Miscelânea

Hakuna Matata em 2012, hein?!

“Isso é viver, é aprender…!”

Hoje acordei com essa filosofia na cabeça! Não há ninguém no mundo mais estressado que eu, normalmente. Deve ser por morar em uma cidade bem complicada de se fazer as coisas mais simples: aqui tem praia, mas não é seguro ir a praia, aqui tem coisas pra fazer, mas sempre termina em briga (como a festa de reveillon, por exemplo)….

Mas o post é simplesmente para fugir dessa perspectiva. Olhar o lado bom de que, viver por aqui, também é sinônimo de ter amigos e familiares por perto, de ter um bom clima o ano todo, de ter minha casa própria, minha tranquilidade, acima de tudo, para planejar e realizar as coisas planejadas!

Então, que esse ano vocês também assumam esse lema de viver e aprender, de deixar os problemas para lá, porque, afinal, quase sempre são coisas superficiais que você esquece em pouco tempo, mas que fez um estardalhaço daqueles na hora.

O ano com foco em ser feliz. Parece bem clichê, mas, eu explico: é fazer o que você quer fazer, saia da internet por mais tempo, não acorde direto e vá pro computador – a não ser que seja para ler um mangá que estava pendente ou algo igualmente divertido!

Freie um pouco, vá mais lentamente… porque embora o mundo esteja mandando você consumir o mais rápido possível e ter pressa em todas as ocasiões, não foi para isso que evoluimos até hoje e de que passamos por tudo o que passamos , afinal. Em milhares de anos acho que chegamos no auge de nosso estresse, de nossa agonia por “coisas” e não uma fome pela vida, de conviver, de fazer coisas boas por outras pessoas, só pelo prazer de fazer e rir depois (sem se vangloriar de que você é bonzinho, sabe?).

Então, um ano novo livre de amarras. É isso que desejo a todos vocês e o que venho construindo uma vida inteira: tentando ser parte do mundo, dos animais, da brisa amena que às vezes aparece para acalmar o dia e das pessoas, como isso tudo é parte de mim.

Feliz 2012!

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Pedro Duarte

Jornalista apaixonado por todas as coisas que existem. Deve ser isso! Não há nada de novo que não demonstre interesse imediato em conhecer: ler, assistir, escutar, experimentar. Tentando viver um pouquinho de tudo por dia e passar a experiência aos nossos leitores!
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.