Jogando

Créditos – MGS4: Guns of the Patriots

The war has changed. Após 3 anos, termino MGS4 novamente.

Sabe, fiquei emocionado quando os créditos começaram a passar, sério mesmo. O que era aquilo? Parecia uma espécie de paraíso, você perde o rumo, senta e fica assistindo em silêncio. Metal Gear Solid 4 foi épico a todos os níveis, tenho memórias sagradas desse jogo, do Snake na sua última missão e do diálogo final. A música dos créditos foi inesperada mas encaixou na medida certa com a ocasião – você tem literalmente vontade de chorar e não é qualquer crédito que te faz sentir assim, não. É uma despedida dolorosa e prazerosa.

Essa é a primeira vez que comento sobre um crédito de games fantástico e sinistro, executado com toda a perfeição e cuidado. Eles realmente queriam fazer com que MGS4 fosse inesquecível, você compreende isso desde o início da campanha, então foi justo pegar nesses créditos e sacudir a poeira. Terminei o jogo há pouco mais de três anos, mais ou menos, e até hoje o venero e deixo-o ao alcance da vista. O mundo está melhor sem snakes? Acho que podemos dizer que sim. Não imagino um fim alternativo que supere esse. Se você imagina, me conta.

Poucos desfechos me abalaram desa forma. Não entendo, como alguém poderia odiar essa saga? Alguns de vocês, se tiveram a oportunidade de a jogar até o último momento, devem ter se apaixonado. Tirando a necessidade de instalação do jogo… não existem defeitos para relatar.

E devemos ao Hideo Kojima pela genialidade porque MGS4 é um achievement da indústria, tem o espírito de uma obra de arte, tem cenas cinematográficas fortes, o jogo é um filme insano sobre liberdade na forma mais simples. Merece ser lembrado.

The war is over...

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Araphawake

Gamer de nascença, entusiasta do YouTube, cinéfilo e sobrevivente de The Walking Dead. Adoro livros e penso demais nas coisas. Na vida pessoal sou extremamente nostálgico e exagerado. Quem não me compreende ou conhece pode achar que sou antipático.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios