AssistindoLendo

Batman Ano Um: o primeiro ano do resto de nossas vidas combatendo o crime! [Animação]

Pegando carona na batmania gerada pelo lançamento de Batman: Arkham City, a Warner lançou Batman: Ano Um no mesmo dia em que o jogo chegou às lojas. Inclusive no Brasil o lançamento ocorreu na mesma semana, algo raríssimo de ser visto, mas infelizmente a Warner não merece todos os aplausos pois novamente se esqueceu da versão em blu-ray e lançou no Brasil somente o DVD, assim como aconteceu com todas as suas outras animações do Universo DC que ela produziu.

Batman Ano Um foi concebida originalmente como uma história em quadrinhos lançada em quatro partes em 1987. A história foi escrita por Frank Miller e desenhada pelo David Mazzuchelli e foi publicada na revista Batman entre os números 404 e 407. Rapidamente a história se consagrou como uma das melhores entre as protagonizadas pelo Homem-Morcego, e foi reimpressa em diversas ocasiões.

Em Batman Ano Um acompanhamos o início de tudo, o desenrolar do primeiro ano de Bruce Wayne como Batman, ao mesmo tempo em que vemos o policial James Gordon começando a trabalhar na polícia de Gotham City. De fato, eu até considero que Gordon protagoniza a animação de maneira igual ao Batman, tamanho é sua exposição em cena. A polêmica origem da Mulher-Gato também é mostrada, e ela é dublada pela maravilhosa Eliza Dushku (vista na foto que abre o post).

A transposição dos quadrinhos para animação foi bem executada, respeitando a obra mesmo com os necessários ajustes. Conservou-se o clima sombrio e a narrativa densa e mais direcionada ao público adulto, pecando apenas por apresentar um um estilo visual um pouco “limpo” demais para o meu gosto. Talvez uma paleta de cores mais pastéis e acinzentadas contribuísse mais, já que o traço e a colorização original é um dos destaques da obra original.

E os fãs dos recentes filmes dirigidos por Christopher Nolan vão se extasiar vendo (ou lendo) Batman Ano Um, já que o diretor bebe diretamente da versão impressa. Inclusive é interessente ver a Selina Kyle e imaginar o quanto dela Nolan levou para sua versão que estará em O Cavaleiro das Trevas Ressurge. Sem Batman Ano Um, os filmes de Nolan não seriam tão bons.

Recomendo Batman Ano Um, tanto sua animação quanto sua versão impressa, pois mostra uma abordagem realista e mais humana da origem do Batman, para mim é essa a visão perfeita de Batman e seu universo, e que merece ser apreciada por qualquer um, então fica aqui a minha recomendação, espero que gostem de Batman Ano Um tanto quanto eu. Ah, e que bela surpresa o belo curta da Mulher-Gato ter sido incluído na versão brasileiro, parece que a Warner Brasil aprendeu a não deixar os extras legais de fora! Meowwww!!!

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Mauri Link

Um gamer inveterado desde a primeira geração de consoles, aficcionado por histórias em quadrinhos, nerd de carteirinha, e super-herói nas horas vagas!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios