Lendo

Prévia: Pateta e Minnie #3! Novas revistas começam a diversificar o mix de histórias!

A terceira rodada das novas mensais da linha Disney, Pateta e Minnie, passam a partir deste mês de agosto a terem HQs mais diversificadas, mais eletrizantes e diferentes do habitual. As duas primeiras edições foram criticadas bastante pelos fãs, que esperavam mais HQs longas e emocionantes e menos histórias de cotidiano curtinhas, críticas feita em especial para a mensal do Pateta, que tem uma rico acervo de personagens e HQs diferentes para serem apresentadas ao público brasileiro. Outro ponto muito criticado nos meses anteriores foi em relação as capas, sem qualquer atrativo. Este mês as capas estão mais bonitas, com chamada para a HQ principal de cada título, capas feitas especialmente para a versão nacional! Com tudo isso pode-se concluir que a Editora Abril está escutando os fãs e atentendo as sugestões para melhorar tais títulos, que ainda precisam de apoio e suporte dos leitores para que sobreviva por muitas edições nas bancas. Na minha opinião o que falta de verdade é a inclusão delas no pacote de assinatura Disney, já vejo algumas pessoas pedindo isso lá no forum do Projeto Inducks.

Quanto à seleção de histórias este mês, já corri neste final de semana e li ambas as revistas para poder opinar com clareza sobre elas. Pateta #3 está divertidaça, a história “Pateta Rei” não é nenhuma obra prima, mas é bem diferente do que estava sendo publicado nas edições anteriores e traz um tema que anda na cabeça dos jovens hoje em dia: dimensões paralelas. Tirando uns furos aqui e ali (a capa da entender uma coisa que não condiz com a trama principal, incluindo o título da história), a HQ prende o leitor do começo ao fim, ainda mais vendo Mickey e Pateta numa dimensão onde suas contra-partes são os vilões da história! Após isso, a edição volta a apostar na comédia. A HQ com Horácio é pequena mas eficiente. Ver o personagem com o Pateta, fazendo bagunça e tirando conclusões precipitadas, um sendo levado pelo outro ficou o maior barato. Mas a grande estrela da edição é a última história, sobre esculturas de macarrão. Vale a pena mencionar que ela tem os desenhos de um brasileiro, Euclides K. Miyaura, que atualmente trabalha para os estúdios da Disney Dinamarca. Note a quantidade de personagens em formato de macarrão que fazem referências as animações clássicas da Disney! Além disso é uma daquelas histórias bem argumentadas, mérito de um belo roteiro, onde o leitor não consegue acompanhar o raciocínio apatetado do Pateta. O final da história me fez rir, tanto com a lógica do Pateta quanto com o Horácio tentando desligar a invenção do Pateta.

Minnie #3 também não faz feio este mês, ainda que suas edições anteriores não tenham tido tantas críticas quanto Pateta teve.  Este mês a atração fica por conta de uma HQ grande, com 37 páginas, “Mais Frio Que o Gelo“, que também brinca um pouco com ficção científica, ao mostrar Mickey sendo afetado por um vírus alienígena vindo de um meteoro que cai próximo ao personagem. Alias é notável como o Mickey age meio diferente nas HQs com a Minnie, sempre um bom namorado, porém as vezes mais extrovertido do que quando está em suas HQs de crime com o Pateta. Nesta história de capa, ele não se preocupa muito com certas consequências, como entrar numa área proibida ou que os poderes que ele adquiriu podem trazer alguns infortúnios. Uma ótima aventura e reparem que a quadrinização dela também é mais especial do que padrão. Quadros grandes, com outros quadros menores dentro dos maiores,  focando em expressões e anglos abertos. É uma HQ muito bem desenhada. A última história não é lá grande coisa em termos de roteiro. Achei ela meio bobinha, mas é curioso o quanto ela instiga o leitor e ficar olhando para os desenhos ao fundo, que vão mostrando as bizarrices das atrações do parque de diversões.  Minnie este mês optou por uma edição mais voltada para a ação do que a reflexão e relacionamento, como foi nas duas primeiras edições.  Uma mudança mais do que bem vinda. Variedade é sempre bom. A Editora Abril deve fazer isso mesmo, sempre fugir da mesmisse, existe muito conteúdo diferente Disney espalhado pelo mundo, nada mais justo do que mostrar um pouquinho de cada!

Após o continue, as prévias em imagens de cada edição!

Pateta #3 [Agosto/2011]

52 páginas – R$ 2,95 – Distribuição Nacional

  1. Pateta Rei [32 págs] [2011] [Inducks] Roteiro: Paul Halas / Desenho: Joaquín Cañizares Sanchez
  2. Falha de Comunicação [07 págs] [2008] [Inducks] Roteiro: Stefan Petrucha / Desenho: Jorge David Redo
  3. Com Quanta Massa Se Faz Uma Espaguetada [07 págs] [2009] [Inducks] Roteiro: Maya Åstrup / Desenho: Euclides K. Miyaura




Minnie #3 [Agosto/2011]

52 páginas – R$ 2,95 – Distribuição Nacional

  1. Mais Frio Que o Gelo [37 págs] [2003] [Inducks] Roteiro: Michael T. Gilbert / Desenho: Joaquín Cañizares Sanchez
  2. Parque Sem Diversão [09 págs] [2007] [Inducks] Roteiro: Sarah Kinney / Desenho: Jorge David Redo



Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.