JogandoRapidinhas

Desaposentado, Juan Aguacate retorna em Guacamelee! 2

Lançado semana passada, Guacamelee! 2 tira o protagonista do primeiro game, Juan Aguacate, de sua merecida aposentadoria para mais uma aventura onde desta vez a linha do tempo e do universo está correndo perigo, assim como sua família e todo o México. Desenvolvido pela canadense Drinkbox Studios, o título já está disponível para PlayStation 4 e Steam.

Ambientando nessa atmosfera claramente mexicana, com um pouco de folclore e cultura de lá, brincando com o Dia dos Mortos e Luchadores, Guacamelee! 2 segue as premissas do primeiro jogo lançado em 2013, de um metroidvania com bastante foco na ação em plataforma.

As novidades na sequência estão em grande parte no pensamento de “maior e melhor”. Novos ambientes, novos inimigos, maiores chefes, novas mecânicas de movimentação do personagem para que ele também se movimente de forma mais ágil e fluida. Além de um suporte para até quatro jogadores desbravarem a aventura em modo cooperativo. Ah, e também um segmento do jogo em quê o jogador irá assumir o controle de uma galinha, porque sim!

Guacamelee! 2 é um jogo vibrante e tão colorido e visualmente estonteante quanto o primeiro. Provavelmente até mais. Vou apenas lamentar que neste lançamento oficial o título não esteja chegando a plataformas como o Xbox One e Nintendo Switch. Poderia já estar saindo para tudo e todos, porém não duvido que em breve ouviremos mais sobre a chegada do game em mais plataformas. Resta torcer.

O game chega lá fora custando 19 dólares, o que é um valor legal para um jogo independente tão bonito e redondinho. Aqui na Steam ele chegou na equivalência de 37 reais, enquanto na PlayStation Store BR deu aquela inflacionada xarope, chegando a custar 61 reais.

Eu me lembro de ter jogado o primeiro Guacamelee! em 2014, quando o título foi dado de graça aos assinantes da Xbox Live Gold, por meio da Games Witch Gold. Infelizmente não me retorno de terminá-lo. O que me recordo é que o título era divertido, porém tinha uma curva inicial meio lenta, e acabei na época não dando continuidade. Fiquei interessado em terminá-lo agora, ao menos enquanto espero que a Drinkbox anunciá-lo para o Xbox. Sua sequência parece conversar melhor nesse elemento de ritmo. Parece um jogo mais ágil.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios