Jogando

SFV e MKX | Necalli e Tremor entram na pancadaria!

Rolou neste último final de semana a anual competição mundial de jogos de lutinhas, a Evo – Evolution Championship Series – e novamente não tive tempo (ou teria sido vontade?) de acompanhar online o campeonato. Porém todo ano rolam alguns anúncios e novidades maneiros para os games de luta.

A maior novidade para esse ano talvez tenha ficado pelo anúncio da Capcom em torno de como Street Fighter V irá funcionar quando for lançado em algum momento de 2016. A empresa reforçou novamente que nada de novas versões em disco do mesmo game. Esqueça Super Street Fighter V, Street Fighter V Arcade Edition ou Super Ultra Mega Street Fighter V Mega Arcade Edition. Não vai rolar desta vez. Ao menos é o que a Capcom está lhe dizendo neste momento para lhe convencer a comprar Street Fighter V ao invés de esperar a versão Street Fighter Turbo V. Faz sentido reforçar isso e também por tabela tirar as esperanças daqueles que esperam outras versões do game, especialmente em qualquer outra plataforma conco… cof… xb… cof…rrente.

Além disso a Capcom já oficializou que Street Fighter V será lançado com 16 personagens. Novos serão desenvolvidos e serão lançados posteriormente. E antes que alguém grita “porra de DLCs”, a empresa já avisou que o jogador que se dedicar não precisará desembolsar um centavo verdadeiro do bolso. Todos os DLCs e extras poderão ser comprados com o dinheiro virtual que será inclusivo no sistema do jogo. A Capcom só não disse o quanto estes personagens custarão em street money e a frequência na qual o jogador conseguirá adquirir isso. Claro que se você não tem tempo ou paciência para acumular grana de mentirinha, ficará a sua escolha pagar com dinheiro de verdade pelos conteúdos. Ah e os balanceamentos que sempre são feitos quase que anualmente, serão gratuitos a todos, ainda que seja meio óbvio que precisaria ser assim.

Curtiu este novo modelo em Street Fighter V? Eu como não estou nem sequer perto de ter o game, já que não possuo um PS4, meio que ainda não ligo. Me incomoda um pouco a ideia de um game de luta custar 60 dólares, ou 250 reais por aí, e não ter a mesma “quantidade” de conteúdo de outros games do gênero. E não sei, mas para os dias de hoje, 16 lutadores não parece tanto assim. Em todo caso achei o novo modelo da Capcom muito mais justo do que o que ela fez com Street Fighter V e suas mil versões.

Ah e nesse meio tempo, um novo lutador foi anunciado. Necalli que está no trailer que abre a postagem. Um dos quatro personagens que serão inéditos no roll dos 16 personagens iniciais.

necali-intro

Do outro lado do ringue, pulando a vala de tripas e sangue, Tremor chega essa semana em Mortal Kombat X. O trailer abaixo mostra um pouco da crueldade do personagem, porque afinal, é isso que todo mundo quer ver em Mortal Kombat:

E eu continuo aguardando um preço mais justo para o game aqui no Brasil, em outras palavras, uma “promoceta”. Ou quem sabe uma versão Komplete Edition, com todos estes personagens extras que estão saindo e que custam mais e mais dinheiro além dos 250 iniciais. Aposto que até o fim do ano deve rolar algo assim nos descontos semanais da Xbox Live para membros Gold.

No fim, chego a conclusão de que está sendo bem caro dar uma sova nos amigos virtualmente pelos joguinhos de luta, não acha? Daqui a pouco a gente vai resolver se estapear no mundo real mesmo.

mkx-tremor-dlc

 

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.