[IGN] A Nintendo deveria se preocupar com o Xbox 360?

Tirando as teias de aranha da minha conta aqui no Portallos… XD

Com a queda de preço do Xbox 360 (nos EUA!) e o lançamento da New Xbox Experience vindo aí, a IGN perguntou a vice-presidente de assuntos corporativos da Nintendo, Denise Kaigler, se a Big N deveria estar preocupada com o investimento da Microsoft no público casual, principalmente através dos avatares. Eu passei apenas os pontos que eu achei mais interessantes… quem quiser ver a resposta completa (que não tem muuuita coisa a mais…) clique aqui.

“Eu passaria essa pergunta aos consumidores, já que são os que decidem qual console é o melhor para eles e suas famílias. […] Nós continuamos certos de que a Nintendo está oferecendo os produtos certos no tempo certo, e esses produtos apelam para a mais larga base de consumidores que essa indústria jamais viu.

Nos últimos anos, nós percebemos que, para que novos consumidores sejam atraídos pelos video games, eles não precisam de apenas um preço favorável. Eles querem, precisam e esperam um software amigável e interfaces rápidas e fáceis de entender.

Nosso Wii Remote tornou mais fácil a entrada de milhões de novos jogadores no mundo dos video games. Ao invés de aprender várias combinações de botões, os jogadores apenas movimentam o controle como um taco de golfe ou beisebol. Simples, fácil, divertido. Wii Sports foi a primeira introdução para vários jogadores, mas desde então eles deram passos maiores no mundo dos games com Super Mario Galaxy e Mario Kart Wii. Wii Fit é um outro título que apela para um segmento consumidor totalmente novo. Tem uma interface diferente e combina diversão e exercício físico de maneiras impossíveis anteriormente. Em Setembro, apenas nos EUA, mais de meio milhão de pessoas compraram um, apenas quatro meses após seu lançamento.

As thirds também apostaram grandes números para fornecer uma gama de jogos para o Wii. Existem cerca de 130 títulos vindo para o Wii neste último quarto, incluindo tanto títulos tradicionais para jogadores hardcore como aqueles para o mercado casual. Jogos como Rayman Raving Rabbids: TV Party e Shaun White Snowboarding (ambos Ubisoft) têm apelo para vários jogadores e são bons exemplos que podem nos ajudar a quebrar as barreiras entre casual e hardcore.

[…]

Nós ainda não vimos nenhuma outra empresa que fornece essa combinação de interface e acessibilidade que esses jogos oferecem.

Para os consumidores, o Wii oferece uma sinfonia de características atraentes, e o preço é apenas uma delas.”

Resumindo? Nada de novo! A proposta é essa que nós vemos hoje e vai continuar asism até o fim dessa geração. Eu arriscaria dizer que, vendo os títulos disponíveis para o Wii, a maneira que q Nintendo encontrou de “quebrar a barreira entre casual e hardcore” é enfiar jogos casuais pela goela dos hardcores e fazer os gamers casuais acreditarem que Wii Sports, Wii Music e semelhantes são hardcore, a fim de tornar os dois segmentos, no final, a mesma coisa. Fazer isso com os novos gamers é uma coisa, agora com os antigos eu já acho complicado…

Longe de mim ficar vestindo camisa de um ou outro console, mas na minha opinião a Nintendo faria bem em se preocupar com o avanço da Microsoft sobre o público casual, já que esse é o principal alvo da empresa e seu favorito declarado. Por outro lado, eu também não vejo motivo para o público casual, cuja grande maioria já foi conquistada pela Nintendo, partir para o Xbox 360 apenas pelos avatares e outros atrativos casuais. Esse mesmo público costuma comprar poucos games, tornando um investimento desses pouco provável e desnecessário…

A Nintendo manterá seu público? O pitaco da Microsoft com os aviitares vai se tornar perigoso? Continua no próximo episódio… XD

Isso também pode lhe interessar

5 Comentários

  1. Excelente Post Schumann. Eu acho que a nintendo antes de se preocupar com a New Experience do Xbox, deve ficar atenta em 2009 em relação aos grandes e fenomenais títulos que a concorrencia vem ganhando e a escassez de jogos realmente bons em seu sistema. isso sim será crucial para definir no futuro das empresas. Já tem muito gamer cansando de esperar jogos no wii, enquanto no x360 e ps3 tem gente que não aguenta mais comprar de tanto jogo bom que sai quase toda a semana.

  2. Valeu! ^^

    Bom… o problema dos títulos já parece ter ficado meio claro… a Nintendo não tá ligando muito pra isso pelo jeito…

    Agora… com esse da nova dash, a Nintendo deveria perceber que nem a sua menina dos olhos é fiel e “incorrompível” a força verde… XD
    A partir do momento que o público casual se interessar pelos avatares e decidir testar um X360, é muito mais fácil ter acesso aos jogos hardcore se ele assim o quiser. Com o Wii a coisa fica um pouco mais limitada…

  3. Eu acho que vai tudo continuar do jeito que está hoje. De nada adianta o 360 ter jogos e interfaces casuais com esse trambolho de controle. Pessoal, eu vejo sempre isso. As pessoas que não são acostumadas com games se assustam quando pegam num controle tipo o de 360, se assustam com o número de botões. E isso é normal. A pessoa aprende a jogar Enduro em menos de um minuto, mas leva quase uma hora para aprender a jogar Gran Turismo.

  4. com relação ao controle eu concordo, o pessoal aqui de casa ( mãe e irmã) e até o pessoal da família ( tias, primos e tios) adoraram o wii, e eu duvido muito que eles joguem outro video game nesses próximos anos. esse público que a nintendo conseguiu ( familiar) sempre será maior, não importa quanto sangue e tiros tenha os jogos da 360 e ps3, falo isso porque ninguém aqui se interessou quando me viu jogar dead space e farcry 2, meu pai até ficou decepcionado comigo quando me viu jogar dead space “jogos que não engrandescem” ele dizia. por isso acho que nada vai mudar, as famílias são maiorias, acho que só na próxima geração mesmo.

    eu li num blog que o preço do 360 tá de 1.899 para 2.399 aqui no brasil, será que isso tá acontecendo no exterior também?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.