Jogando

Night Of The Sacrifice: Mais um game de horror para o branquinho da BigN em fase terminal! [Wii]

Se teve um game deste gênero de horror que gostei de ter jogado no Nintendo Wii, com certeza foi Ju-On (The Grudge ou como bem conhecemos, O Grito), não é nenhum jogo fora de série, de te arrancar o fôlego, fazer o coração palpitar ou algo do tipo, mas era muito legal o fato de você ter de se apressar sempre para carregar as baterias da lanterna em meio aos diversos ambientes escuros, sem falar nos vários sustos que inevitavelmente você leva enquanto joga, não era nenhuma maravilha em termos de gráficos, mas era muito bacana.

Ju-On  provavelmente não foi o único (e talvez nem o primeiro) game no Wii a se utilizar do Wiimote como lanterna para iluminar ambientes macabros, acho que aquele game chamado The Calling também seguia esses moldes, porém também não empolgava pelos gráficos defasados, o fato é que mais um game neste estilo chega para somar a lista de games “mais ou menos “ou “nunca ouvi falar” do console morto-vivo da Nintendo, a pérola da vez chama-se Night Of The Sacrifice, produzido pela Marvellous Entertainment, este parece ser aquele tipo de jogo interessante que perde um pouco o seu valor devido ao baixo desempenho gráfico do console da BigN, aliás, o que acontece com essas empresas japonesas hein? Quando diabos vão começar a desenvolver games para a nova geração? Só quando sair o (suposto) Wii2? Tem bastante empresa japonesa (óbvio) patrocinando animes por aí, mas poucas voltam suas atenções para os consoles HD, eu realmente  espero não morrer sem antes entender a razão disso, mas enfim.

Quanto ao jogo, o foco da trama está num grupo de adolescentes, que numa noite qualquer adentra uma casa obscura e muito macabra a procura de… bem, não se sabe direito, o que se sabe é que o local já foi palco de rituais para sacrifícios humanos e blá blá blá (e não estamos falando de um besteirol americano, já que o game é cria japonesa), pelo trailer não dá para tirar se extrair muita coisa, mas fica nítido que com gráficos melhores daria até uma animada jogar esse negócio, segundo as poucas informações divulgadas, o game vai misturar aventura com terror, como saber se vale a pena? Bem, tudo indica que o game será em primeira pessoa ao velho estilo lanterninha pra lá e pra cá, então é muito simples, chame alguns amigos e amigas e veja se eles levam algum susto ao jogar isso no escuro, se entretê-los por no mínimo duas horas, já pode ser considerado um bom jogo, sério, foi assim que avaliei Ju-On e realmente não tem jeito, nem com um game de terror, essa imagem de games em família se desgruda do console. Acho que já passou da hora de um sucessor, estes últimos lançamentos cheiram aos últimos suspiros do Wii, nem só de suas próprias franquias um console pode viver, e sem o benefício de ter games multiplataformna para oferecer, acredito (eu, Deus e o mundo) que seja só uma questão de tempo até se cansarem do branquinho, tirando o novo Zelda, alguém  aí espera mais alguma coisa do Wii no ano que vem?

Isso também pode lhe interessar

K o n S a m a

Do ser sem razão a essa explosão de emoção, do preguiçoso leitor ao (meia-boca) escritor, do tímido calado ao ator inquieto, do caminho já traçado à esquina do destino incerto. Tentei me definir, mas sem sucesso. Games, filmes, música, animes, são só o começo desse quebra-cabeça sem nexo.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Dê uma ajuda ao site simplesmente desabilitando seu Adblock para nosso endereço.