Indicações e Resenhas de LivrosLendo

O Horrível Terça-feira! Continuando a análise dessa série: mais uma grande aventura! (Livroteca)

Na semana passada escrevi sobre Sr. Segunda-feira, primeiro livro da série As Chaves do Reino, do autor Garth Nix.Você pode conferir neste link e se interar da continuação: aqui

Pois é! Então vamos nessa:

Depois de conquistar O Segunda-feira, Arthur volta para casa achando que teria um período de folga e de recuperação para levar adiante sua vida normal de escola, asma etc.
Acontece que o tempo na Casa (onde Arthur estava um pouco antes) seguiu, em poucas horas (do nosso tempo), mais de 6 meses e as coisas ficaram feias por lá, forçando ao mestre adolescente a retornar o quanto antes.

Recapitulando: Essa série conta a história de Arthur Penhaligon, garoto que perdeu os pais e foi adotado pela médica que cuidou de uma epidemia (a mesma que matou os pais do garoto). Arthur tem asma e está em uma cidade nova. Estava correndo em uma prova do colégio, passou mal, quase morreu e um cara sentado numa cadeira de rodas (mas, apenas por preguiça, não necessidade), sem querer querendo o salvou. E assim, Arthur teve que adentrar um universo paralelo dominar tudo e se tornar o mestre de segunda-feira. Acontece que os outros dias da semana (em resumo) não estão satisfeitos com a situação e foram em busca de seus “direitos”.

Assim, nesta história, O Horrível Terça-feira consegue uma brecha na Lei Original, invade o mundo de Arthur e começa a gerar uma crise econônima mundial com precendentes apenas no crack de 1929 e também na família dele: seus pais ficam pobres de repente, a irmã perde o direito a faculdade, entre outras coisas…

Vai ficar mais estranho e vai deixar você mais curioso. Continue lendo…

Então, Arthur tem que retornar à casa e dominar também o Terça-feira, para reestabelecer a ordem de seu mundo original. Daí que ele entra em uma mina de Nada, onde o Nada é usado como matéria prima para copiar as coisas que existem na nossa Terra. Ali vira um escravo e se mete com os registros oficiais dos Habitantes – criaturas originais da Casa (centro do universo, poderíamos dizer) que são imortais e trabalharão eternamente para pagar uma divída que não tem como reduzir…

A não ser é claro que o nosso velho (novo) Arthur conquiste o direito como “dono” dessas pessoas…

Bom, a verdade é que eu expus os fatos dessa forma caótica para que vocês compreendam as doideiras deste autor. Neste livro, o leitor vai viajar ao centro do sol, dentro de um navio que estava dentro de uma garrafa e que tem uma forma de tartaruga! Vai poder se identificar com armas esquisitas que, quando utilizadas, fazem os dentes tremerem. Vai conhecer e gostar de novos personagens em situações embaraçosas, se identificando mais com o “desespero” de Arthur: que só queira, coitado, voltar para casa… No fim, Arthur termina com uma certa deformidade que o acompanhará (não pelo lado positivo) em suas aventurar futuras.

Ou seja, O Horrível Terça-Feira mantém a qualidade da história original, aprofunda nas loucuras, nas leis e burocracias do universo paralelo. Tudo isso com um texto leve, rápido, mas sem apelar, sem as piadinhas forçadas de outros autores. Com o compromisso de contar uma boa história…

Semana que vem trarei: Quarta-Feira Submersa, terceiro livro da série que aborda todos os dias da semana – digamos assim!

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Pedro Duarte

Jornalista apaixonado por todas as coisas que existem. Deve ser isso! Não há nada de novo que não demonstre interesse imediato em conhecer: ler, assistir, escutar, experimentar. Tentando viver um pouquinho de tudo por dia e passar a experiência aos nossos leitores!
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.