JogandoRedes Sociais

Minipost | Gatinhos mergulhadores em Aqua Kitty

Miniposts são pequenos aperitivos em forma de imagens ou vídeos com pequenos textos compartilhados pelas redes sociais do Portallos. O feed (origem e ordem cronológica) destas publicações é nosso Instagram.

O leite está acabando e gatos do mundo inteiro estão preocupados. A ponto de estarem escavando até mesmo as profundezas do mar em busca de novas fontes de leite!

Essa é a premissa de Aqua Kitty, um indie game com uma pegada bem retro e totalmente arcade, na qual o jogador dentro de um submarino precisa defender gatinhos que estão minerando o fundo do mar de peixes e outras criaturas surgem para lhes atacar!

Aqui no vídeo se tem um dos primeiros estágios do game, onde o submarino precisa apenas defender um único gatinho. Nenhuma complicação por enquanto.

Porém conforme o game progride, as bases de gatinhos no fundo do mar vão aumentando. Aqui no vídeo são duas bases.

É preciso tomar cuidado com estas criaturas que parecem cérebros, pois elas capturam os gatinhas e os levam embora. Se isso acontecer é Game Over.

Os estágios de Aqua Kitty funcionam em sistema de waves (ondas), ou seja, é delimitado um número certo de inimigos para cada wave e é preciso destruir todas para a próxima começar.

Acabando as waves, é o final do estágio e um próximo, mais difícil e com novos elementos (bases e inimigos), é liberado.

Há também batalhas contra chefes, como demonstrado neste vídeo. E mesmo contra eles ainda é necessário ficar de olho nos gatinhos.

O game também possui um sistema de upgrade de armas, elas surgem de tempos em tempos nos estágios (assim como aqueles balões que voavam pelos cenários do clássico Contra).

Falando em clássico, Aqua Kitty me lembra bastante um game muito antigo, chamado Seaquest (1983), lançado para Atari. Tenho a sensação de que é uma espécie de homenagem a esse clássico esquecido no tempo.

Para saber mais: http://tikipod.com/aquakitty/

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.