorar, não passa de mediocre nunca…

    PS: Gostei da jogabilidade do Shun, a mais diferente e menos repetitiva…
    PS2: Os golpes em slow motion ficaram cafonas…

    1. “Se saisse pro XBox 360, piratão, eu até pegaria, mais por gostar da série, mas jamais pagaria um jogo original desses” [2]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.