Indicando quadrinhos: Scott Pilgrim!

Level Up to the Comics!

(Por Joaolmm Gon)

Tenho que começar dizendo que Scott Pilgrim é uma série para todos os gostos, tem uma linha de quadrinhos em preto em branco (dividida em 6 partes nos EUA e em 3 por aqui), perai, você não gosta de quadrinhos em preto e branco? No problema! Há também um filme em Live-Action lançado em 2010…putz, ainda com pesadelos do Live-Action de Dragon Ball? Não se preocupe, esse é bem melhor adaptado, mas se mesmo assim você não curte filmes, ainda tem um jogo de video-game para PSN e X-Box Live estilo 8/16-bit, não curte video-games também? Então você terá que abrir uma exceção e entrar de cabeça nesse mundo criado por Bryan Lee O’Malley!

Scott Pilgrim é sobre um garoto de aproximadamente 24 anos(se ler, vai entender o porque do termo “garoto” e não “homem”) de mesmo nome que vive a sua vidinha dividindo uma casa com seu amigo/colega de quarto/conselheiro Wallace (o gay mais engraçado dos quadrinhos), não tem emprego e é baixista de uma banda de garagem, Sex-Bob-OMB, do qual integram seus amigos: Kim Pine (bateria) e Stephen Stills (Guitarra/Vocal), tendo no começo apenas um fã, Neil Nordegraf.As coisas mudam quando ele começa a namorar uma menina mais nova, Knives Chau, no meio disso tudo acaba conhecendo Ramona Flowers, por quem se apaixona, mas que depois acaba descobrindo que se ele quiser namora-lá, terá de derrotar seus 7-Ex Namorados do Mal.

Sim, parece um plot meio non-sense e até duvidoso de cara, mas tudo muda no primeiro capítulo que você lê, o autor tem uma maneira de escrever que faz parecer que uma pessoa que morre e vira moedas depois (como nos games) ou um ser humano que por ter uma dieta livre de laticínios obtém poderes sobre-humanos é a coisa mais normal do mundo.Scott Pilgrim também é ótimo para fãns de mangá pois traz com maestria elementos do mangá para uma leitura ocidental, e obviamente tem várias menções e brincadeiras com a cultura pop em geral, sempre havendo uma piada com um humor irônico sério que te faz rir até (para citar um dos personagens:”O primeiro álbum é, basicamente, melhor que o primeiro álbum” ou “Se a sua vida tivesse uma cara, eu daria um soco nela!”), é surpreendente levando em conta que o autor usou de guia um livro chamado “Até um Macaco Consegue Desenhar Mangá”.

O filme é ótimo, consegue resumir bem os seis volumes, mesmo que seja um pouco diferente, vale muito a pena por conseguir aplicar a dinâmica dos games dentro de um filme Live-Action (e pelas cenas de luta serem melhores que as de Dragon Ball…eu precisava dizer isso), algo com que os Geeks sempre sonharam.Claro que tem pontos negativos, como personagens irritantes e brigas bobas mas dentro do conteúdo de tudo que engloba a série, é quase irrelevante.Scott Pilgrim é a definição do que é um relacionamento, algo complicado e confuso mas que vale a pena lutar por, é o crescimento, uma passagem da vida de adolescente para a de um adulto, uma lição que fica transmitida tanto na HQ quanto no filme e que deve ser vista, é como o cartaz do filme diz: Scott Pilgrim é um épico de épica epicidade.

Ah, e logo mais nos EUA sai a primeira edição de colecionador de Scott Pilgrim que está demais de linda, é uma boa oportunidade pra começar a ler essa saga divertidíssima (ou apenas alugue o filme na locadora mesmo e assiste no fim de semana a noite).

Isso também pode lhe interessar

15 Comentários

  1. Aquela palavra que começa com "L"!
    Scotty: Lesbian?
    Não!!!
    Scotty: …Lesbians?
    Não Scotty, é Love… Amor!
     
    ahuahauaha, tava re-lendo o volume 2 esses dias e re-vendo algumas partes do filme, é muito demais!

    1. Bom, eu assisti o filme e gostei muito, phoda.
      ate baixei a OST de tao legal q eu achei.
      Quanto ao texto acho q vc resumiu demais, dava pra colocar mais informaçao do universo scott pilgrim,
      mas gostei bastante.

      1.  @AiltonRkr Também achei isso, para registro. Faltou dar uma desenvolvida melhor. O texto em si está sumarizado muito bem, e bem escrito, faltou aprofundar-se um pouco.

  2. Tentei ler uma vez. Tava simpático até surgir o primeiro namorado e o Scott lutar.
    Não entendi nada, não sei se perdi algo ou a HQ não te prepara pra isso mas não vi noção no Scott voando e sendo fodão, não gostei.

    1.  @Red9ro Leu até o final? Diz que o Scott luta bem (o melhor lutador de Toronto) desde que namorou a Kim… 
       
      E tenho a música Black Shep, a que a Envy canta no show, inteira, tentei escutar outras deles, mas não gostei de nenhuma a ponto de deixar no pc XD

      1.  @LucasLukeSaluOkita  @Red9ro  Livefyre New comment in "#PDR Scott Pilgrim!" zoa kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk O xará, concordo contigo, e outra coisa é que não tem que se preocupar no porque o Scott é foda, mas a história da hq em si é muito hilária, cheio de referências e lesbians!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.