10 Anos Mais Tarde: Hangouts no Google+?

Reencontros, Amigos Perdidos e Dores de Cabeça.

O porquê de ficar em casa. Postando porque curti a tirinha. Curtiram? Se quiserem ler algumas ideias levantadas, alguns pensamentos, continuem lendo. Caso contrário… continuem lendo? Brincadeira, fiquem a vontade! *Inserir Smile Face aqui*

6 de Dezembro de 2011 – Rio de Janeiro

Eu ri. Ninguém escutou, não foi um riso barulhento – domino a arte de rir e apreciar em silêncio. Porém, aparento louco quando encontro qualquer coisa cômica na internet e começo a rir sozinho – para os Outros sem motivo.

Daqui a dez anos muito pode mudar. Então é estúpido tentar acertar num estado inexistente… Ou será? Se conhecer o futuro posso mudá-lo pelo presente. Caso mude o futuro, altero o presente que era o estado inicial a partir do qual fiz a mudança. Não tendo o presente inicial, não posso conhecer o futuro ou mudá-lo.

Espera. O quê?! Melhor esquecer. Não dá para prever nem sequer o amanhã. Dane-se. A tirinha critica a substituição do contato humano por contato virtual. E não pense em besteira – as pessoas se encontram porque há particularidades que só são visíveis na presença física. Conheço gente online que não tenho a mínima noção de como realmente são. By the way, assunto meio clichê.

Quero somente dizer que após 10 anos prefereria encontrar amigos afastado do computador. Os encontros ainda fazem sentido, I guess. *Esperando no Hangout do Google+*

Achievement Unlocked – EMAIL OF RESIGNATION FROM FAT JOB

(É sempre possível que o email vá parar na pasta abandonada de SPAM… Sometimes it happens)

Isso também pode lhe interessar

3 Comentários

    1. Muitos autores de tirinhas não se importam de ver suas obras replicadas em outros sites contanto que a tradução se mantenha original. quando rola traduções, é preciso de autorização especial para o uso da tirinha ou pode rolar problemas legais. Exemplo, eu já vi muitos sites que traduzem tiras do Garfield em portugues serem obrigados a fecharem por estavem traduzindo as mesmas.

      Tem aquela coisa de que se a tradução não é oficial, legitimada pelo autor, fica aquela história de que as vezes as traduções não oficiais, as vezes tiram parte do texto original ou ideia original do criador. É complicado enfim.

      É aquela história "use, mas não modifique".

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.