Especial Literário: 1984 – George Orwell (por Gabriel Fernandes)

Seguindo o Post do Rafa, que marca o início da “semana do livro do Portallos” vim falar de um livro com um tema bem polêmico, que perdura até hoje, principalmente nas escolas. Bem, esse tema é o Socialismo, e o livro, é 1984! Uma obra muito importante para entendermos o mundo em que nós vivemos, principalmente esse nosso país chamado “Brasil” (ou “República das Bananas, como o Mestre Thiago gosta de chamar!)

Livro Escolhido: 1984 escrito por George Orwell – Publicado em 1949

Pela data de lançamento, o livro trata-se da previsão de um mundo comunista (escrito por um ferrenho capitalista). Nesse futuro, todas as pessoas  seriam vigiadas por câmeras equipadas com visores, inibindo qualquer forma de privacidade perante o governo. Esse mesmo governo, possuia como seu ícone, um homem de aparência de meia-idade, que estampava todos os folhetos, cartazes, e diziam ser a voz da “tele-tela” (as tal câmeras). Esse se chamava “Grande Irmão” – ou Big Brother, no original britânico – ninguém pensou em nada aí não?

Esse mundo é visto do ponto de vista de Winston Smith, um trabalhador que servia para falsificar os jornais, revistas, ou qualquer forma de documentação de fatos, afim de alterar o passado, para “progredir” no futuro (para aliviar o estado de qualquer forma de rebelião, melhor dizendo). Esse é apena um trabalho corriqueiro na “Oceania” (que não é a mesma do mapa, mas sim o que hoje é a Inglaterra).

Winston, aos poucos, se aproveita de um pequeno espaço, que por uma falha de projeto, a “tele-tela” não cobre, para escrever pensamentos em um velho diário. Isso vai libertando a sua mente, fazendo-o pensar sobre o mundo em que vive.  A partir daí, só lendo o livro pra saber!  Orwell dá a impressão de criar uma evolução do socialismo, mas de uma forma capitalista. Ele mostra uma forma de governo sem falhas, mas mesmo assim sem conquistas. São tantos os instrumentos utilizados pelo estado, de forma tão subliminar, mas tão real, que lembra muito o nosso período de ditadura militar

A minha escolha por esse livro se deve ao mesmo abrir os meus olhos para o mundo em que nós vivemos. Podemos estar indo ao mesmo caminho, mesmo sem termos declarado uma moratória, temos feiro um golpe de estado e fechado a nossa economia. Quer melhor exemplo de falta de privacidade do que Web Hacking? (Me chamem de louco mesmo, sou conspiracionalista! )

Tags from the story
,
Written By
More from Chief

FanArt: Shonen Jump + Final Fantasy!

FF: Tetsuo Hara (Fist of North Star) Não é nenhum jogo não!...
Read More