Comunicados de Imprensa

CES 2017 | Vá além da tela convencional, Razer revela Project Ariana e Project Valerie!

 // Comunicado enviado via assessoria de imprensa da Razer //

Razer revela os conceitos do Project Ariana, o primeiro sistema de projeção do mundo desenvolvido para games

Baseado na tecnologia Razer Chroma, o Project Ariana tem como objetivo ampliar a imersão nos jogos eletrônicos a partir de soluções visuais customizadas que vão além da imagem exibida nos monitores; sistema poderá ser explorado por terceiros e a Razer já possui parceiros renomados

São Paulo, 05 de janeiro de 2017 – A Razer, marca líder mundial em estilo de vida para gamers, acaba de revelar na CES 2017 – uma das principais feiras de tecnologia do mundo, que acontece em Las Vegas/EUA – que o Razer Chroma, sua emblemática tecnologia de iluminação, será a base do Project Ariana, um conceito para o primeiro sistema de projeção de vídeo desenvolvido para oferecer total imersão nos games e que estará disponível para parceiros interessados.

O Razer Chroma é a maior plataforma de iluminação com sistema de cores RGB para jogos eletrônicos do mundo e está presente em mais de 5 milhões de dispositivos já vendidos. Alguns dos principais games do mercado também estão integrados à tecnologia Chroma, como “Overwatch”, da Blizzard, “Call of Duty: Black Ops 3”, da Activision e “Shadow Warrior 2”, da Devolver Digital.

Agora, um número cada vez maior de empresas de hardware está aderindo ao Project Arana em busca de soluções para games baseadas na tecnologia Razer Chroma, como a Lenovo, NZXT, Antec, Lian Li, Wicked Lasers e Nanoleaf. Para acessar o ecossistema Razer Chroma e sua paleta de mais de 16.8 milhões de cores os parceiros utilizam o Razer Chroma Module, um kit exclusivo com um hardware e um software API (Application Programming Interface).

Um pouco do que é esperado para o Razer Chroma pode ser visto no Project Ariana, que leva o conceito de iluminação por sistema RGB para as salas de projeção e apresenta uma nova dimensão de imersão aos gameplays, que passam a interagir com os games em tempo real criando efeitos de vídeo e de luz simultaneamente aos acontecimentos das partidas. A partir desse conceito, os jogadores têm uma série de soluções à sua disposição, desde periféricos com retroiluminação até iluminação e projeções inteligentes, todos sincronizados para proporcionar uma experiência de jogo única e envolvente.

“O Project Ariana é um conceito desenvolvido para mostrar o poder e o potencial da tecnologia Razer Chroma no mundo pré-realidade virtual, criando um elo único entre os jogadores e os games”, disse Min-Lian Tan, CEO e cofundador da Razer. “A projeção de vídeo, iluminação multicolorida e a inteligência responsiva do Razer Chroma estão mudando o jeito de jogar. Nós e nossos parceiros estamos trabalhamos para oferecer ainda mais soluções visuais que permitam experiências futuras incríveis e ricas visualmente”.

O Project Ariana é um sistema que adapta a projeção dos elementos do jogo às dimensões e características físicas do ambiente físico real. É composto por um projetor de vídeo de alta definição que usa uma lente olho de peixe ultralarga com capacidade de processamento avançada que estende a experiência de jogo para uma sala inteira, duas câmeras com sensor de profundidade 3D e um software proprietário de calibração que se ajustam automaticamente para detectar móveis e outras luzes do ambiente e oferecer a projeção perfeita em qualquer ambiente.

O conceito pode ser visto pelo público no estande da Razer na CES 2017, localizado no South Hall 3 booth: 30320.

“Esta é a forma que enxergamos o futuro do Razer Chroma”, disse Tan. “Estamos trabalhando em busca de uma nova tecnologia de projeção de vídeo desenvolvida para colocar os usuários totalmente imersos em seus jogos, com o game literalmente ao seu redor”, completa.

Para mais informações sobre a Razer e o Project Ariana, visite www.razerzone.com.

Razer revela o Project Valerie, o design conceitual do primeiro laptop multimonitor para gamers

Computador portátil de alto desempenho suporta três monitores individuais com tecnologia G-SYNK e oferece ao jogador um novo nível de imersão

São Paulo, 05 de janeiro de 2017 – A Razer, marca líder mundial em estilo de vida para gamers, acaba de revelar em Las Vegas/EUA, durante a CES 2017 – uma das principais feiras de tecnologia do mundo – um conceito de laptop multimonitor que estabelece um novo padrão de imersão para entretenimento e oferece diversas possibilidades para usuários de computadores portáteis.

Chamado Project Valerie, esse é o primeiro laptop do mundo com três monitores acoplados – todos IGZO de 17,3 polegadas com resolução 4K e tecnologia NVIDIA G-SYNC, que produz imagens com frame rates de máxima fluidez e expande a área de jogo em até 180° graças à tecnologia NVIDIA Surround View. O novo sistema também é ideal para profissionais de criação, que terão 100% de precisão na reprodução da paleta de cores Adobe RGB e o maior espaço de tela para a utilização simultânea de diversos programas.

Simples de montar, o Project Valerie tem um mecanismo retrátil, desenvolvido pela própria Razer, que permite a cada monitor deslizar para um lado da tela principal e se fixar no local adequado. Além disso, como ele tem suporte para múltiplos monitores, dispensa o uso de um monte de cabos ou de ajustes nas configurações, como em desktops.

“As complexidades de um sistema tradicional multimonitor não existirão no Project Valerie”, disse o CEO e cofundador da Razer Min-Liang Tan. “Tão importante quanto as facilidades de uso, vale destacar que o Project Valerie terá o poder de um computador de mesa e os recursos gráficos de três monitores top de linha. Ou seja, a portabilidade e os  recursos únicos do sistema não prejudicarão de forma alguma o seu desempenho”.

O Project Valerie conta com os recursos profissionais presentes no recém-lançado notebook Razer Blade Pro de 17 polegadas, que foi desenvolvido para, entre outras funções, atender às necessidades de entusiastas de tecnologia e usuários avançados que desempenham simultaneamente múltiplas tarefas e precisam de alta performance em um sistema portátil.

O Project Valerie mantém o icônico design dos laptops da Razer com a diferença de que possui três monitores. Tem uma estrutura de alumínio de apenas 3,8cm de largura, pesa menos de 5,5kg e vem com um adaptador AC compacto e poderoso que facilita ainda mais o transporte do laptop. Além disso, conta com o mesmo sistema de controle de temperatura presente no Razer Blade, uma de suas características mais elogiadas por usuários e especialistas.

O Project Valerie tem os mesmos recursos profissionais do recém-lançado notebook Razer Blade Pro de 17 polegadas, que foi desenvolvido para, entre outras funções, atender às necessidades de entusiastas de tecnologia e usuários avançados que desempenham simultaneamente múltiplas tarefas e precisam de alta performance em um sistema portátil. O novo laptop também mantém o icônico design dos notebooks da Razer, com a diferença de que possui três monitores. Tem uma estrutura de alumínio de apenas 3,8cm de largura, pesa menos de 5,5kg e vem com um adaptador AC compacto e poderoso que facilita ainda mais o transporte do laptop. Além disso, conta com o mesmo sistema de controle de temperatura presente no Razer Blade, uma de suas características mais elogiadas por usuários e especialistas.

O Project Valerie é o segundo notebook da Razer a utilizar os switches mecânicos ultrafinos da empresa. Cada tecla com essa tecnologia possui um mecanismo individual com pontos verdadeiros de ativação e reinicialização. Na prática, isso resulta em um teclado extremamente compacto e que necessita de apenas 65g de força para a ativação dos comandos, dando aos usuários a mesma sensação de digitar em um teclado mecânico de tamanho padrão. O trackpad do teclado e os monitores expansíveis ainda possuem tecnologia Razer Chroma, que permite customizar sua retroiluminação com uma infinidade de cores e efeitos e sincronizá-la com ações específicas em jogos – por exemplo, acender as luzes vermelhas quando seu personagem é atingido por um inimigo.

Assim como os mais recentes sistemas lançados pela Razer, o Project Valerie é equipado com uma placa de vídeo GeForce GTX 1080 da NVIDIA que supera os requisitos mínimos exigidos por dispositivos de realidade virtual como HTC Vive e Oculus Rift, tornando-o um dos computadores mais preparados para usuários, entusiastas e desenvolvedores dessa tecnologia.

“Computadores multimonitor são cada vez mais importantes para profissionais de criação e gamers, e pela primeira vez desenvolvemos uma solução que pode ser levada por eles a qualquer lugar. O Project Valerie promete todas as funcionalidades exigidas por um sistema com três telas e nenhum prejuízo que essa estrutura poderia proporcionar”, disse Min-Liang Tan.

Para mais informações sobre o Project Valerie, acesse www.razerzone.com/projectvalerie.

Sobre a Razer – A Razer™ é líder mundial entre os fabricantes de dispositivos conectados e software para gamers. Com projetos que transformam a maneira das pessoas jogarem e interagirem com outros jogadores e que se identificam com o estilo de vida gamer, a empresa ganhou o cobiçado prêmio de “Best of CES” nos últimos cinco anos e segue trabalhando para inovar e criar novas categorias de produtos para a comunidade de fãs dos jogos eletrônicos, estimada em mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo. Entre as premiadas tecnologias da Razer estão uma grande variedade de interfaces de usuários e de sistemas, VoIP para jogadores e uma plataforma em nuvem para customização e aperfeiçoamento de periféricos desenvolvidos para jogos. Para mais informações visite http://www.razerzone.com/about-razer

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.