JogandoRapidinhas

Recrutamento galáctico de Citizens of Space tem início

Sequência de Citizens of Earth chega aos consoles e PC

Citizens of Space coloca o jogador em uma jornada interplanetária, em meio ao desaparecimento do planeta Terra. Resta agora embarcar em uma jornada para recuperar os pedaços de nosso querido planeta que se espalhou pelo espaço. E recrute quem você quiser, há uma gama de gente bacana querendo se alistar nessa missão.

O título é uma sequência de Citizens of Earth, lançado em 2015, ambos produzidos pelo estúdio Eden Industries. Citizens of Space está chegando ao PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC em parceria com a Sega, que ficou responsável pela distribuição global do game.

Recrute!

Citizens of Space é um charmoso RPG. Seus gráficos animados esbanjam criatividade, oferecendo ambientes diversos e personagens tão estranhos quanto as galáxias afora podem oferecer. Tudo desenhado à mão, o que torna-o ainda mais impressionante. São 40 personagens que podem ser recrutados nessa missão para salvar a Terra.

O sistema de combate emula um pouco a nostalgia dos clássicos do gênero, com combates por turnos, porém envolvendo alguns mini games para criar a eficácia do ataque. Trata-se de um título que dá ao jogador muito ao que se explorar, aprender sobre os ambientes e cidadãos do universo do jogo.

Cada personagem tem uma classes e movimentos próprios. O jogador sente-se impelido a recrutar todos, para poder testar seus movimentos e habilidades. Parece um jogo flexível nesse conceito de uma equipe de batalha. Há esse incentivo a ficar testando e trocando os personagens recrutáveis.

Citizens of Space está sendo lançado hoje, nas plataformas já mencionadas. O único revés ao nosso mercado é que ele parece não ter localização em nosso idioma. Sendo um RPG, esse é um elemento que cria algumas barreiras para certos jogadores – parte da diversão do gênero é entender a história e seus diálogos. Se isso não for um problema, é um jogo que merece dar uma olhada mais de perto. Admito que me deixou curioso. E não parece ser um requisito obrigatório ter jogado o anterior.

 

Curte do nosso conteúdo? Saiba que é possível ajudar o Portallos!
Siga-nos em nossas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram
(Novidade) Estamos começando, dê uma força: YouTube | Mixer
— Entre e participe do nosso Grupo de Leitores no Facebook!
Seja um apoiador no Apoia.se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e do Ponto de Checagem (2014). 32 anos, formato em Direito, vivendo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Em busca de novos apoiadores que curtam estes projetos e a viabilidade deles crescerem!
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios