Assassin’s Creed Unity ainda está em busca do carisma ideal? | Novo Vídeo!

assassins creed unity art

A Ubisoft liberou hoje um novo trailer de gameplay de Assassin’s Creed Unity, que está chegando aos consoles da nova geração (quando será que se para de falar “nova geração”? quando bater o último prego do caixão 360/PS3? porque isso vai demorar ainda), com lançamento marcado para 11 de novembro.

E o trailer é aquela coisa que vem sendo mostrado desde a E3 em junho desse ano. Agora a franquia suporta multiplayer cooperativo online para até quatro jogadores e todos os vídeos parecem uma espécie de dança, com coreografia e direção de jogo. Sinto uma tremenda falta de carisma nesse novo Unity, só que talvez precise ir mais além, acho que a franquia já sofre um pouco de carisma desde o final do arco de Ezio/Desmond. Depois disso parece que o rumo da história como um todo ficou meio perdida, meio sem graça.

Unity talvez abra novos horizontes, mas não deve ser por meio desse miraculoso multiplayer de quatro jogadores, é preciso um pouco mais de contexto, de história, de personagens fortes e memoráveis. E dá para ter isso ainda em Assassin’s Creed? Sei que uma das premissas principais da história é a replicação de momentos históricos reais de uma forma meio fantasiosa ao formato do game, pois senão isso não funcionaria. Mas será que já não passou aquele momento de tentar algo diferente? Tipo um Assassin’s Creed num futuro ou era moderna?

Então, porém veja só. O vídeo abaixo foi liberado em julho pela Ubisoft, mas JURO que ele me passou completamente despercebido. Só hoje, ao pesquisar imagens para essa postagem, fui assistir esse trailer, que é feito em CGI e mostra um pedaço do que deve ser a trama principal desse novo Assassin’s Creed, introduzindo uma personagem feminina ao novo game (mas suspeito que ela não será controlável). Pra mim, esse vídeo tem muito mais carisma e é bem mais interessante e empolgante, ainda que seja apenas uma CGI, do que o vídeo divulgado hoje.

Pra quem ficou curioso, o vídeo apresenta a personagem Elise, que pertence a ordem templária, e possui papel importante no enredo da campanha de Unity, mas mais detalhes a gente só vai descobrir quando o game for lançado. Nesse meio tempo, só nos resta continuar vendo estes vídeos de multiplayer cooperativo e estas imagens aleatórias que parecem ter vindo de qualquer Assassin’s Creed, já que a semelhança entre os games é algo que nem dá para se considerar como algo positivo.

Não entenda essa postagem como uma crítica ou mimimi ao novo Assassin’s Creed Unity ou até mesmo a franquia em si. Eu ainda curto AC, mas admito que minha empolgação diminuiu bastante nos últimos anos, mesmo com todas as novas adições que a Ubisoft esforça para adicionar a franquia, ainda acredito que o estúdio desgastou demais toda aquela magia que os títulos possuíam lá no início de tudo. Não sei, pra mim é uma infelicidade isso, ter uma franquia tão grande e imponente, mas só de pensar, eu suspiro e penso “bacana, mas será que já não cansou?” e aí coloco um velho Assassin’s Creed no Xbox 360 e jogo mais um pouco. Amor e ódio, estão sempre ali, na linha de seus limites.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
More from Thiago Machuca

HQ: Dieta [Parte 05 de 15]

Opa, opa. Quase que eu me esqueço de verificar como está Garfield...
Read More