Conversa de Mangá: Naruto 530 – A Determinação de Chouji

Naruto: Capítulo 530 fo1 disponibilizado dia 2 de março: A Determinação de Chouji”.

Se você não sabe o que é o projeto Conversa de Mangá, clique aqui. Depois do “continue”, a gente conversa mais:

Aviso: Continue apenas se você já leu o capítulo 530 de Naruto. Atualmente acompanho o mangá pelo site Manga Stream, e a qualidade da scan é absurdamente fantástica! Basta não ter medo de inglês. Mas, em todo caso, a StrawHat Scans tem a tradução em Português! 😉

Naruto 530

A Determinação de Chouji

Sem One Piece essa semana, então optei por comentar Naruto primeiro! Bleach foi a maior decepção depois de um capítulo de potencial, então ou o Thiago faz o CdM ou eu faço outra hora. Naruto essa semana eu gostei, acho que só o fato de estar focado em personagens de Konoha já faz uma diferença positiva por si. Kishimoto também conseguiu tratar várias coisas ao mesmo tempo, o que eu não tenho visto com tanta frequência nessa saga e que com certeza agrada. Outra coisa que gostei foi da hesitação do Chouji sendo quebrada pela realidade de “estamos em guerra”, uma sensação que eu estranhamente não tenho sentido nesse arco da, ahm, guerra.

Já tínhamos visto relances do Kakuzu nos capítulos passados, mas agora entrou na luta de vez. O quadro com Izumo e Kotetsu acertando-o em “x” foi bem bacana, principalmente se a gente se lembrar da luta que os dois travaram com o Hidan lá na saga da morte do Asuma. A menção ao imortal, aliás, me faz pensar porque ninguém foi lá tirá-lo do buraco. O território do clã Nara é tão seguro assim? Quanto ao Asuma, vai ser interessante a luta do trio contra seu antigo sensei, mas não espero algo muuuito emocional. Na verdade, gostaria que acabasse em no máximo dois capítulos… mas veremos o que o Kishimoto planeja pra isso. Será que ele vai perguntar como anda o filho e a Kurenai?

O Dan dando instruções de como lutar contra ele por algum motivo me lembrou o Quarto Hokage. E quem irá enfrentá-lo? A Tsunade ficou bem perturbada quando disseram que ele também havia sido revivido, e não penso em mais ninguém que o enfrentaria tendo a carga emocional em jogo, mas não a vejo largando a supervisão da guerra só pra ir vê-lo, a menos que algo mais sério aconteça e ela e o Raikage sejam forçados a agir, mas no momento não vejo nenhum gancho para algo assim.

Em outro lugar, Hanzou, Chiyo-baa, Kimimaro e um desconhecido alcançam a equipe de Kankuro. Como o Samurai surgiu, Hanzou fica detido, mas Kimimaro é um inimigo formidável… cadê o Rock Lee pra cuidar dele? Notei também que ele não tem a escuridão nos olhos característica da técnica do Kabuto… mas deve ter sido só um esquecimento na hora de colorir, imagino. Ver o Deidara de novo também me faz pensar que ele ainda vai ser libertado do boneco, ao invés de purificado. Um chute meu, só.

Capítulo sem nenhum grande acontecimento, mas importante pela introdução de três novas situações que devem se desenvolver a seguir. O mangá tem se focado em uma luta por vez, e chutaria a contra Hanzou para aparecer semana que vem, pra rotacionar um pouco os personagens. O confronto com Asuma também é possível, porém, considerando que Naruto vai receber CP na próxima Jump, e seria uma boa oportunidade para colorir um momento especial. Um bom capítulo, que deixou aquele nervosinho pra saber o que veremos a seguir. Ah, em tempo, aquilo que o Thiago falou no CdM passado sobre tudo acontecer de forma muito conveniente se aplica de novo aqui, com a corda parte da relíquia de Ginkaku e Kinkaku tendo sido selada junto com eles, assim não pode mais ser usada pelos shinobis. Se bem que desde o princípio não era pra elas serem facilmente usadas por ninguém, né, mas o Kishimoto esqueceu disso quando colocou o Darui tomando posse delas, como bem comentou alguém no capítulo passado. As inconsistências de roteiro de sempre. Ao menos não são FUROS, né, Tite.

Written By
More from Dakini

Wallpaper do dia: trabalho artístico original!

O primeito TAO do EXP! Sem muito o que comentar, apenas curtam...
Read More