JogandoRapidinhasReflexões & Opiniões

Xbox Series X é revelado no The Game Awards – próxima geração está chegando!

Chegou o momento de deixar de usar o nome Project Scarlett

Foi inesperado. Não acho que alguém esperava que a Microsoft fosse mostra seu próximo console no The Game Awards, que aconteceu na virada desta quinta (12) para sexta. E não foi exatamente uma apresentação minusiosa sobre tudo que o novo console irá oferecer: apenas se aposentou o nome provisório que o mesmo havia recebido, Project Scarlett, e também uma rápida prévia de seu atual visual. Em carne, peças e osso o console não deu exatamente às caras, mas temos seu nome oficial: Xbox Series X.

Um nome realmente apropriado. Não dá para imaginar a Microsoft aposentando a marca Xbox, assim como também não faria qualquer sentido “Xbox Two” ou qualquer outra coisa nesse fluxo. Apenas Xbox, dando-lhe um subtítulo “Series X” abre as portas para que outras versões, como rumores apontam uma versão “econômica”, poderia simplesmente se chamar “Series S”, tal qual o atual Xbox One S. Penso que é um nome que faz jus a linha de mercado que a Microsoft tem adotado para a marca Xbox.

Também foi revelado o visual do console. Que parece adotar um formato realmente de um bloco. Visualmente ele parece grande e pesado. Mas talvez não seja. O que foi mostrado no evento foi um teaser de sua apresentação, os gráficos que o mesmo pode reproduzir e não necessariamente um jogo em ação. No artigo oficial publicado no Xbox Wire, é mencionado que o console pode se posicionar tanto de forma vertical quanto horizontal, nos remetendo ao Xbox 360, que havia tal flexibilidade e que o Xbox One meio que não reproduziu o conceito nesta geração.

A matéria citada também menciona alguns aspectos do novo controle, que tem como base o atual controle elite do Xbox One. Um D-Pad melhorado e a adição de um botão share, para capturas rápidas de tela ou vídeo dos jogos, o que no atual console meio que não é tão eficiênte quanto é nos consoles concorrentes (que possuem um botão próprio para isso). No Xbox você precisa de dois comandos para capturar qualquer coisa (entrar no menu e abertar o botão desejado). Não é uma reivenção em termos de controle, e sim uma aperfeiçoamento do já excelente controle da plataforma Xbox. Gostei.

E aí a matéria cita tudo que se espera da próxima geração de consoles. Gráficos melhorados, 4K e 60 quadros por segundo, com o novo console com tecnologia de disco SSD que vai providenciar carregamento sem loading (ou loading mínimos) e afins. Também menciona possibilidade de jogos em 8K e 120 quadros por segundo, o que só vendo na prática para entender tudo isso. De qualquer forma é a potência da próxima geração, na qual iremos precisar de melhores TVs/Monitores e conexões que aguentem jogos ainda maiores e requerem mais de tudo.

Outro item que fãs aguardam mais detalhes diz respeito a retrocombatibilidade, que ainda carece de maiores detalhes. O texto fala que os jogos de Xbox One terão retrocompatibilidade, assim como as gerações anteriores. Porém não escreve com todas as linhas que todos os jogos lançamentos serão, dando a entender que os da Microsoft estão garantidos, mas que os dos demais estúdios fiquem à merce dos estúdios responsáveis liberarem ou não, tal qual aconteceu nesta geração com os títulos do primeiro Xbox e do Xbox 360. Ou talvez este sejam aspectos que ainda estejam se acertando. É cedo para afirmar qualquer coisa. O que está confirmado é que terá retrocompatibilidade com títulos das três gerações anteriores dos consoles Xbox. Talvez não em sua totalidade, mas haverá. O que já é um excelente sinal. Também está certo que acessários também serão retrocompatíveis, ou seja, controles, fones e afins que você já tenha poderão ser usados no Xbox Series X.

O que não se sabe? O preço exato do console. O que certamente é uma das informações mais aguardadas em certos mercados como o Brasil. Sabemos que os consoles chegam ao nosso mercado custando mais do que sua equivalência internacional. Então é normal essa ansiedade para saber o quanto e se o Xbox Series X será oficialmente lançado no país até o final de 2020.

O Xbox Series X também ainda não tem um mês exato para ser lançamento. O novo anúncio voltou a afirmar “Holiday 2020”, fazendo uma alusão aos meses finais de 2020. Podendo tanto ser novembro, quanto dezembro. Talvez outubro não, caso contrário a menção poderia ser Q4 2020 (quatro trimestre). Resta aguardar.

Para encerrar, de lambuja a Microsoft também revelou Senua’s Saga: Hellblade II, sequência do aclamado Hellblade: Senua’s Sacrifice. O teaser não menciona lançamento junto com o Xbox Series X no final de 2020, o que faz sentido ao se pensar que o jogo de lançamento do console deve mesmo vir a ser Halo Infinite. Também foi mencionado que o trailer não é CGI, mas feito com gráficos in-game. Quanto a trama, nada está claro, mas é bem assustador o vídeo, mantendo o clima pertubado do primeiro jogo. Interessante a mudança no título… “Senua’s Saga”… o que talvez indique que mais do que uma sequência deve vir dentro desse universo na próxima geração de jogos.

Para encerrar, a arte oficial do Xbox Series X. Espero que a Microsoft apresente fotos reais do console o quanto antes. Essa abertura na parte inferior é a entrada para mídia física? Parece que sim. Curioso que haja tanto espaço nas laterais sem nenhuma outra abertura. Não poderia ter algumas entradas USB ou algo assim? Ainda não conseguimos enchergar todas as entradas traseiras do console, o que é outro aspecto que me deixa curioso. Resta aguardar e ver se esse design ainda não sofre alterações até seu lançamento no final de 2020.

Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.