JogandoReflexões & Opiniões

Castlevania: Lords of Shadow ganha novo trailer de 7 minutos durante a TGS e muita Escuridão! [PS3/X360]

I’ll send you straight back to hell!

Tenho um Playstation 3 e pretendo comprar esse jogo porque não tem como ignorar um trabalho aparentemente  tão bem feito e também tão promissor. Agradeço que, após um certo tempo de espera, finalmente tenham divulgado mais informação sobre Castlevania: Lords of Shadow através da apresentação de um novo trailer com mais de 7 minutos e de novos screens! Ótima atuação da MercurySteam e da Kojima Productions na TGS.

Não tenho a certeza se o jogo estará ao nível das expectativas, mas há muitos detalhes, desde os demônios e mortos-vivos aos detalhes gráficos e ambientes, que não só me surpreenderam como também reavivaram o meu interesse pelo novo jogo 3D da franquia que admiro muito. Inicialmente, o jogo foi revelado como Lords of Shadow, eliminando qualquer ligação com a franquia de Castlevania. Mais tarde, quando o nome foi estabelecido como um jogo da franquia, o jogo se tornou ainda mais adorado e esperado… mas Castlevania: Lords of Shadow será, na verdade, um reboot da franquia. Vamos ao trailer exibido na TGS e depois exploramos um pouco a história e o gameplay que parecem não decepcionar.

Há discórdia entre Heavens e Lords of Shadow… E os humanos?

A história situa-se em um momento apocalíptico desencadeado por uma força maligna (Lords of Shadow) que lançou uma ameaça à aliança entre a Terra e o “paraíso” (Heavens), utilizando um dark spell,  um feitiço negro que impede a alma dos mortos de ir embora em paz e que traz criaturas e demônios imortais para a superfície terrena onde eles iniciam um extermínio dos vivos – principalmente os seres humanos. O contexto parece digno de um jogo de Castlevania, gosto da história contada e anseio para saber quais serão os puzzles distribuídos ao longo dos 50 levels de jogo e o grau de dificuldade incluído.

Nós controlaremos Gabriel Belmont, um membro de um grupo de elite conhecido como “Brotherhood of Light” que combate as criaturas sobrenaturais malignas e protege inocentes. No princípio Marie, esposa de Gabriel, é morta brutalmente por uma criatura, mas a alma dela fica presa entre a vida e a morte (no limbo) devido ao feitiço que impede a “ida” das almas. Em enorme sofrimento, Marie vai nos guiar pelo jogo até o nosso destino final: salvar o mundo, unir os pedaços da God Mask derrotando as três facções dos Lords of Shadow e com essa máscara Gabriel poderá trazer Marie de volta a vida através da habilidade da ressurreição. Um plano um tanto ambicioso e interessante. Agora vamos ver como está o gameplay do jogo.

Jogabilidade aceitável e bem melhor do que esperava…

Não há deuses, não há vingança. Contudo, a jogabilidade me lembra muito God of War. Gabriel usa correntes de fogo, Kratos também usa uma arma muito semelhante. Os ataques se caracterizam pela utilização de armas especificamente encantadas, em God of War a situação volta a ser parecida. Não acredito que Gabriel atinja em mim o mesmo carisma que Kratos já atingiu, mas todas semelhanças na jogabilidade entre os dois jogos é um detalhe bastante animador!

O rastro das armas que abrangem uma área suficientemente grande, o sangue dos inimigos, as criaturas bem trabalhadas para impor respeito, as magias, os ambientes e até um gigante está presente! Não quero me enganar, nem enganar ninguém, por isso direi que não tenho certeza mas sim que suspeito de que a jogabilidade estará muito divertida e adequada. A câmera não aparenta grandes defeitos. Há elementos herdados de jogos de sucesso e toda a dinâmica me deixou verdadeiramente esperançoso.

Mal posso esperar para jogar Castlevania: Lords of Shadow que está programado para ser lançado em 5 de Outubro de 2010 para PS3 e X360. Logo veremos até que ponto o novo jogo 3D da franquia consegue chegar.

Etiquetas
Isso também pode lhe interessar

Araphawake

Gamer de nascença, entusiasta do YouTube, cinéfilo e sobrevivente de The Walking Dead. Adoro livros e penso demais nas coisas. Na vida pessoal sou extremamente nostálgico e exagerado. Quem não me compreende ou conhece pode achar que sou antipático.
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.