JogandoReflexões & Opiniões

[Reflexão] Os benefícios das "Console Wars"


Console Wars: Um “mal” necessário

Aposto que provavelmente você já deve ter encontrado uma pessoa que se diz fiel a um determinado produto de determinada marca. Pode ser de carros, eletrônicos e até mesmo em games, sendo que neste ultimo grupo tais pessoas são conhecidas como istas (ou fanboys). Os istas tendem a defender o console que mais amam seja da Nintendo, da Sony ou da Microsoft, sempre utilizando dos mais variados argumentos para provar seu ponto de vista. O mais importante é que os istas sempre estão discutindo para provar que seu console é melhor do que o concorrente e essas discussões tomam amplas formas em diversos locais. Essas discussões sobre qual o melhor Console tomou por nome Console Wars que acontece em toda geração de videogames.

Muitos consideram a Console Wars um mal que deve ser eliminado, outros acreditam que isso é assunto apenas de istas, enquanto que outros acreditam que o ideal seria ter apenas um console a cada geração. Mas nem tudo é ruim nas Console Wars, já que as próprias produtoras precisam justificar a compra de seu produto.Quer saber alguns pontos positivo das Console Wars para essa geração? Clique em mais para ler o artigo.

Aqui vai uma lista de pontos onde a Console Wars trouxe benefícios a essa geração:

1)Rede Online


O console Xbox 360 da Microsoft é hoje considerado um dos melhores (senão o melhor) para jogatina online graças a sua rede Xbox Live, já que além de uma rápida conexão é possível baixar demos, jogos, vídeos e muito mais. Há algum Ponto Negativo ? Sim, é paga e a anuidade custa cerca de 60 dólares/ano. Pode ser pouco para alguns, mas em um mundo ideal uma rede assim seria grátis.

Já no Playstation 3 os usuários utilizam a Playstation Network também conhecida como PSN. Basicamente, ela funciona do mesmo modo que a Live, ou seja, é possível jogar com amigos, baixar demos, jogos,vídeos e por aí vai. Obviamente a PSN tem seus pontos negativos, mas esses serão explorados mais tarde.

Por fim há a rede online do Wii, que apenas alguns jogos utilizam. A rede online do Wii no momento não é muito boa até porque nas melhores conexões ainda é possível perceber lag em jogos online. O Wii possui sua própria biblioteca de jogos baixáveis, chamado de WiiWare, porém ao ser comparado com outros jogos disponiveis na Live ou na PSN o serviço ainda está muito aquém do que esperado.

O grande ponto positivo da rede online do Wii é o Virtual Console, onde é possível baixar os grandes clássicos de sistemas passados da própria Nintendo e de alguns da Sega, entre outros. Para o jogador retrô o Virtual Console é maravilhoso.

Como é possível perceber a Live mesmo sendo paga, inicialmente trouxe um serviço melhores para aqueles que estavam dispostos a pagar. Já a PSN no início do PS3 era algo mais robusto, feio e lento. Para aqueles que tem acompanhado o sistema através dos seus inúmeros updates sabem que o sistema mudou muito desde que foi lançado. A Nintendo apesar de não ter feito grandes mudanças, melhorou o modo online para alguns de seus jogos, se quiser alguns exemplos é só comparar o modo online de Super Mario Strikers ou Super Smash Bros Brawl com o de Mario Kart Wii. Ainda que não seja perfeito, o sistema online de Mario Kart Wii flui muito melhor do que os outros dois jogos, além de contar periodicamente com desafios feitos pela Nintendo para aumentar o replay do jogo.

Concluindo, a competição entre as 3 empresas fez com que as redes onlines de cada console fossem melhoradas. A PSN evoluiu muito para poder competir com a Live. A Live continuou com seus serviços, mas também evoluiu muito com o tempo oferecendo mais jogos baixáveis e opções extras. A Nintendo mesmo que não tenha feito grandes mudanças melhorou o sistema online de seus últimos lançamentos, mas infelizmente insiste em utilizar os FC’s para todos os seus jogos online.

2) Interface


Com o Wii, a Nintendo tem tomado outra atitude quanto ao mercado casual. O DS já era febre antes mesmo do Wii ser lançado, seja nas mãos dos jogadores experientes (chamados de hardcore) ou daqueles que jogam apenas por passatempo (também chamados de casuais). Ao ser lançado o Wii trazia uma interface mais simples que seus concorrentes, mas uma das grandes atrações do Wii foram os “Miis” que podem ser identificados como um simples avatar virtual. Os Miis viraram febre em pouco tempo e a Nintendo aproveitou a popularidade dos Mii’s para lançar um canal exclusivo para esses avatares virtuais. Nesse canal é possível demonstrar suas criações e participar de campeonatos para provar quem é o melhor criador de Mii’s.

Obviamente, o sucesso dos Miis dentro do público casual levantou interesse ($$$) tanto da Sony quanto da Microsoft. A Microsoft lançou a New Xbox Experience que introduzia avatares mais detalhados que os Miis, tal adição agradou jogadores hardcores e casuais e o feedback tem sido muito positivo para Microsoft.

A Sony apostou no seu sistema Home que incluí um mundo completamente virtual com avatares e casas completamente customizáveis. A Home ainda está evoluindo cada vez mais e algumas thirds já demonstram interesse pelo serviço como é o caso da Capcom. Apesar de alguns problemas iniciais com a Home, o serviço funciona e muitos jogadores apóiam a idéia da Sony. Como exemplo, eu já conheci um grupo de brasileiros dentro da Home e foi algo ótimo (jogamos boliche e sinuca juntos, realmente ótimo). Além disso a própria Sony promove trailers de alguns jogos dentro da Home e campeonatos de boliche ocasionalmente.

Além dessas mudanças, os três consoles sofreram mudanças quanto a interface de cada console, deixando-os mais bonitos e com mais opções seja para jogos, internet, música, filmes, etc.

3)Propriedades Intelectuais (IP’s) : Novas e antigas

Quando se tem uma série de sucesso sempre é seguro apostar em uma continuação. Apesar dos custos serem elevados para se produzir um título AAA, a base de fãs instalada garante um bom lucro para empresa. Cada empresa possuía suas próprias IP’s de sucesso antes dessa geração como:

-Nintendo: Mario, The Legend of Zelda, Metroid, F-Zero, Star Fox…
-Microsoft: Gears of War, Halo, Age of Empires, Zoo Tycoon, Fable…
-Sony: Wipeout, Ratchet and Clank, God of War , ICO, Gran Turismo…

Mesmo que cada desenvolvedora tenha famosos títulos antigos, eles tem que justificar a compra do novo console, aí entram novas IP’s criadas, as continuações para os antigos sucessos e a ressureição de série já esquecidas.Alguns exemplos interessantes são:

Nintendo: Punch-Out, Sin & Punishment 2, Disaster: Day of Crysis, Captain Rainbow, Dynamic Slash…
Microsoft: Halo Wars, Gears of War 2, PGR4, Viva Pinata, Forza…
Sony: Resistance, Uncharted, Killzone 2, Folklore, Gran Turismo 5…

Entre gamers, um dos grandes fatores que pode decidir a compra de um console são seus exclusivos. Entre as first-party as exclusividades são mais garantidas e alguns jogos podem realmente compensar a compra do console. Porém, com os altos custos de criação de um jogo, exclusividades vindas de thirds estão sempre ameaçadas, levando a uma nova disputa por……..

4)DLC’s (Dowloadable Content – Conteúdo Baixável)


Como havia explicado, está cada vez mais difícil garantir um exclusivo vindo de uma third-party por isso muitas vezes há DLC’s exclusivos para determinados consoles. Antes de me aprofundar demais nesse quesito, digo que está é uma “competição” apenas entre PS3 x 360, já que pouquíssimos jogos de Wii recebem algum DLC.

Tomem por exemplo dois jogos: GTA IV e Mirror’s Edge. No Xbox360, GTA IV receberá uma expansão que adiciona uma história extra dentro do universo do jogo, já no PS3 Mirror’s Edge receberá mapas exclusivos que irão aumentar o replay do jogo. Muitas vezes os DLC’s são compartilhados entre ambos os consoles, mas enfim, quem acaba ganhando são os gamers que recebem mais conteúdo pelo jogo que compraram.

DLC’s são também um ótimo jeito de atrair consumidores para seu jogo (seja first-party ou não) como, por exemplo, Prince of Pérsia que receberá um epilogo via DLC e Burnout Paradise que já recebeu diversos DLC’s que transformaram o jogo em uma experiência muito melhor e maior do que era inicialmente. Porém, também há aqueles que usam os DLC’s para ganhar dinheiro fácil (NAMCO-BANDAI !!!!!!) , pois há vezes que o conteúdo já está presente na versão retail do jogo, porém é necessário ativá-lo pela internet e essa ativação pode custar caro.

5)Fanboys

Com a Console Wars, também há os fiéis seguidores de cada console. É esse grupo que ajudam a divulgar jogos, testam as versões beta e mandam feedbacks para os desenvolvedores e também ao comprar um jogo estão ajudando a sua companhia amada a continuar com os negócios em alta. Também é esse grupo que compra os consoles da nova geração logo nos primeiros dias e vê a passagem do sistema por seus melhores e piores momentos. São parte importante da comunidade gamer em geral e normalmente discutem sobre como melhorar determinada série ou jogo, só checar fóruns como a Capcom Unity ou My Resistance.

Aqui chego ao final do texto. Espero que tenham gostado dessa rápida dissertação sobre a Console Wars e seus benefícios. Comentem seus pensamentos sobre esse assunto =).

Isso também pode lhe interessar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.