AssistindoReflexões & OpiniõesSeriados

Opinião: Heroes ainda tem salvação? Fim do ano 4.

Não viu o final da 4ª temporada sexta passada no Universal Channel? Então pare por aqui, porque vai ter spoilers e se continuar o azar é só seu.

Mais uma temporada de Heroes chegou ao fim e que zona está a série. Apesar de tudo, achei que o volume 4 [Fugitivos] se saiu um pouco melhor do que o volume 3 [Vilões]. Ok, superpoderes são legais e os efeitos especiais numa série de TV são show de bola, mas para tudo tem um limite.

Não sei, mas suspeito que o problema principal da série é a quantidade massiva de personagens. E para piorar, os produtores continuam inserindo mais e mais personagens para a desgraça de um bom enredo e roteiro. São histórias e pessoas demais para 44 minutos de cena por semana.

No primeiro ano, fazia sentido usar várias tramas que ao fim se interligariam e daria um sentido total ao que estava sendo proposto: Salvar o Mundo. Após a segunda temporada tudo ficou meio perdido e sem rumo.

Reviravoltas demais, poderes demais, personagens sumindo, voltando, falhas na trama, tudo corrobora para uma confusão mental que tira totalmente a graça da série.

Heroes segue quase que todos os clichês dos quadrinhos de super-hérois. Quem lê quadrinhos percebe isso claramente. Mas TV é diferente de HQ, tem coisa que até passa nos quadrinhos, mas numa série de TV fica parecendo palhaçada. Uma deles é esse vai e vem so Sylar. Uma hora o cara é bonzinho, outra é vilão, outra é manipulado, outra vira agente do governo. São faces demais para uma única temporada. Os produtores parecem que não sabem o que fazer com o personagem, que apesar de ser um dos favoritos do público, porque é praticamente invencível e meio psicótico, não tem propósito algum. Ainda bem que decidiram um destino provisório para o personagem no fim do volume 4.

Hiro Nakamura é outro personagem que está no rol dos favoritos mais perdeu totalmente a utilidade na série. Tem poderes tão cósmicos, por assim dizer, mas vive perdendo-os senão tudo fica fácil demais para a trama. Na boa, os produtores deveriam negociar com a NBC uma série só para o personagem e Kaito. Tirem eles da trama atual porque não faz mais sentido tirarem eles lá do Japão para se meterem em confusões nos EUA.

Não que Heroes esteja ruim de se assistir. Ainda é divertida e entretem, mas deixou a genialidade que tinha para trás. Não tem mais aquelas sacadas e momentos realmente inteligentes em termos de roteiro que tinha em seu primeiro ano. Os volumes 3 e 4 ainda foram melhores que o segundo, que foi uma enrolação danada de ruim, uma tremenda perda de tempo. O volume 5, chamado de Redenção, os produtores deveriam seriamente pensar em dar um fim à maior parte dos personagens e talvez pensar, caso a série venha ganhar uma quarta temporada, em resetar tudo de novo. Novos personagens, novos poderes, nova trama. A atual eu não consigo imaginar uma salvação para ela.

E a solução para a “volta” de Nathan foi meio forçada, não acharam? Não curti. Melhor mesmo seria deixar o personagem morto e darem um fim em Syler. Vilões sempre irão surgir, não precisam ficar martelando num único por 3 anos. Fiquem com o preview do volume 5.

Isso também pode lhe interessar

Thiago Machuca

Fundador e editor do Portallos (2008) e criador do saudoso (e extinto) Fórum NGM. Tenho 35 anos, sou formato em Direito, e vivo desde sempre no interior de São Paulo (Vale do Paraíba). Casado e já papai. Games, quadrinhos e seriados são uma paixão desde a infância. Gosto de escrever e sempre estou sem tempo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.