Jogando

Volte no tempo com essa promo de DK Country

Donkey Kong Country: Exposed

Um exemplo de fanservice da Big N!

Lembro da primeira vez que vi Donkey Kong Country rodando. Foi na casa de um amigo de um amigo meu, e de cara a primeira coisa que reparei foram nos gráficos – diferentes de tudo o que eu já tinha visto antes! Acostumados aos sprites comuns de Mario, Sonic e companhia, visitar aquele mundo pré-renderizado foi de fato uma surpresa das mais agradáveis.

E olha que eu só fui conferir DK Country anos após ele ter sido lançado. Agora imaginem o barulho que esse jogo deve ter causado antes do seu lançamento, com toda aquela expectativa de ver um jogo feito todo na base da computação gráfica. Aliás, esse foi um ponto vitorioso da Nintendo em relação à Sega na reta final da geração 16bits: enquanto o Mega Drive precisava recorrer a acessórios como o 32X e Sega CD para exibir um maior poder de processamento, o SNES conseguia rodar um jogo bonito e cheio de vida como Donkey Kong Country sem recorrer a esses add-ons dispendiosos.

Outro fator que contribuiu bastante para o sucesso do jogo, principalmente na parte de vendas, foi a massiva campanha publicitária. O quão massiva? O suficiente a ponto de DKC ser até hoje o segundo jogo mais vendido da história do Super Nintendo, com mais de nove milhões de cópias vendidas. Um injustiça das grandes, pois DK Country 2 é muito superior ao primeiro jogo e vendeu apenas pouco mais de cinco milhões de unidades. Mas como número de vendas não é sinal de qualidade, deixemos essa passar. 😛

Um promo (vídeo promocional) chamado Donkey Kong Country: Exposed foi feito como parte da campanha. Uma boa jogada da Nintendo, pois esse tipo de material, mostrando imagens dos jogos rodando, era algo bem raro naqueles tempos – os gamers dependiam das imagens estáticas das revistas. O vídeo funcionou como uma prévia do jogo e também como um brinde aos fãs da empresa, tendo sido dado de brinde a todos os assinantes da Nintendo Power da época. Eita, saudades do tempo em que as revistas tinham uma relevância tão grande… Nos tempos de hoje, com internet rápida e tudo o mais, uma atitude dessas seria impensável, as empresas querem mesmo é colocar no YouTube para que o mundo todo veja de uma vez. Não sou contra isso, mas não dá pra negar que havia um certo charme, uma certa valorização da empresa para com os fãs que hoje é cada vez mais escassa.

Mas chega de papo. Pegue seu DeLorean, coloque o vídeo abaixo para rodar e sinta-se nos anos 90 com Donkey Kong Country: Exposed!

[Imagem via DeviantArt]

 

Isso também pode lhe interessar

Pedro Ivo Maximino

Jornalista em formação. Sou gamer desde os tempos em que passava horas jogando Sonic no velho Master System de um primo. Também sempre gostei de cinema desde aquela época, embora só recentemente tenha me interessado o bastante pelo assunto a ponto de me considerar um cinéfilo. Tomei gosto pela leitura por "culpa" de Harry Potter e hoje leio de tudo. Além do Portallos, escrevo ocasionalmente em meu blog pessoal, o OverLine.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.