AssistindoDando Nota!

Booyakasha! | As melhores Tartarugas Ninja de todos os tempos?!

Faz muito tempo que venho querendo falar aqui no site a respeito da animação das Tartarugas Ninja que a Nickelodeon está produzindo desde 2012, muito antes do filme do Michael Bay vir com aquela coisa horrível que estreou nos cinemas em 2014 (e que vai ganhar uma sequência em 2016, argh).

Hoje a animação Teenage Mutant Ninja Turtles, ou apenas Tartarugas Ninja aqui no Brasil, já conta com três temporadas completas, com 78 episódios produzidos e já foi confirmado uma quarta temporada em 2016 e uma quinta em 2017, tamanho é o sucesso da série animada.

Eu me lembro que quando a animação foi revelado, houve duras críticas a estilo visual dela. Depois vieram críticas em torno de outros elementos que os criadores do show inseriram, como uma April O’Neal de 16 anos, ainda na escola, e com as Tartarugas em uma de suas mais jovens versões já criadas. Depois disso reclamaram como o Kraang havia sido adaptado, como não tinha isso ou aquilo das antigas séries. Nem mesmo o “Cowabunga!” existia no show, sendo que o novo bordão se tornou “Booyakasha!”. Enfim, mimimi dos fãs. Eu mesmo não gostava de muitos elementos do show inicialmente, e hoje mordo a língua para tudo que fiz careta na série no começo.

A única coisa perceptivelmente ruim inicialmente e que hoje revendo os episódios percebo mais claramente, era que as animações dos primeiros episódios são ruins mesmo. O visual ainda era muito pobre, mas não pelo estilo em si, mas o orçamento da série deveria ser realmente menos do que o atual. E isso limitava os roteiros dos episódios e do surgimento de novos personagens. Ao menos é a impressão que tenho revendo novamente.

Felizmente logo isso mudou e a série abriu as porteis para o infinito. Hoje, Teenage Mutant Ninja Turtles, consegue basicamente fazer qualquer coisa, criar qualquer personagem e fazer grandes cenas de batalhas e animações como jamais pensei que veria no show.

E é inacreditável mesmo as referências de basicamente tudo que já foi criado em torno da franquia das Tartarugas Ninja sendo utilizado na série animada. Elementos dos filmes live-action dos anos 90? Tem! Elementos do desenho animado pastelão dos 80? Tem! Dos quadrinhos de todos os tempos? Tem! Do desenho animado feito nos anos 2000? Tem! O que você puder imaginar em torno do universo das Tartarugas Ninja, se já não tiver sido adaptado na nova animação, pode ter certeza que virá.

Algumas coisas demoraram, como o Bebop & Rocksteady que só surgiram no terceiro ano da série, mas vieram. Outros personagens os fãs já conheciam lá no começo de tudo e tiveram que aguardar um bom tempo até se tornarem sua forma mais famosa, como o caso do Baxter Stockman.

Fora as cenas icônicas de vários momentos famosos das Tartarugas que se repetiram na série. A aparição do Splinter em uma chama azul numa fogueira em meio a floresta dizendo para as Tartarugas não desistirem, na épica cena do Leonardo sendo surrado quase até a morte e sendo atirado pela janela do apartamento da Abril, a revolta do Raphael por não ser o líder do quarteto, o surgimento de Casey Jones, além da revelação da Karai ser filha do Splinter e não do Destruidor. E é sempre interessante que todo o drama que a série tem é criado em um tom onde o humor e a leveza do show não se perca. Eu adoro a série com meus 30 anos nas costas, enquanto o meu filhinho de 3 anos escolheu justamente as Tartarugas como tema da sua festinha de aniversário esse ano. Ele é vidrado na série, pois tenho o DVD do primeiro ano, e é coisa de ficar empolgado de vê-lo assistindo, tal como eu ficava na década de 80 com o desenho animado daquela época. Isso só mostra que o desenho funciona de forma incrível em adultos, fãs da franquia, quanto a nova geração de crianças, que é até mais importante do que agradar velhos adultos nostálgicos.

TMNT Season 3

Eu adoro o estilo de humor da série, que muitas vezes tem um ar que obviamente vem da influencia dos animês japoneses. O próprio Splinter as vezes usa termos japoneses, porque a série sempre teve um pouco desse vislumbre das artes marciais e da disciplina dos samurais e dos ninjas. Fica natural e não parece que é uma animação americana forçando uma ascendência oriental. E há muitas piadas com gírias, trejeitos e moderninhas da juventude hoje em dia que casa perfeitamente com a ideia das Tartarugas serem adolescentes no mundo atual. Elas são naturais, podendo se assemelhar a qualquer jovem dos dias de hoje. Elas são jovens a sua forma, a sua identidade, mas sem perder a essência. É diferente do estilo que o Michael Bay criou com o filme de 2014, onde elas tinham uma persona mais pesada, mais como um rapper, forçando um único estereótipo em si.

Outra coisa que me agrada é a origem do Splinter e do Destruidor, ou Hamato Yoshi e Oroku Saki. Acho importante essa rivalidade entre estes personagens e pra mim nunca fez sentido o Splinter ser apenas um rato. Não! Ele era um discípulo de artes marciais, tal como o Destruidor, e que por um desastre do destino se tornou um rato ao ter contato com o mutagênio, que na animação é criação dos Kraangs! Ambos tiveram uma rivalidade no passado por conta de uma mulher, que morrei em um terrível incêndio, deixando uma filha que o Splinter achou que também havia morrido nesse dia, mas que o Destruidor a adotou e hoje é a Karai que todos conhecem. É excelente essa história, e teve um episódio recente da série que as Tartarugas voltam no tempo, sim porque em outras séries elas também fazem isso (Turtles in Time), e vivenciam esse momento chave na vida do Hamato e Oroku, antes de se tornarem aquilo que todos conhecem.

TMNT Season 2

Falando em mutagênio e Kraangs, a série também acabou criando uma ótima sacada ao atrelar o mutagênio a uma criação dos Kraangs, permitindo assim muitos dos atuais mutantes do show se tornassem realidade. Fora que isso deixa claro que as Tartarugas foram criadas por um elemento alienígena, ou extra dimensional, já que os Kraangs vivem em uma outra dimensão. E é interessante que na série existam vários e não apenas um como no desenho dos anos 80, e conforme a história da animação avança, você vai percebendo que aquele Kraang clássico existe em meio a uma mente coletiva.

Enfim, eu poderia ficar falando uma eternidade aqui. Mas acho que chega por hoje. Quero ver se começo trazer mais notas e notícias sobre a animação aqui no site com mais frequência, pois o canal da Nicklodeon no You Tube também contém muitos vídeos legais sobre a série, alguns dos quais selecionei para colocar aqui na postagem.

Vale também recomendar os DVDs com as temporadas completas da animação que estão sendo lançados no Brasil. A Paramount é responsável pelos lançamentos, e atualmente ela vem lançando primeiramente a temporada avulsa, em quatro discos avulsos, que saem 29 reais cada, o que torna a série meio cara se você comprar dessa forma. Entretanto, após ela terminar estes lançamento avulsos, ela reúne os 4 discos em um único box e lança a temporada completa custando 39 reais. Aí sim vale a compra!

TMNT Nick DVDs

A primeira temporada completa foi lançada ano passado (Link Livraria Cultura), enquanto que a segunda temporada completa saiu agora no mês de setembro (Link Livraria Cultura e Link Saraiva). Eu já corri e comprei, e agora estou esperando chegar. A terceira temporada já começou a ser lançada avulsamente (Link Livraria Cultura e Link Saraiva), porém como ela terminou este mês nos Estados Unidos, acredito que ainda vá levar um tempo até todos os 4 discos saírem por aqui, então espero o terceiro ano completo somente para o segundo semestre de 2016. Porém está tudo indo bem, afinal dos 78 episódios produzidos, 52 estão no box do ano 1 e 2! Então estamos num bom ritmo de lançamento da série em Home Vídeo!

Enfim, quem até hoje não deu chance a animação, procure dar. Compre os DVDs ou assista pela internet. Tenha preferência por assistir aos episódios de forma cronológica, pois alguns deles vão fazer muito mais sentido assim. Há muitos episódios no começo que não pedem essa ponto entre a história, mas conforme as temporadas avançam, tudo meio que fica interligado, então você tem que ver em alguma ordem, ainda que pule alguns episódios e pela TV (paga ou aberta) fica um pouco mais complicado.

Faço meus elogios finais também a dublagem, ao menos da primeira temporada é sensacional. Quase não se perde piadas em relação ao idioma original e quando se perde, outra adaptada é colocada no lugar. Isso porque como acompanho em inglês pela internet, também acho muito bom a adaptação das vozes, todas com um timbre semelhante, num nível dos bons tempos de Disney Dublado a meu ver. E em casa atualmente é assim, os inéditos o Thales vê comigo em inglês mesmo, e ele nem se importa com isso, só que depois também vejo com ele em português, e várias e várias vezes o mesmo episódio, porque enquanto o adulto uma só vez basta, a criança quer assistir em um looping infinito. O quanto eu e minha esposa estamos feliz com o lançamento da segunda temporada esse mês, porque agora são mais 26 episódios em looping do segundo ano, dando uma volta a primeira temporada. Hahaha.

Cowab… quer dizer, Booyakasha!

Linha do tempo Tartarugas Ninja

O caderno de esboço dos personagens da série são animais! Eu ainda quero fazer uma grande galeria só com estes esboços aqui no site!
O caderno de esboço dos personagens da série são animais! Eu ainda quero fazer uma grande galeria só com estes esboços aqui no site!
Uma das animações em CG mais bonitas da TV atualmente
Tem humor, tem drama, tem ação, tem de tudo um pouco
Agrada crianças pequenas e adultos nostalgicos
Nada é impossível, a série faz referência de tudo que existe no universo TMNT
Está na TV a cabo, na Tv aberta, em Home Vídeo, na web, é fácil de acompanhar
Fica melhor e mais maluco a cada nova temporada
A dublagem nacional é ótima, e condiz com as vozes em inglês

Me parece a melhor adaptação das Tartarugas Ninja de todos os tempos!

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.