Indicações e Resenhas de LivrosLendoReflexões & Opiniões

Coração de Aço | Não estamos preparados para ganhar super poderes? (Indicação & Trechos)

Se algum dia, diante de um evento sem explicações, algumas pessoas do planeta ganharem poderes e habilidades incríveis, o que elas farão com tais dons? No mundo da fantasia e ficção há uma regra um tanto tradicional: pessoas ruins se tornam super vilões e pessoas boas se tornam super heróis. Concorda?

Há quadrinhos, filmes, livros, séries e todo um mundo do entretenimento pop que corrobora com essa ideia. Mas eis que surgem Brandon Sanderson com seu livro Coração de Aço e decide mudar esse conceito. Aqui alguns seres humanos ganham super poderes, mas somente vilões se revelam perante a sociedade. Heróis nunca vieram a surgir.

É um livro que leva a brincadeira dos super poderes a um patamar mais crível com a índole do ser humano na qual o conhecemos hoje. Somos todos egoístas, certo? Quem tem poder se aproveita dos mais fracos. O poder corrompe, as pessoas levam vantagem sobre aqueles que são mais ingênuos e humildes. Não é de se admirar que se um Superman fosse algo real em nosso mundo de hoje, talvez ele não fosse aquele símbolo na paz que os quadrinhos e as histórias para garotos pintam até os dias de hoje. Provavelmente o Superman se tornaria um ditador.

Me diga com sinceridade: se você acordasse com algum super poder e percebesse que poderia tirar alguma vantagem ou proveito dele… não o faria? Ao menos inicialmente? Pois é. Contos de fadas nem sempre funcionam quando uma narrativa precisa ser mais realista. E é isso que esse livro faz tão bem.

Coração de Aço então apresenta esse mundo mais sensato com aquilo que o ser humano é em sua real natureza. O título leva o nome do ser mais poderoso da história, que surge com o advento de um fenômeno que ninguém sabe explicar direito o que é ou porque deu habilidade a certos tipo de pessoas. Coração de Aço é indestrutível, pode voar, possui superforça e pele impenetrável. E um dos poderes mais legais que justifica seu nome: consegue transformar qualquer coisa não orgânica em aço.

Ninguém sabe de onde ele veio, ou quem ele era antes de ganhar seus poderes, mas ninguém jamais vai esquecer o momento em que ele se apresentou ao mundo, quando tomou para si o governo de tudo, quando se tornou o ditador e transformou cidades em puro aço. Quando a humanidade como a conhecemos ruiu, e os humanos agora se escondem como ratos no subsolo, encurralados em um mundo de perigosos super humanos, aqui chamado de Épicos. Dez anos se passaram desde o colapso e o surgimento dos Épicos. E nenhum super herói veio nos socorrer.

Intrigante, não? Admito que Coração de Aço corre ao lado como o melhor livro que conheci em 2016, junto com Guerra do Velho. No momento em que escrevo esta indicação, li apenas a primeira parte (de quatro partes) do livro. Não quis avançar demais e correr o risco de vazar qualquer tipo de spoiler aqui. Li o suficiente para saber que o estou adorando.

***

A narrativa de Sanderson não é espirituosa ou bem humorada como Scazi em Guerra do Velho. Coração de Aço tem uma tensão e um suspense bem mais sombrio e aterrorizante. Sanderson consegue botar medo no leitor quando precisa descrever os tais Épicos. Dá para ver que ele são ruins, verdadeiramente ruins. Sádicos, perversos, ditadores com mania de grandeza. Não há nada realmente bons nestes primeiros vilões apresentados no livros. Muito menos cacoetes ou gafes que os tornem bobocas ou passíveis de falhas. São assustadores e ponto.

Isso porque o protagonista é um jovem humano sem qualquer super poder. Não quero dar muitos detalhes sobre David, até porque a sua história surge de um prólogo no começo do livro de tirar o fôlego. Algo ruim vai acontecer e ele irá se tornar um sobrevivente que deseja por fim aos Épicos. Para tal ele precisa de ajuda, ele precisa dos Executores, um grupo de meros humanos que continuam lutando contra os governantes desse novo mundo, mas encontrá-los, se juntar e ganhar a confiança do grupo não é algo exatamente simples de se fazer.

É difícil não pensar que Coração de Aço tem um cunho bem focada no público juvenil, no jovem adulto, talvez até adolescente. Porém felizmente o autor do livro não subestima os leitores mais velhos, criando ótimos personagens ao redor do jovem protagonista. A respeito da primeira parte do livro me encontrei com momentos de pura tensão, boas reflexões e ação inesperada. Surpresas parecem surgir a cada capítulo, enquanto o mundo do livro é contextualizado e a aventura vai exponencialmente tomando proporções cada vez maiores.

Narrativamente, Coração de Aço tem me agradado. Tanto quanto achei que agradaria é verdade.  Não nego que tinha um certo medo de que o hype pré-lançamento do livro pudesse criar expectativas exageradas. Bem, não houve exagero. O livro até o momento realmente parece ser tudo de bom.

Há uma construção bem elaborada para permitir que os Executores travem embates com os Épicos. David não é também aquele protagonista ingênuo que não sabe de nada e precisa servir de orelha ao leitor. Pelo contrário, ele é um personagem principal interessante, que coloca perspectiva e lógica a situações na qual me fizeram ficar perplexo em como não cheguei a pensar nisso primeiro.

Uma coisa fica clara: todo super poder tem algum ponto fraco. Você, como leitor, consegue descobrir isso mais rápido do que David? É um desafio interessante. Me agrada a ideia de um protagonista inteligente e racional, quase um Sherlock Holmes dentro desse mundo, ao invés de um que cai de paraquedas dentro de uma situação na qual não desejaria estar, o que é um clichê bem comum em alguns contos e romances por aí.

Tal como ocorre em todas as postagens de indicação de livros, esta não será a última vez em que você irá me ver falando sobre Coração de Aço, seja aqui no site, seja em nossas nas redes sociais. Continuarei lendo, mostrando trechos e atiçando a curiosidade.

Por fim, vale dizer que o livro chegou aqui ao Brasil pela Editora Aleph, que vem lançando livros incríveis no Brasil nos últimos anos. Sempre com um acabamento de excelente qualidade, trazendo artes de capas exclusivas e inéditas para os lançamentos nacionais e com os preços atraentes ao nosso frágil mercado literário. É uma das editoras que dá gosto de elogiar aqui no site. Dá para encontrar o livro em sites como Amazon Br, Saraiva, Submarino entre outras.

Leia Coração de Aço!

***

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios