JogandoRapidinhas

Beat Cop chega aos atuais consoles no início de março

A dura vida de um policial de rua em pleno anos 80

Inspirado nos antigos seriados policiais da década de 80, Beat Cop é um jogo em que se assume o papel de um detetive incriminado por um crime que não cometeu que se vê sendo rebaixado a um mero policial de rua. Faça batidas, prenda suspeitos, evite pequenos crimes. Seja um bom policial, ou aceite subornos e faça vista grossa. Nesse meio tempo é preciso ligar com gangsters e mafiosos, enquanto tenta descobrir o real responsável que lhe incriminou.

Beat Cop já se encontra disponível no PC, foi lançado em 2017 aliás. O título está finalmente debutando em novas plataformas no dia 5 de março, nesse caso todos os principais consoles da geração: PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch. O jogo é uma produção de um pequeno estúdio indie lá da Polônia, chamado Pixel Crow, que chega a novas plataformas em parceria com Crunching Koalas, que os auxiliaram no port do jogo, e também da 11 bit studios, que atuará como a publisher.

É um título que chama a atenção. Primeiro porque tem uma bela e bem detalhada pixel art. Mesmo sendo simples, é possível ver que o visual é muito bem detalhado e inspirado nos shows polícias oitentistas. Parece que o jogo brinca um pouco com esse gênero da simulação e gerenciamento. É preciso decidir e lidar com diferentes eventos, enquanto a história vai se desenrolando de forma não linear aos fundos. Inclusive o game tem múltiplos finais. Minha única dúvida é se o jogo terá localização em nosso idioma (não vi indícios de que terá).

Para quem ficou curioso e quiser ver mais sobre Beat Cop, eis o endereço do site oficial, além de sua página no Facebook, além do perfil do Twitter do estúdio e também da 11 bit studio, que tem sobre suas asas uma porrada de jogos independentes que vale a pena conhecer e ficar de olho.

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios